ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

terça-feira, 12 de agosto de 2014

EDITORIAL – Procuradorias em xeque.




Ontem celebramos o dia do advogado, exaltando os bons profissionais, que, de maneira proba e justa, defendem os direitos democráticos da população em suas demandas mais necessárias.

Mas nem só de laranjas maduras é feita essa cesta.

As laranjas podres também compõem, infelizmente, o quadro da advocacia brasileira, e um dos nichos de maior corrupção do Brasil, nesse setor, é o das procuradorias municipais.

Escalados para defender os interesses dos municípios perante a justiça, muitos procuradores, por vezes, invertem a lógica, atuando contra o povo, contra o próprio município – e até contra o próprio prefeito – em benefício próprio.

Cobranças ilegais de “taxas” por pareceres e atuações processuais; execução de pagamentos municipais a empresas com participação de sócios; obtenção de partes em negociações de áreas públicas; falsificações de documentos; falsidades ideológicas; utilização de “laranjas” para o registro de propriedades de bens, entre outros crimes, infelizmente, são práticas de procuradores pelo Brasil afora, que mancham e denigrem a identidade e a natureza de uma das mais dignas profissões deste país.

Urge a necessidade de se empreender uma luta incansável pelo aparecimento da verdade; pela apuração de acusações; e pela punição desses profissionais, que se utilizam de maneira cruel de seus conhecimentos políticos e jurídicos para obter vantagens em desvios, diretos ou indiretos, do dinheiro público – do dinheiro do povo.

Estamos e estaremos sempre engajados nessa luta.


Bom dia!

10 comentários:

Julio disse...

E por falar em procuradoria, tem uns procuradores de certa cidade do interior no Estado do Rio de Janeiro, que têm mais pose que modelos na passarela. São mais posudos que empresários russos.
Não digo o nome dessa cidade, nem se me oferecer um carro, para escapar do transporte público da cidade.

Mas faltam quantos dias mesmo, para acabar em nome de Jesus esse governo Rafael?

Anônimo disse...

Observando fatos que estão acontecendo na cidade de Cabo Frio, esta havendo um desrespeito da população ao atual governo, andando pelas ruas da cidade o que estamos vendo, sacos de lixos a qualquer hora do dia nas calçadas, entulhos de obras in natura, galhos e troncos de arvores, antigamente ocorriam em bairros e comunidades fora do centro, agora é em todos os lugares, centro da cidade, bairros nobres, pasmem, até no portão de entrada do prefeito na prefeitura, na rua Barão do Rio Branco, que na minha opinião é a rua mais suja do bairro Passagem, principalmente após ao Hospital Santa Izabel lado esquerdo, perto da casa do Professor Claudio Celso, ao lado também da casa de um famoso médico anestesista, moradores da Travessa Santa Clara são os campeões da sujeira, embora a coleta de lixo tanto caseiro e entulhos passam regularmente, sempre no horário, falta é fiscalização e cobrança de multas, cadê os eficientes fiscais de posturas, servem só para fiscalizar barraqueiros de praia e carrinhos de cerveja. Estamos vivendo uma desordem total, caos, esta parecendo final de governo, não reeleito.

Anônimo disse...

Onde está a minha postagem Rafael? Só porque eu falei do tal advogado famoso que se prevalece de seu poder político para criar feudos nas cidades da Região dos Lagos? Será que ele é seu amigo? LÓGICO QUE É. Afinal de contas, o Dr. Carlos Magno compra todo mundo! PARABÉNS! Dois pesos para a mesma medida.

Anônimo disse...

Ao anônimo disse...
12 de agosto de 2014 15:37
Quem é vizinho da travessa Santa Clara, é o supersecretário de serviços públicos, prédio ao lado, infelizmente essa gente não anda a pé, não convivem com as dificuldades do povo, são uns verdadeiros caras de paus.

Rafael Peçanha disse...

Caro amigo, na primeira frase do comentário vc afirma que este editorial se refere a uma determinada cidade, enquanto eu escrevi um texto geral sobbre a realidade brasileira. Segundo o STJ, o blogueiro pode ser responsabilizado pelos comentários alheios. Nao cometerei esse erro. Basta alterar essa frase e publicarei. Quanto ao trecho que voce achou ser o motivo de nao ter sido publicado, fique tranquilo: nao estou à venda. Um abc.

Anônimo disse...

Rafael, você não pode generalizar, muitas procuradorias da região dos lagos possuem profissionais de conduta ilibada, que trabalham em prol do Município e do povo da cidade.

Julio disse...

Grande parte da população da cidade, não abre mesmo a mente. Diet de evolução. O provincianismo ou mania de roca mesmo. Perto da casa de fulano, esquina com a casa de ciclano, ao lado da casa de Beltrano....... e por ai vai.
Fofoqueiros FC.




Anônimo disse...

Não concordo. Existem pessoas honestas e que levam o trabalho a sério. Conheço pessoas influentes, que já tentaram comprar inúmeros pareceres,em procuradorias "feudais" com sacolas de dinheiro, e não conseguiram nem a pau!!!Corrupção existe em toda esfera da sociedade. A publicidade, aponta o ladrão. Isso não significa que o corrupto anônimo não é corrupto.

Rafael Peçanha disse...

Anônimo de 14 de agosto de 2014 14:52, não generalizei. Não disse, em nenhum momento, que todas as Procuradorias do Brasil são assim. Mas afirmei que algumas são. Um abraço e obrigado pela sua participação.

Anônimo disse...

Bonito e íntegro ,foi assistir aos julgamentos em BRASÍLIA COM AQUELES MINISTROS, JULGANDO OS FICHAS SUJOS ,PRINCIPALMENTE DE CABO FRIO, PETRÓPOLIS E OUTROS MAIS .Nossa que julgamentos! sem ter conhecimento senti como a coisa é estranha .