domingo, 25 de janeiro de 2015

OPINIÃO - Alex Damaceno.


É de causar espanto a forma que a grande mídia, aquela que é controlada por apenas 6 famílias no Brasil, joga contra o nosso país, sendo a maior opositora ao governo Lula/Dilma, do PT. 

Para que se tenha uma ideia, desde o resultado das eleições que deram e reeleição a presidenta, segundo o site Valor Econômico, vendas em shopping centers aumentaram 8% em 2014. No site da Globo.com, de 17/12/2014, foi noticiado que "Vendas pela internet aumentaram e mudaram a rotina nos Correios". No site da prefeitura do Rio de Janeiro, em 16 de janeiro, 3.800 vagas de emprego são oferecidas pela Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego. 

Em 18/01/2015, o site da UOL, noticiou que a fábrica da Fiat entra em operação esse ano, e vai gerar 8 mil empregos.

No site do Jornal O DIA, de 23/01/2015, o governador do Espírito Santo quer construir, em parceria com o governo do Rio, uma ferrovia de 550 km e um custo de 7 bilhões, que faça a ligação entre os portos capixabas de Anchieta e Vitória, ao porto do Açú, do empresário "falido" segundo a imprensa, Eike Batista,  em São João da Barra-RJ.

No dia 08/01/2015, no site da Globo ( g1.com ), é noticiado que a Petrobrás é a maior petroleira entre as empresas de capital aberto, superando a norte americana ExxonMobil.

Essas foram algumas das boas notícias que não foram comemoradas, nem dada ênfase nos telejornais da grande mídia. Eles estão preocupados somente com uma coisa: derrubar o governo! Espalham um terrorismo econômico e social, todos os dias, de todas as formas, em quase todos os programas.
  
Essa "lavagem cerebral" já acontece há muitos anos. Mas, como nos últimos 12 anos, ela não tem dado certo em quase sua totalidade, a forma venal, criminosa, suja e anti democrática vem sendo cada vez mais acentuada. 

O medo da regulamentação da mídia, que irá democratizar os meios de comunicação, tirando-os do monopólio dessas 6 famílias, que representam os poderosos que sempre se aproveitaram do Brasil, seja os daqui, sejam os do exterior, está fazendo com que os ataques sejam ainda mais intensos. 

Eu creio que a mídia deve noticiar tudo, simplesmente tudo o que acontece, de bom e de ruim, na mesma medida. Mas sabemos também que o poder do capital e dos interesses não deixam. Com o intuito de mostrar que, no Brasil não existe essa desgraça toda que se prega, é que esse humilde blog mudou a sua característica e, a partir de hoje, divulgará, dos 4 cantos do Brasil, com o apoio de todos que quiserem, notícias positivas no nosso Brasil. 

É preciso que divulguemos, nas redes sociais, nos e mails, no bate papo entre a família e os amigos, todas essas notícias e suas fontes, para que as pessoas possam perceber, como afirma o expoente do Direito Administrativo no Brasil, Celso Antônio Bandeira de Melo: " O maior inimigo do Brasil, é a mídia brasileira."

Alex da Silva Damaceno


3 comentários:

Anônimo disse...

Amigo, amigo, reflita rapaz, depois deste barril de maldades contra o povo brasileiro, vc ainda acha isso tudo normal...
seu comentário, ou seja, a sua opinião nao procede, pense melhor a respeito e reflita, mas sem afinidades partidárias ok.

Unknown disse...

Ontem na Record News, foi noticiado que em 2014, os brasileiros gastaram mais no exterior. Resultado do aumento dos empregos e da renda. O site g1.com/região dos lagos noticiou, 3 dias atrás que na Região dos Lagos, houve um aumento de 30 por cento em relação ao ano passado nos passeios de barco. Na Praia do Forte, uma latinha de cerveja custa 5,00. Um latão, 6,00. Ao final do dia, os vendedores satisfeitos, pois tudo foi consumido. Mais 3 exemplos distintos, que prova que a minha opinião procede sim, reflito e muito. Eu simplesmente não me oriento apenas por notícias negativas, mas, eu consigo compreender o que essas notícias, repetidamente noticiadas, fazem nas cabeças das pessoas.

Filadelfo disse...

Prezado sr Alex Damaceno, boa tarde.
Em 10/2013, encontrava-me em Maceió de férias, quando soube, que o nosso gestor municipal, mandou o Orçamento da Saúde e Educação. O sr refletiu? O sr reflete, quando os nossos jovens, não tem educação à altura para concorrer uma Faculdade/Universidade Pública, em razão, da qualidade do ensino em nossas escolas públicas? O sr reflete, quando o "maior carro chefe de emprego" é o serviço público, e o mesmo não é através de Concurso Público? O sr reflete quando à nossa cidade "CRESCE, mas não DESENVOLVE"?
Filadelfo (funcionário do BNDES - Concurso 1976) Anistiado do Governo Collor.