quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

EDITORIAL - O fim.


Entre hoje e amanhã, as últimas unidades escolares concluem seus trabalhos neste ano letivo, quando se realizam os conselhos de classe derradeiros. O que se verá na sequência será um período de descanso e lazer da comunidade escolar - o que não significa que a luta e a militância pela educação entrarão de férias.

Atitudes como a do prefeito de Búzios, ao publicar uma exoneração polêmica no apagar das luzes, mostra bem a necessidade de se estar vigilante para as manobras políticas que tangem esse momento de desmobilização e desligamento do universo educacional.

Vamos assim seguindo, porque as escolas entram em férias; os servidores também. Mas a educação, nunca.

Bom dia!

Nenhum comentário: