ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

EDITORIAL - Na Turquia ou aqui.


Ontem, o parlamento turco aprovou legislação que visa controlar a produção e a divulgação de informações nas redes sociais do país. O texto permite ao governo bloquear sites e blogs por motivo de "segurança nacional" ou ter acesso a dados de indivíduos pela internet sem a necessidade de ordem judicial.

O que está por trás da atitude é o processo de investigações contra escândalos de corrupção do governo, que tem na divulgação de vídeos e gravações virais pela internet suas principais provas.

Por estas bandas, não é diferente. As redes sociais pegam no pé dos poderosos, que já não podem mais contar somente com a grana despejada sobre a mídia tradicional para conter suas impopularidades, corrupções e descasos com a cidade. Com o poder na mão do povo e o povo com a mão no teclado, pouco se pode fazer, a não ser mudar de comportamento para que o eleitor não mude de voto.

É claro que o alcance das redes sociais ainda não é decisivo nos grandes colégios e pleitos. Mas a tendência é que, cada vez mais, e a começar pelos microcosmos, como as cidades pequenas e médias, a internet venha a ser definitiva nas eleições proporcionais ao menos, depois, nas majoritárias. As votações deste ano podem ainda não mostrar isso, mas as próximas, certamente o farão, e assim por diante, de forma progressiva e constante.

Será?
Vamos esperar para ver.

Bom dia!

Um comentário:

Julio disse...

Turquia ou aqui, mas o pagode é aqui, a tal prometida "passagem limítrofe"? A qual o prefeito Alair foi o "mentor" e "orador". Lembra? O que aconteceu?
Quanto custa mesmo, a passagem entre as cidades?