segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Agora é oficial: Felipe Peixoto (PDT) é o novo Secretário Estadual de Saúde do Rio.

Há cerca de meia-hora, o jornal O Globo confirmou oficialmente o anúncio de Felipe Peixoto (PDT) como novo Secretário de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. O deputado estadual recentemente reeleito, Marco Antônio Cabral, deverá ser o dono da pasta de Esportes.

Fontes: G1 e Jornal O Globo (clique nos nomes para acessar e ler as matérias)

8 comentários:

Anônimo disse...

Até que ponto chegou a falta de respeito com o contribuinte Cabofriense, essa enganação de contratar em regime de urgência pessoal de apoio para o transito e postura, os contratados não precisam de qualificação nenhuma, basta uma indicação de qualquer um dos vereadores e pronto já esta empregado, meia hora de explicação como vão agir e pronto, colocam um uniforme e manda para rua, outro absurdo ainda fornecem bicicletas, essas pessoas não tem garantias constitucionais nenhumas, não contribuem para o INSS, caso venha acontecer algum acidente, já era, ajuda só da família e Deus, pergunto: cada a Fiscalização do Trabalho, Ministério Público do Trabalho. O que percebo que a Lei na cidade tem nome e $obrenome, viva a desordem, estamos reféns de algumas pessoas que não estão ligando com os direitos, mais sim com a ganancia, ameaçando, perseguindo e até ameaçando quem por ventura falar mal do pior governo já instalado em Cabo Frio, pior de tudo que essa turma estão a muito tempo mamando nas tetas da prefeitura.

Filadelfo disse...

Prezado Anônimo, bom dia.
Não sou Promotor do MPT, nem tão pouco Gerente da GRTE/CF, para falar em nome destes Órgãos Públicos Federais. Como estive de 10/2011 até 12/2012, no MPT - Cabo Frio, sempre ouvi das chamadas "autoridades competentes", de que o assunto de funcionário público municipal, é competência do MPE, que fica na Rua Jorge Lóssio, quando pessoas iam lá fazer qualquer denúncia deste porte.Portanto, é competência dos mesmos, indagar à Administração Municipal, se for "provocados" com alguma denúncia deste porte.Espero ter lhe esclarecido, o que popularmente se ouve: "cada 1 no seu quadrado", ou seja: no Poder Público, temos, as esferas: Estadual e Federal.Portanto, esta competência é Estadual, cabendo ao MPE.
Filadelfo - funcionário Concursado do BNDES (1976).Anistiado (2011) e cedido atualmente à GRTE/CF.

Julio disse...

Sr. Filadelfo e os prestadores de serviço que tem dificuldades de receber da prefeitura de Cabo Frio reclama onde?

Anônimo disse...

Referendo, faça o senhor a denuncia na Fiscalização do Trabalho, pois não é onde esta cedido, pessoa melhor para fazer denuncia é o senhor,
foi bem explicado, "não tem garantias constitucionais nenhumas", fantasiam as pobres pessoas de apoio e pronto já são guardas e fiscais, parece e até brincadeira, se não fosse verdade.

Filadelfo disse...

Prezado sr Júlio, boa tarde.
Existe o caminho da Justiça e, se caso o fizer, poderá inviabilizar futuras pretensões aos "desavisados", em cargos públicos eletivos.Nada impede também de ir ao MPE, pois existe setores diferenciados no mesmo. Contrate 1 advogado, e peça nos "autos" bloqueio de valores da Prefeitura em Instituição Financeira.Sabendo de antemão, se lograr êxito, já sabe que às portas se fecharão no Poder Público Municipal. Não adianta dizer que não é assim.O sistema é esse, quer goste quer não goste. DIGNIDADE, é algo muito mais do que marketing, é uma opção de vida, que desembocará em nosso caráter.Não se trata de reputação, que é algo totalmente diferente.
Filadelfo

Julio disse...

Pois é, Sr. Filadelfo seu eu fosse dono de empresa contratada da prefeitura iria seguir os seus conselhos. Mas graças a Deus não me encontro nesse caso. Sou apenas CPF, que sabe um dia eu chegue a CNPJ. Se tivesse empresa, jamais prestaria serviços para quem não tem compromissos. Porque eu teria con os meus empregados e contas a pagar.
Lógico que as portas e janelas estariam fechada, para quem seguir essa trajetória narrada. Eu diria: " um acordo unilateral". Se comentar em blogs já causa problema, uma vez, concordei com uma afirmativa do rx-prefeito Marquinho para o blog da Renata, criei um "tsunami " na minha praia, imagine colocar esse procedimento em prática.

Filadelfo disse...

Prezado Sr Anônimo, boa tarde.
Parece-me que o sr não "entendeu" o que eu expliquei.NÃO É COMPETÊNCIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO, este tipo de fiscalização. ISTO é ATRIBUIÇÃO do MPE (Rua Jorge Lóssio).QUE tipo de documentação, eu teria para oferecer, à referida denúncia? A minha 1ª manifestação, que deu-se, APÓS à sua escrita e, é devido o seu "saber" que eu explico. Onde foi obtido à sua fonte de informação, sobre à referida contratação? PARTICULARMENTE, desconheço este assunto - cheguei de viagem, no dia 19/12 - depois das 23;30h . Não vi nada disto vinculado em qualquer meio de comunicação.O que eu representaria (provas), junto ao MPE? Seria o seu "descontentamento" no blog ? Qual é à razão do sr não se identificar? seria esta à 1ª vez que à nossa cidade, faz este tipo de contratação? Isto TUDO, deve ser apresentado lá no MPE.
Filadelfo

Anônimo disse...

O que faz a tal Fiscalização do Trabalho, serve só para fiscalizar empresários?