segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Morre o Cientista Político Marcus Figueiredo, autor de "A Decisão do Voto".

RIO — Um dos maiores especialistas em pesquisas eleitorais do país, o cientista político Marcus Figueiredo morreu no último sábado. Ele sofreu complicações após uma cirurgia para tratar um aneurisma da aorta abdominal. Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), Figueiredo era professor do programa de pós-graduação em sociologia e ciência política do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (Iesp) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Um dos fundadores do antigo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), da Universidade Cândido Mendes, foi um dos professores mais atuantes, em 2010, na transição de parte do corpo acadêmico da instituição para o Iesp, na Uerj.

Formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (UFF) no início da década de 70, Figueiredo logo se destacou como um dos pioneiros na análise de pesquisas eleitorais no Brasil. Além de estudar o tema, trabalhou como consultor em campanhas eleitorais no Brasil e no exterior. Autor de vários livros sobre o assunto, como “A decisão do voto”, ele se dedicava nos últimos anos à coordenação do Laboratório de Pesquisas em Comunicação Política e Opinião Pública, o Doxa, que criou no Iesp.


COMENTÁRIO: Figueiredo, sem dúvida, é a referência nacional maior dos marqueteiros e coordenadores de campanha pelo Brasil. Apesar de não concordar 100% com suas análises - como as que se referem à relação imediata entre avaliação de governos e reeleições - é preciso dizer que tinha e tenho neste estudioso um norte seguro de análise do processo político brasileiro. Uma perda irreparável.


Nenhum comentário: