ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

domingo, 31 de agosto de 2014

CNBB publica cartilha com orientações ao eleitor.

No último dia 25, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) publicou e divulgou sua já tradicional cartilha com orientações para o voto consciente, dirigida ao pleito de 2014, mas que também serve para qualquer processo eleitoral. Ela foi produzida pelo episcopado fluminense e a regional da Pastoral Fé e Política que abrange nossa região- portanto, toca diretamente em pontos concernentes à nossa realidade cabofriense e regional.

Os Bispos do Estado do Rio de Janeiro e a Pastoral Fé e Política do Regional Leste 1, prepararam esta cartilha cívica contendo recomendações para os eleitores das próximas eleições do presente ano. Configura numa lista de 10 critérios, são eles:

1. Votar é um exercício importante de cidadania, por isso, não deixe de participar das eleições. Seu voto contribui para definir a vida política de nossos pais.

2. Verifique se os candidatos estão comprometidos com a superação da pobreza, com a educação, saúde, moradia, saneamento básico, respeito à criação e ao meio ambiente.

3. Veja se seus candidatos estão comprometidos com a justiça, segurança, combate a violência, dignidade da pessoa, respeito pleno pela vida humana desde a sua concepção até a morte natural.

4. Observe se os candidatos representam o interesse apenas de seu grupo ou partido e se pretendem promover políticas que beneficiam a todos. O bom governante governa para todos.

5. Dê o seu voto apenas a candidatos com "ficha limpa". O homem público deve ter honestidade (idoneidade moral).

6. Fique atento à prática de corrupção eleitoral, ao abuso de poder econômico, à compra de votos. Voto não é mercadoria.

7. Procure conhecer os candidatos, sua conduta, suas idéias e seus partidos. Voto não é troca de favores.

8. Vote em candidatos que respeitem a liberdade religiosa e de consciência, garantindo o ensino religioso confessional e plural.

9. Escolha candidatos que promovam e defendam a família, segundo sua identidade natural conforme o plano de Deus.

10. Acompanhe os políticos depois das eleições, para cobrar deles o cumprimento das promessas de campanha e apoiar suas opções políticas e administrativas.

Para terminar reflitam esta frase do Papa Francisco: "É muito, difícil que um corrupto consiga voltar atrás". Vote certo, vote bem, somos responsáveis pelo futuro de nossa pátria. Não esqueça que seu voto terá conseqüências, um novo mundo e uma nova sociedade ou a mesmice da corrupção e do terror e insegurança diários. Deus seja louvado!


Nenhum comentário: