ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Luciana Lóssio, relatora do processo que confirmou a candidatura de Alair no TSE, agora vai relatar no julgamento de um ex-cliente: José Roberto Arruda, um dos políticos mais corruptos do país e candidato ao governo do Distrito Federal.

Essa coisa de coincidências na justiça é algo realmente impressionante.

Conforme já divulgamos neste blog mais de uma vez, a Ministra Luciana Lóssio, que foi a relatora do processo de questionamento da candidatura do prefeito Alai Corrêa no TSE, em dezembro de 2013, possui relações profissionais históricas com o advogado Técio Lins e Silva, que recebeu o título de cidadão cabofriense das mãos do filho do prefeito, o presidente da Câmara Marcello Corrêa (PP). Técio também foi citado pelo Secretário de Governo, Dirlei Pereira, como seu advogado na intenção já abortada de processar a mim, a Folha dos Lagos, o advogado Luiz Cláudio e o mundo inteiro, se necessário, por causa da divulgação dos fatos do famoso Caso Bené. Você pode relembrar toda essa rede de contatos clicando aqui e aqui.

Agora, uma nova coincidência muito, muito interessante mesmo, nas barras da maior corte eleitoral do país, acaba de acontecer: a mesma Luciana Lóssio, designada relatora do processo de impugnação de José Roberto Arruda (DEM) para o cargo de governador do Distrito Federal, atuou como advogada de defesa dele mesmo na primeira fase das investigações da Operação Caixa de Pandora - o Mensalão do DEM em Brasília. A condenação de Arruda nesse caso foi exatamente o que o levou a ter a candidatura questionada pela justiça, no processo que agora parou nas mãos de sua ex-advogada.

Nem precisa lembrar que o DEM é partido da base do governo Alair Corrêa.

Ou seja: Luciana vai relatar sobre o processo que ela mesma perdeu, opinando sobre um acusado que foi seu cliente. Que digno, não?

Essa questão foi notícia de destaque no site do Jornal O Globo de hoje. A matéria completa você pode ler clicando aqui.

COMENTÁRIO: Toda essa rede de relações, que passa por Cabo Frio e Brasília, é uma vergonha, e precisa ser cortada pela raiz já. Luciana precisa acusar sua própria suspeição neste processo antes que alguém o faça. No mínimo. O resto das conclusões eu deixo para os leitores.

SAIBA MAIS:




8 comentários:

Anônimo disse...

Quanto sera que ela vai cobrar para liberar mais um? Cabo frio paga ate hoje. Este e o STF do governo Dilma, Pt e seus aliados tenho vergonha de ser brasileiro

Anônimo disse...

LUCIANA LOSSIO: ESPECIALIDADE, PIZZA A MODA DA CASA!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Como fazer para denunciar estes casos .Chega dae nojo, ficou claro que ela é sempre a favor dos fichas sujas .

Anônimo disse...

E ainda tem eleitor corno que vota em dilma!!!!!!!

Anônimo disse...

Ela também anda com uma mala preta ,sempre em sua mão .Acho que em Cabo Frio tem alguma propriedade,seria bom vim visitar como anda a cidade .

Anônimo disse...

Ela também anda com uma mala preta ,sempre em sua mão .Acho que em Cabo Frio tem alguma propriedade,seria bom vim visitar como anda a cidade .

Anônimo disse...

Ela também anda com uma mala preta ,sempre em sua mão .Acho que em Cabo Frio tem alguma propriedade,seria bom vim visitar como anda a cidade .

Anônimo disse...

Como lembro do dia em que foi o julgamento .nunca vi uma ministra caquejar tanto ,até o advogado também estava caquejando muito .porém dava para perceber que já estava tudo certo.