sábado, 5 de julho de 2014

BASTIDORES - Crise nas chapas ao governo do estado; Crivella lança "chapa militar".

#Direita
O PRB montou uma chapa puro-sangue para as eleições deste ano, com cara de ditadura. Isolado, Crivella trouxe José Alberto da Costa Abreu, ex-comandante da 1ª Divisão do Exército, como vice. O nome para o Senado é o do embaixador Sebastião Neves. Seu primeiro suplente é o coronel Paulo César Amendola, primeiro comandante da Guarda Municipal, criada em 1993 pelo então prefeito Cesar Maia (DEM). Só faltou o Bolsonaro.

#Direita II
O coronel Paulo César Amendola tem seu nome constando na lista de agentes da repressão política, segundo denúncia do Projeto Brasil Nunca Mais e o dossiê da Arquidiocese de São Paulo sobre a ditadura militar, com base em relatos de presos políticos feitos na Justiça militar. Que lindo.

#Papo
Em entrevista ao Globo, Crivella afirmou que nunca cogitou se aliar ao também candidato Anthony Garotinho (PR-RJ), e que acredita em uma reunião de forças num eventual segundo turno contra ele. Agora eu gostei.

#Crise
O anúncio da candidatura avulsa de Carlos Lupi (PDT) ao Senado estremeceu as bases políticas no estado. Jorge Picciani, presidente do PMDB, afirmou ontem que se isso prosseguir, o partido estará fora da chapa de Pezão.

#Crise II
Lupi ontem fez declaração mantendo sua candidatura contra o lançamento de César Maia (DEM).

#Crise III
Se a situação persistir e se concretizar, Felipe Peixoto (PDT) não será mais o vice de Pezão (PMDB). Francisco Dornelles (PP) e Rosa Fernandes (SDD) disputam a vaga caso ela se reabra.

#Crise IV
A chapa de Lindberg Farias (PT) também enfrenta problemas internos. O PC do B não aceitou a candidatura de Romário (PSB) ao senado e vai lançar João Batista Lemos como candidato avulso, a não ser que o PT aceite o moço como suplente do Baixinho. Aí fica tudo certo.

#Prazo
O prazo para o registro de chapas se encerra hoje às 19h. O TSE  e os TRE’s fazem plantão o dia todo.


Um comentário:

Anônimo disse...

Cada dia que passa, gosto mais ainda dos cachorros, não admito em hipótese alguma alguém falar que politica é uma cachorrada só, pois os cachorros ou outro animal nunca devem ser comparados a políticos algum, é uma violência grande com qualquer animal. Mudando um pouco de assunto, mais na mesma logica, o que esta acontecendo com o prefeito de Cabo Frio, esta na hora da família preocupar com as atitudes e palavras que o mesmo anda aprontando, tornando a cidade de Cabo Frio motivo de chacota e deboche. Podemos dizer que tudo em Cabo Frio é falso, a começar pelo aspecto físico do prefeito.