ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Ensino Fundamental II: Cabo Frio obtém a pior nota do IDEB em sua história.



A nota obtida pelo município de Cabo Frio na avaliação de 2013 do IDEB foi a pior de sua história: 3.6, além de ter sido o maior distanciamento da meta proposta pelo MEC: 7 décimos a menos. Nunca houve resultado pior desde a criação do IDEB, em 2005.

5 comentários:

Prof. Honório disse...

Caro amigo Rafael, eu e você trabalhamos nas mesmas redes de ensino municipais e podemos testemunhar as diferenças que resultam em um péssimo resultado (Cabo Frio) e um resultado satisfatório (Macaé). Coisas que parecem óbvias não acontecem em Cabo Frio, como: transporte digno, já que tem dias que alunos não vão à escola por que não tem ônibus; professores bem pagos por um plano de cargos sem ameaças de corte e concursados, pois assim se esforçam e se comprometem com os alunos. Um profissional com vínculo temporário não passa por seleção, chegando nas escolas sem preparo e ainda a maciça presença deste profissional na rede municipal enfraquece as demandas profissionais porque eles são ameaçados com demissão. Quantos ganhos tivemos em Macaé nos últimos 3 anos? Nada disso foi benesse política, foi luta.
Parecem coisas simples, mas não são.

Rafael Peçanha disse...

Você tem razão professor. A diferença entre as duas redes e a comparação de Cabo Frio com outros sistemas do estado são gritantes. Esse mecanismo que vc bem cita acaba travando a mobilização, a luta e o avanço. Dá para quebrar esse jogo, mas é preciso vontade, coragem e decidir fazer em favor do povo, e não de simesmo. Sei que estamos tentando juntos. E sei que um dia a gente chega lá. Um abc, obrigado pela participação e parabéns pelo trabalho.

Anônimo disse...

Enquanto à educação servir para contratados em troca de votos e apadrinhamentos ,vamos sempre ficar muito longe dos numeros ideias .

Anônimo disse...

Rafael
Onde deveria ser exceção, virou regra e, isto não é de hoje - vem ali dos anos 80.Todos nós sabemos e, não podemos fugir aos fatos e responsabilidades, de que à Educação em nossa cidade, trata-se de "curral eleitoral" e, acima de tudo "cabrestados". Quem não se lembra do último Concurso para Educação do governo Alair Correa? O assunto, foi tão VERGONHOSO, que cancelaram o mesmo. Até à Secretaria de Educação, gabaritou tudo. Os primeiros lugares, eram professores lotados na Secretaria de Educação.Rafael, à análise é muito mais profunda do que retórica.Ela caminha para os bolsos e sustentação de famílias.Estas por sinal, com pires nas mãos, a mercê das esmolas dada pelo sr Alair.Essas pessoas, precisam sobreviver, mas já perderam suas dignidades em troca de seu sustento.Hoje, é como 1 câncer na sociedade.É difícil, uma família, onde não haja alguém ligado na Prefeitura, de maneira eleitoreira.Lembro-me, quando no início de 2013, 1 prof disse em alto e bom som, de que: "75% dos eleitores em Cabo Frio eram corruptos".Como sobreviveremos com os outros 25%? Hoje esta sociedade esta acéfala e desacreditada.A maioria, quer saber das "vantagens que podem auferir", sem essa de ética, até porquê ética é algo discutível.Afinal de contas, à ética dos políticos, seria a mesma do bandido, do policial militar, dos advogados, dos funcionários públicos e dos religiosos? Afinal, à maioria são produtos do meio e, o meio é este, quer gostemos ou não.

Anônimo disse...

Lembro bem ,quem conseguiu passar neste concurso ,pessoas que receberam as respostas ,mas esse fato também foi no governo do ALAIR? Então me parece o pior dos piores ,com tantos podres assim ,fica até difícil de ter alguém ainda para falar bem ,a não ser quem esteja sendo benefiado .