quarta-feira, 22 de outubro de 2014

EDITORIAL - O descanso eleitoral.


Aproxima-se o dia 26, data na qual o eleitor escolherá, em segundo turno, governadores e presidente(a) da república. A intensa agitação politica que toma conta das cidades irá se apagar e essa tensão apenas parcialmente remediada com as eleições proporcionais, decididas no dia 5, vai se extinguir.

Ou não. Na verdade, o clima vai apenas se amenizar para uns; se retardar para outros; e permanecer indiferente para outros tantos. Afinal, para quem quer construir o futuro melhor da cidade, o dia 27 vai ser apenas o primeiro de um novo caminho.

Mas é claro que ele será, igualmente, a inauguração de novos projetos incoerentes de conluio com o poder contra o povo. Mas esses só você poderá permitir ou não, com seu voto e sua indignação nas ruas e nas redes sociais.

Que bom que está chegando o domingo. Afinal, vai ser tempo de descansar - mas somente à noite, porque, pela manhã seguinte, o futuro vai começar. E é preciso estar de pé cedo para recebê-lo e dele cuidar.

Bom dia!

Nenhum comentário: