ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

EDITORIAL ESPECIAL – O coronel desesperado.




Ontem, em sua página pessoal na rede social facebook, o prefeito de Cabo Frio, mais uma vez, destilou textualmente seu estilo pouco cortês e republicano de encarar as críticas e liberdades da democracia.

Num texto de linguagem nervosa, atacou críticos, militantes políticos adversários, órgãos de imprensa escrita e blogs que, simplesmente, divulgaram um fato: sua condenação, em órgão colegiado, pelo STJ, há cerca de duas semanas.

Primeiramente, gostaria de perguntar ao prefeito Alair Corrêa por que ele se mostra tão ávido e corajoso ao escrever textos exaltados e emocionais nas redes sociais, mas foge do debate face a face acerca deste ou de outros temas, como fez em relação a mim na audiência marcada pela justiça no Fórum de Cabo Frio em junho; ou em relação à comunidade escolar da cidade, na reunião marcada pelo Conselho de Alimentação Escolar, na semana passada. 

Não me cabe, entretanto, julgar o alheio, mas ter consciência da minha conduta: eu estava presente e pronto para o debate nesses dois momentos. O prefeito não. Preferiu refugiar-se nas trincheiras de um teclado e uma tela, ao invés de relacionar essas ferramentas decisivas e essenciais com o mundo real. Uma pena.

Em segundo lugar, é preciso esclarecer uma coisa: ninguém torce pela condenação do senhor e sua inelegibilidade. Isso tiraria a grande vitória e glória do evento que nos aguarda daqui a dois anos: vencer o senhor, no voto, comprovando e provando a insatisfação popular com a gestão da cidade pela sua equipe e o repúdio político do povo em relação ao seu modelo político. 

Prefeito, se há uma coisa pela qual torço todos os dias é pela sua candidatura em 2016. Mais do que muitos companheiros de seu grupo, garanto.


Em terceiro lugar, como conseqüência do que acima dissemos, é preciso concluir: o nervosismo agressivo do prefeito ao atacar a todos que o criticam, como o fez ontem, se deve a um evidente desespero. Desespero em ver sua popularidade despencar; desespero em ver seu governo ser cada vez mais repudiado pelo povo em todas as áreas, setores e bairros; mas, principalmente, desespero em ver que seus candidatos a deputado o criticam em reuniões; fogem de seus eventos; traçam conversas diárias para pular para o lado da oposição; esquivam-se de seu apoio e de suas vinculações ao governo.

Sua situação, prefeito, nas eleições deste ano, é mesmo desesperadora. Os dois candidatos que lideram as intenções de votos para deputado estadual e federal na cidade são, exatamente, os líderes da oposição. São aqueles dois que o senhor disse não apoiar nessas eleições, incluindo os demais em seu bojo de apoios. Ou seja: todos os candidatos do seu grupo, somados, não chegam perto dos votos que seus adversários terão, nos dois cargos, dentro da cidade. Isso é, realmente, desesperador.

E é claro que esse desespero não se refere apenas a 2014. Se a situação é deprimente e vexatória neste ano, que dirá em 2016. Quando o senhor diz que seus adversários têm medo de enfrentar o senhor daqui a dois anos, o senhor, na verdade, está projetando seu próprio medo naqueles que discordam do senhor. É o senhor que está com medo de nos enfrentar no próximo pleito. E como vimos, o senhor tem razão em se sentir assim.

Prefeito, considero-me uma pessoa compreensiva. Compreendo a fuga psicológica de seu próprio desespero político, ao transformar seus adversários em espelho. Afinal, é mais fácil ver em nós seus próprios medos do que assumi-los. Entendo. Mas somos diferentes prefeito. Muito diferentes. E se hoje é difícil para o senhor assumir ou compreender isso, daqui a dois anos a gente conversa. 


Bom dia!

9 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo Editorial Rafael, você foi especialmente feliz em cada palavra.

Na minha opinião, castelos irão ruir após a derrota vexatória dos candidatos do governo nas próximas eleições. O desespero vai ser total quando a impopularidade do atual governo for escancarada pelo resultado das urnas.

Vai ter muita gente perdendo a pose e tirando as calças pela cabeça!

Julio disse...

"Em segundo lugar, é preciso esclarecer uma coisa: ninguém torce pela condenação do senhor e sua inelegibilidade. Isso tiraria a grande vitória e glória do evento que nos aguarda daqui a dois anos: vencer o senhor, no voto, comprovando e provando a insatisfação popular com a gestão da cidade pela sua equipe e o repúdio político do povo em relação ao seu modelo político. "

Caraca,Rafael! Mandou bem pra caramba à beça. Foi o melhor pensamento que já li nos últimos tempos nos blogs de PAGODE CITY. A minha mãe também foi só elogios.

