segunda-feira, 17 de novembro de 2014

EDITORIAL – De quem é a culpa?




O prefeito Alair Corrêa têm ocupado a mídia constantemente, desde que assumiu a prefeitura, com um mesmo movimento e discurso: o  da culpa.

Não, o prefeito não tem assumido a culpa do caos que se instaurou na cidade, como deveria. Ao contrário – tem buscado, a cada dia, criar culpados para sua própria ineficiência no comando do município.

O PCCR já foi citado como culpado de sua péssima gestão. A administração anterior, também. Os empresários já foram culpados pela suspensão do Cartão Dignidade. Agora, são os secretários, humilhados e ridicularizados por ele na imprensa regional. Todos têm culpa de tudo. Menos ele, como administrador da cidade.

Buscar culpados não é a melhor saída, prefeito. Assumir sua culpa pelo péssimo andamento da cidade pode ser o primeiro passo para reconstruí-la. É simples. Basta querer. O trabalhador, seja ele concursado ou contratado, não vai pagar a conta da gestão deficiente que o senhor implementa em Cabo Frio. As honras das pessoas e suas dignidades, tão pregadas pelo seu governo, não podem ser atacadas para saldar as dívidas políticas e sociais contraídas pelo senhor com o povo da cidade.


Bom dia.

5 comentários:

Julio disse...

Por que "Os empresários já foram culpados pela suspensão do Cartão Dignidade"? Tô no ponto!
Cancela prefeito esse benefício que se transformou em malefício nas mãos dos incultos. Tem todo o meu apoio. Plantou a "semente"para aprisionar as mentes, agora chupa que é de uva. Ele atirou no que viu e acertou o que não viu. Quem não sabia, que isso ainda iria trazer uma "intoxicação". Se deu mal hein, prefeito? hehehehehe...
Pobres de espíritos como grande parte da população é, sabia que não iria dar certo no que deu certo? Grande(muita) adora um "0800". É "barato" a pobraiada pira! . Prefere pagar "0,50" em batatas com 97% podres do que pagar R$2,95 em batatas boas. Sobe ali e desce aqui. Uma esquina a outra. E roleta rodando mais que prato de micro-ondas. Seguram o cartão como se fosse uma passagem do Rio-Milão com escalão em Paris.
Acostumaram mal. Agora só na terapia.



"Agora, são os secretários, humilhados e ridicularizados por ele na imprensa regional." Tá com pena Rafael Humilhado sou eu Brother. Acordo cedo, aturo transporte público lixo, recebo por mês um 1/3 que esses secretários recebem, aturo cada íngua no trabalho, que só Jesus nessas infecções, cheio de parcelamentos a pagar e tem aturar uma cidade que nada funciona. Eu tenho pena de ninguém. Aposto que eles não se sentiram nem um pouco humilhados.

Mas com toda certeza, o CULPADO é o prefeito. Quem foi que os "colocou" nos devidos cargos? Eu não fui. Eu não matei Joana D'Arc.

Anônimo disse...

A culpa é da ministra, não sabe onde fica Cabo Frio.

Filadelfo disse...

Prezado Prof Rafael, boa tarde.
Na atual conjuntura - quase 24 meses após à posse acharmos culpados fica 1 pouco difícil.
1º) Quem escolheu o Prefeito, foi o povo.Que em sua grande maioria, preferem show's com custos elevadíssimos em relação procura/oferta.Que esta pouco ligando se haverá ou não Políticas Públicas para: Saúde, Educação, Dependências Químicas,Habitação e Geração de Empregos. A maioria "não esta nem aí", se temos preços "superfaturados" na merenda, como foi o "bucho de ouro", ou se à Prefeitura encontrava-se com os aluguéis do espaço da 1ª Igreja Batista em Jd. Esperança atrasado.Afinal de contas não são eles que receberão e, tão pouco estão se "lixando", para depreciação do patrimônio.Não é deles.O povo sabe de quanto é a despesa mensal do Convênio do Cartão Dignidade, junto à SETRANSOL ? Para quê saber? Se não sabem escolher os seus candidatos, terão consciência de cidadania de coletivo? Poucos se importam, se fomos péssimos no IDEB. Se fomos notícias na mídia na última semana de outubro.Tem show's, tem "latinhas para catar" e olha que à demanda é grande.No turismo, quais são às Políticas a serem executadas? NENHUMA.O que se pode ter é paliativo.Não, não, eu não posso culpar os nossos gestores.Não posso exigir, de quem não tem qualificações para gestão pública.É exigir muito e, eu não desejo exigir de alguém, que nada pode me dar e, que não DIGNIDADE.
Rev. Filadelfo

Anônimo disse...

EU QUE PENSEI QUE ESSE CARA JÁ ESTAVA MORTO E SEPULTADO POLITICAMENTE FALANDO.VEM O POVO E RESSUSCITA ELE E A MULAMBADA QUE O ACOMPANHA.

Filadelfo disse...

Prof Rafael, bom dia.
No final do meu comentário, a afirmativa é: É exigir muito e, eu não desejo exigir de alguém, que nada pode me dar e, que NÃO É DIGNIDADE.
Aproveito, Prof, para dizer aos "anônimos", saiam de seus casulos.A livre expressão de pensamento é CONSTITUCIONAL. Recebi várias ligações de pessoas ligadas à atual administração, parabenizando-me do meu comentário. Agradeci, mas disse com todas às letras, que à COVARDIA, é desvio de caráter.
Rev. Filadelfo Filho