quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

EDITORIAL - O Prefeito e a culpa.


O Prefeito Alair Corrêa tem atuado, nestes dois atrapalhados anos de sua gestão municipal, de maneira organizada e padronizada - ao menos quando o assunto é encontrar culpados para seus próprios erros e para a incompetência de seu governo.

Na dificuldade de pagamentos e problemas de gastos, culpou o PCCR e os trabalhadores.

Na crise financeira, culpou os royalties.

Na dificuldade em administrar o município, culpa as administrações anteriores.

Nas suas condenações, culpa seus opositores, que divulgam as notícias.

No caso das Privadas de Ouro/BanheirodutoII, culpa a Folha dos Lagos, a TV Record e o mundo inteiro.

O mínimo que se espera de um governante é que ele seja um cidadão que assuma suas posições e responsabilidades, resolvendo seus problemas - não uma liderança frágil, nervosa e egocêntrica, que, de maneira infantil, culpe sempre o outro pelos seus próprios erros.

Prefeito, não busque no outro a sua própria culpa e a de sua equipe. Assuma-a. É mais...digno.

Bom dia!

6 comentários:

Anônimo disse...

O PEIXE DE FIBRA DA AVN DO CONTORNO C0MPRADO PELO EX PREFEITO

Julio disse...

Vem cá! Axiles saiu da secretaria de fazenda? O secretário de fazenda é ele não é?

Luiz Claudio Faria de Souza disse...

Mais uma:
O cartão cidadão está suspendo por causa dos empresários.

Luiz Claudio Faria de Souza disse...

Mais uma:
O cartão cidadão está suspenso por causa dos empresários.

Anônimo disse...

O cartão cidadão continua suspenso??????Não me diga!!!!!!!!!...mas esse cartão não seria para atender aos mais necessitados, a quem o "cidadão" chama, e por eles é chamado,de AMIGO????Quem tem um amigo igual a esse, não precisa de inimigo...ou precisa??????...PRECISA, SIM...todo castigo pra quem acredita nesse cara, é pouco!Pronto, falei.

Julio disse...

Cartão cidadão? Aff! Perderam a noção. Com os serviços prestados, ninguém se preocupa tanto. O silêncio é total.