quinta-feira, 3 de julho de 2014

EDITORIAL - Mais do que mil palavras.


Os adágios populares, por vezes, têm sido questionados e relativizados por reflexões intelectuais ditas mais apuradas, que, entretanto, acabam quase sempre por se renderem ao poder da experiência do povo em seu cotidiano e sua sabedoria enraizada na vivência.

Assim, o ditado popular que defende que uma imagem diz mais do que mil palavras é um fato.

Em nosso contexto político local, podemos observar isso a partir da recente festa organizada pelo Poder Municipal e paga com o dinheiro público, no Tamoyo Esporte Clube, simplesmente para celebrar a posse dos novos comandantes da combalida pasta da Saúde do município.

Na foto, postada e comentada nas redes sociais, surgem os vereadores da cidade - não todos - acompanhando felizes o governo municipal no evento.


Parece evidente que as autoridades precisam se fazer presentes nos eventos públicos por uma questão de diplomacia e construção política. Entretanto, aderir a esse tipo de cerimônia sem uma postura crítica ou um repúdio público ao gasto desnecessário e à ostentação desmedida, é compactuar com tais desatinos, na medida do sorriso oferecido ao fotógrafo, expoente da alegria por concordar com tal prática.

Os motivos para a festança são claros: o governo apanhou muito nos últimos dias da imprensa paralela (redes sociais e blogs) pela vacância na pasta e pela posse interina do próprio prefeito. Apanhou ainda mais com as notícias de cidadãos que negaram assumir a pasta; de ausência de quadros no grupo governista para fazê-lo; e em escândalos que explodiram no curto período, como O Caso das Lesmas Inocentes do Jardim Esperança (RELEMBRE AQUI).

Assim, parecia "necessário" ao governo organizar o evento para, com a pompa, "dar a volta por cima" em relação às críticas que marretaram o poder constituído nos último dez dias. Completamente equivocados, desorientados e mal assessorados, prefeito e vereadores deram mais uma vez um tiro no pé, consolidando a imagem pública de uma gestão que torra dinheiro sem medidas, esquecendo ou desprestigiando a população mais carente da cidade, a necessitar de serviços básicos.

Se uma imagem vale mais do que mil palavras, neste caso, a foto vale muito mais do que todas as palavras que deixaram de ser ditas nestes 18 meses, resultado da omissão e do silêncio de quem deveria fiscalizar as contas públicas e cobrar um governo mais justo e honesto com o cidadão.

Bom dia!

5 comentários:

Julio disse...

Parece pagode, mas sendo em cabo Frio é. É muito Roça! Fazer festa para apresentação do terceiro secretário de saúde e comissão - tem mais gente que a comissão técnica da seleção Brasileira de Voleibol. Será que o prefeito está pensando que é presidente de alguma federação de futebol? Voleibol? Ou outra modalidade?
Mesmo o atual governo tendo "começado" somente no dia 02/07/2014, mas na realidade são dezesseis meses (AFF! e Só Jesus!)de governo....já é o terceiro secretário, minha gente! Não acharam a "fórmula".
Vou pedir ajuda ao professor Hamilton, para fazer uma conta, calcular: a durabilidade de cada secretários, nesses dezesseis meses. Vai usar regra de três, professor Hamilton?

Detonaram a saúde do "governo passado", durante oito anos e até agora conseguiram fazer um milhão de vezes pior. O que aconteceu? Apagou a vela e acabou a macumba?


Mas o prefeito está mesmo muito "mau" assessorado. Achar que uma festa, para apresentar o novo secretário de saúde (com todo respeito ao novo secretário!) em um clube da "elite" na cidade, para tentar dar a "volta por cima" foi de tomar Engov. Coloca uma mola nos pés prefeito. Ai fica mais fácil. Não perde mesmo, essa mania, de enganar o povo com festas e fogos - agora, deixa se enganar quem quer. O povo quer ver é resultado e não festas e caras de políticos sentados na mesa ou à mesa, Rafael?




Anônimo disse...

Ter um secretário em cada "pasta" é uma obrigação e um dever do município. A saúde está às lesmas há 18 meses, agora parece, repito, parece que já tem secretário, até quando não sabemos, mas me respondam: ISSO É MOTIVO PARA FESTA DE COMEMORAÇÃO?
Porque não usar o dinheiro desperdiçado na festa para suprir as carências da saúde, que diga-se de passagem, não são poucas!

Anônimo disse...

Por favor, me respondam mais outras coisas: O DR. HEITOR NÃO HAVIA DE DEMITIDO DO HSJO POR HÁ UNS 2 MESES ATRÁS?
E PARA QUE 4 PESSOAS ADMINISTRANDO A SAÚDE? SERÁ QUE CADA UM VAI RECEBER COMO SECRETÁRIO? O DR. CARLOS ERNESTO JÁ NÃO HAVIA SIDO EMPOSSADO SECRETÁRIO DE SAÚDE EM 2013? FOI FIGURA DECORATIVA NA SAÚDE ESSE TEMPO TODO, AGORA VOLTOU A SER EMPOSSADO SECRETÁRIO DE SAÚDE, MAS ELE JÁ NÃO ERA SECRETÁRIO? NÃO LEMBRO DE TER CONHECIMENTO DE QUE HAVIA SIDO EXONERADO!
UFAAA, QUE CONFUSO ISSO!

Anônimo disse...

Onde está a segurança da nossa cidade?
Ontem dia 2 de julho,por volta das 18:30 uma fiel aguardava a celebração da Santa Missa na Igreja Nossa Senhora da Assunção qd foi surpreendida com o furto da sua bolsa com seus pertences,o cidadão estava armado.
Agora pergunto:Onde vamos parar?
Não temos segurança nem dentro dos templos religiosos? Elizabeth Peçanha

Julio disse...

Correção: São dezoito meses do governo que "começou" dia 02 de julho de 2014.