Já guardei na minha pasta de melhores pensamentos e reflexões. Olha que tem : Albert Einstein, William Shakespeare, Mahatma Gandhi,Mario Quintanae outros.

Anônimo disse...

É isso mesmo Rafael ,torcemos que fique em pé ,para que o tombo seja bonito de se ver ,isso é que da ,em forçar a ser prefeito e para ter que ganhar ,vendeu a cidade inteira .agora tem que pagar ,Ficava mais bonito nâo ter entrado, agora não tem mais jeito ,só o que resta e pedir para sair ,antes que seja tarde demais .

Anônimo disse...

Eles vão tomar uma surra nas urnas que vai ficar na história.

Anônimo disse...

Um alerta, na Rua Raul Veiga esquina com Santos Dumont, bem atrás da Igreja Metodista Central,estão alojado um bando de crakudos, são homens e mulheres extorquindo motoristas que estacionam, ameaçando que não dá dinheiro, principalmente mulheres, lembrando que o flanelinha que ficava nesse local, foi preso roubando uma bicicleta, nesse local havia flanelinhas oficial da prefeitura cobrando estacionamento, será que até isso já acabou nesse desastrado governo. Alô Polícia Militar, vamos dar uma dura nesses delinquentes, estamos correndo perigo, principalmente nós mulheres. Cabo Frio agora só é manchete na mídia brasileira falando coisas horrorosas, tráfico, menores infratores e por ai vai.

Anônimo disse...

Prezados Senhores, boa noite.
Não sou governista - sou tido por oposição, desde 1984.
Contudo, não serei tão infantil em pensar desta forma que os senhores estão vislumbrando. Política é jogo (arte é para os catedráticos da sala de aula), interesse pessoais e particulares acima do interesse coletivo e público.
Não se enganem, em 2015/2016, nossa cidade deverá sofrer um "boom" de obras, efetuadas pela Prefeitura, pois o nosso povo em sua grande maioria, não tem massa crítica e pensamento à respeito do que se discute aqui. À população observará, na realidade o que será feito, nos citados anos, pois suas mentes são curtas e esquecidas.Não estranhe não, mais é assim esta politicagem: o cofre será aberto nestos 2 últimos anos com construções caríssimas e de péssimas qualidades populescas. Quanto "trocar" de lado isto é comum.Alair, MM, José Bonifácio, já estiveram do mesmo lado e hoje?
Quanto à condenação eu sonhei que se realize e acima de tudo tendo os bens indisponíveis - observe à relação no TSE, e verão que temos grandes laranjais em nossa cidade.Vasculhem os Cartórios de Registro de Imóveis e vejam em nome de quem se encontram as propriedades na orla. Não se espantem, mas esta é a nossa realidade. A idade o favorece em cumprimento de qualquer pena. A maior frustação de Alair é saber que à idade já o alcançou e, que não levará nada desta vida para o além e o acerto de contas lá, não olhará à sua evolução patrimonial e sim às obras aqui realizadas na terra. Não confundamos "obra" com gestão pública e sim os seus feitos como cidadão:JULGAMENTO.
Há uma frase popular, que diz o seguinte: " o importante não é chegar em 1º, mas é saber como terminou.Portanto, termine bem a sua vida, pois ela é curta.

Anônimo disse...

Não é o que temos visto...

Osmar Filho disse...

Rafael, o ilustre prefeito Alair Corrêa ignora a Justiça e ignora os próprios funcionários públicos que querem conversar com ele para resolver problemas, mas diz que está "muito ocupado". Sim, ocupado escrevendo inutilidades em seu iPad e participando da HIPOCRISIA no lançamento de campanha de seus supostos candidatos.

Vou publicar em meu blog mais uma DESOBEDIÊNCIA à Justiça, do senhor Alair e seu "GOVERNO VAGABUNDO", que pensa estar acima da Lei, mas responderá pela irresponsabilidade.

Um abraço!

Osmar Filho.
07/09/2014
osmarfilho.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Concordo com o Anônimo 6 de setembro de 2014 20:43, o prefeito de bobo não tem nada, é só esperar no ano da eleição, vem com aquela enganação de novo, o zé povinho que vive de esmola de prefeito e vereadores, mais uma vez vai ser enganado infelizmente é assim que a banda toca, governante nenhum quer que saúde e educação seja prioridade, principalmente saúde que é o que mais da votos, a mais de 50 anos ouço essa lorota que "vamos melhorar a saúde". só se for a saúde financeira dos políticos.