ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

EDITORIAL - Ensaio sobre a lucidez.


No clima do lançamento de livros, as comparações literárias com a realidade são inevitáveis. A obra Ensaio sobre a lucidez, de José Saramago, aponta uma cidade fictícia, na qual uma epidemia branca é vista no dia das eleições: um mar de votos em branco torna a situação governativa insustentável a leva à saída dos poderes constituídos do espaço urbano, deixando a população à sua própria sorte de organização anárquica.

O que se viu nas eleições fluminenses neste ano, em grau menor, só que mais real, foi algo do gênero. A maior resposta da população ao marasmo politico e à revolta contra a estrutura social brasileira, manifesta nas jornadas de junho de 2013, foi a não ida às urnas ou o votos branco, ou o voto nulo. Cerca de 40% dos votos não valeram por esses motivos.

Embora possamos discordar dos posicionamentos, pois acredito que votar é sempre o melhor remédio, é possível compreender a reação popular a uma realidade política que não é apenas federal ou estadual, manifestando-se também no contexto municipal. Acordo não cumpridos, traições e infidelidades dentro dos próprios grupos políticos, por exemplo, evidenciam a repulsa à atual forma de fazer politica. Promessas esquecidas, dissimulações, "esquecimentos" propositais e imitação de projetos de poder com cara de "novidade" ampliam o asco popular pelo tema e afastam das urnas o eleitor.

Cabe àqueles que desejam, de verdade, um novo jeito de fazer política - e não apenas um remendo novo em roupa velha - compreenderem as aspirações populares e a elas responderem, não com o mais do mesmo travestido de mudança, mas com uma proposta séria, que olhe nos olhos, peça perdão quando necessário, e afirme a verdade a ser perseguida.

Bom dia!

Um comentário:

Julio disse...

Gente é bem melhor, passar pelos obstáculos que a vida nos impõe, raspando ou nas "beiradas", do que pular, não passar e bater com a cara no chão. Olha o recalque! Inveja mata. Por isso, mais uma vez: PARABÉNS, JÂNIO, POR SER O ÚNICO POLITICO ELEITO DA CIDADE NAS ELEIÇÕES DE 2014.
E continue morando em Nikiti. Nikiti é tudo de bom. Eu adoro Nikiti ! Mas se quiser pode fazer como uns e outros. Mora em Cabo Frio é vai para o Rio uma vez ou outra.

E os comes e bebes, Jânio? Não vai queimar uma carninha para mastigar tomando servas geladas. E a TV vai colocar na Varanda, para assistir DVD de pagode?