sexta-feira, 4 de julho de 2014

EDITORIAL - Hora de desapegar.


Circula pela internet, nas redes sociais, a paródia da propaganda de uma empresa virtual de vendas, que transformou o "desapega" num bordão popular ao extremo. Na versão, o prefeito de Cabo Frio é apresentado como "produto" e discurso a ser "desapegado", especialmente, quando trata do tema educação.

É claro que esse tipo de produção, de autoria apócrifa, torna-se viral, isto é, circula pelos usuários com velocidade grandiosa, sem que se saiba, exatamente, sua fonte e origem, ganhando notoriedade exatamente pelo número de internautas que a conhece. Essa forma de abordagem deve ser encarada como uma bem humorada e respeitosa crítica ao poder local, não me parecendo em nada ofensiva.

Nesse sentido, parece que o vídeo é, além de tudo, simbólico de uma realidade vista a olhos nus nesta cidade. O governo Alair Corrêa foi encarado com esperança e empolgação por muitos eleitores que, hoje, rejeitam sua figura. Baseados em alguns aspectos de suas gestões anteriores, cidadãos criaram uma imagem fantasiosa e idílica de uma administração que nunca existiu, e que, na verdade, apresenta hoje a pior parte de seus piores elementos.

O sonho, o herói, o mito, estão lentamente se desintegrando. Fica, em seu lugar, a realidade triste e notória de um grupo sem quadros e de quadros sem grupo, que pensam muito mais em si mesmos do que na cidade, a partir de uma mentalidade arcaica e desconectada das tendências mais contemporâneas da administração pública; do espírito democrático; e da legislação em vigor. Definitivamente, após 18 meses de um governo que ainda não começou (o que foi reconhecido pelo próprio prefeito nesta semana), o povo está se desapegando da imagem que criou, colocando os pés no chão, e decidindo, definitivamente, o que Cabo Frio não pode ser e para onde não pode retroceder.

Bom dia! 

3 comentários:

Anônimo disse...

So para registrar: Quanto sera que os juizes estao ganhando para se venderem na segunda feira. Esta justiça e uma merda e o povo covarde e tudo que o Pt quer. !!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

É verdade ,professores contratados,segundo prefeito ,precisam do emprego sim .e mesmo ganhando 1 salário estão dentro das escolas ,mas se o prefeito fosse uma mosca ,veria como os professores falam mal, amaldiçoa sua 5 geração e os xingam. REALMENTE PREFEITO CAIU MESMO NO FRACASSO POLÍTICO .PAGANDO TÃO MAL AOS CONTRATADOS .

Anônimo disse...

Esse prefeito daqui é totalmente DESAPEGADO ao professor e aos funcionários concursados ,porém agora lendo textos ,pois já não consegue fazer de forna diferente é notório e visível ,não sei quem escreve essas belezuras para ver se consegue engabelar novamente a população ,e este feito deve ser palpite de puxa sacos .Agora está difícil porque se mostra e demonstra também ser desapegado aos contratados também ,até por que ,não tem mais o controle dos números (assim que ele mesmo classifica ) destes mesmos trabalhadores que prestam serviços ,a política é outra .a população é outra ,e para continuar não tendo oposição é obrigado a manter os trabalhadores que foram cabo eleitoral dos desveteadores de cabo frio ,que em sua grande maioria não é eleitor dele .Também tem que se conformar que perdeu este controle que tinha sob os contratados .Mas fica uma pergunta .PORQUE ODEIA TANTO AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO? ALGUNS DIZEM QUE É PORQUE NUNCA GOSTOU MUITO DE ESTUDAR. NÃO SEI NEM COMO CONSEGUI A FAÇANHA DE FAZER UM CURSO SUPERIOR ,ONDE NINGUÉM VIU .NEM FICOU SABENDO ,PODIA PELO MENOS VIR À PUBLICO E EXPLICAR ESSA FAÇANHA. .TALVEZ MAIS PESSOAS PUDESSEM FAZER O QUE ELE CONSEGUIU .NÉ! DA APOSENTADORIA É BOM NEM COMENTAR QUE TODOS SABEM QUE É ,E FOI ILEGAL E IMORAL .