ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

OUVIDORIA - Prefeitura cadastra trabalhador com número errado e gera prejuizo financeiro.


Amigo, trabalho na prefeitura. E estão fazendo uma covardia comigo e com outras pessoas. O caso é esse: já sou cadastrado no PIS há alguns anos. E eu só precisaria 30 dias no ano base 2013 para receber o PASEP. Mas a prefeitura, ao invés de beneficiar o trabalhador, só atrapalhou. Não sei se por maldade ou por incompetência da prefeitura, com a desculpa de não estar com o número do PASEP do servidor, me cadastrou com um outro número que alguém colocou. Com isso, perdi o meu abono salarial, pois com esse novo número de PIS ou PASEP preciso trabalhar no mínimo 5 anos para ser beneficiado. 

Mas o meu numero do PIS ou PASEP está aqui comigo e já está cadastrado há mais de 10 anos. E não acontece só comigo não. A resposta do RH para todos é que na hora do cadastro, como não tinha o número, eles cadastraram um novo e fizeram a correção depois. Mas só vou receber em dezembro.

(o cidadão preferiu não ser identificado)

COMENTÁRIO: Amigo, assim como nos grandes frascos estão os melhores perfumes, nos pequenos erros estão os grandes problemas. Não parece ser algo difícil buscar o real número de cadastro do trabalhador, evitando, assim, esse tipo de constrangimento e perda financeira. Sugiro solicitar à prefeitura o ressarcimento dos prejuízos, e, caso seja negado, buscar a justiça. Um abraço, conte conosco.

8 comentários:

Anônimo disse...

A Prefeitura pode retificar a RAIS do empregado fornecendo o número do PASEP correto. O único entrave é que ele não receberá o abono segundo o calendário oficial elaborado pelo Banco do Brasil, somente em dezembro.

Julio disse...

Cidadão que preferiu não se identificar, eu fico com a segunda opção: Incompetência da prefeitura.

Julio disse...

Rafael, eu sou portador do cartão do melhor projeto copiado, digo "criado", pelo atual prefeito da minha terra amada, que é o cartão dignidade/Serviço Ruindade. Acontece que eu não sei onde está o meu cartão. Já revirei as minhas pastas, carteira e mochila e nada. Caso eu não encontre, como proceder para retirar a segunda via? Onde eu solicito a segunda via? Lá na "secretaria de transportes"? Lá na "princesinha" do Mar, ops Dona Salineira? Precisa pagar alguma taxa? Já que estão dizendo que não estão sendo retirando mais os cartão.

Anônimo disse...

Sr Júlio, boa noite.
De acordo com o Documento que o sr assinou, quando Requereu o Cartão, diz que à 2ª via custará R$ 20,00 e, será feito na sede da Salineira, que atende à SENTRASOL.

Anônimo disse...

o trabalhador ao ser contratado deverá informar o seu numero do PIS/PASEP, caso não apresente, o empregador deverá cadastrar o novo empregado.....é simples assim ....vamos parar com essa politica de paparicar as pessoas que não cumprem a sua obrigação.A função é do empregado.

Julio disse...

Aí galera, Cabo Frio é ou não é um pagode?Sindicato caladinho com a única empresa da cidade tira cartão e até documento que a gente assina anônimo "sabe". Mas tinha isso? Lembro não! Pior que nao fiquei com nenhuma copia para conferir. Mas como não consegui falar na SECRETARIA que em minha opinião não serve pra nada, porque o telefone chama e ninguém atendeu, fiquei na mesma. Fiquei sabendo que não está bem assim, Anônimo.das. 21:02. " Governo passado que era assim. Se a Salineira me de R$ 2.0000, 00, eu dou Retorno$20.00. Riocrd é assim? Sei não!

Anônimo disse...

Mas a RAIS é obrigação dos patrões ,sem não faz ,não da oara cruzar dados de duplicidade dos números, Os empregados não tem obrigação de saber sobte essas coisas ,até por falta mesmo da cultura brasileira .

Julio disse...

Anônimo do dia 22 de agosto das 21:02,UFA,achei o meu Cartão Dignidade/Serviço ruindade. Portanto, não preciso procurar a inútil secretaria de transporte e nem pagar R$2,95 em ônibus sujos,lentos e desconfortáveis a vista( prefiro pagar R$0,50 de entrada e uma mensalidade de R$2,45), para ir até SETRANSOL/salineira. Agradeço pelas informações.

Vou fazer de conta que sou um vendedor de balas dentro de um ônibus. Eu poderia estar deixando o Sindicato caladinho com a única empresa da cidade....., ao invés de Sindicato coladinho com a única empresa da cidade....,mas como eu não gosto de injustiça,não sou desumano, respeito leis e nem covarde ao ponto de colocar idoso,para se equilibrar vale a correção.