terça-feira, 20 de maio de 2014

ERA UMA VEZ - A linda história do Rei e seu amigo nobre.


Era uma vez um reino não muito longe daqui que era governado por um rei, e este rei tinha que prestar contas de seu reinado para o Grande Conselho de Contas do Reino.
Este rei corria o risco de perder o seu reino, pois havia feito coisas muito ruins com o dinheiro dos seus súditos, e estes padeciam sem saúde, sem educação, sem comida, sem trabalho...
De repente, para a tristeza do rei, algo de muito grave aconteceu: os Nobres Conselheiros do  Grande Conselho de Contas do Reino decidiram que o rei não era mais digno de usar a coroa real e planejaram destituí-lo de seu trono.
A trágica notícia caiu como uma bomba dentro do Palácio Real.
"Quem pode me ajudar...?", gritava o rei.
"Quem pode me ajudar...?", vociferava o rei.
Para defender a sua coroa, bem como a sua riqueza e a de seus nobres, o rei decidiu aliar-se ao Marquês de Campos, e este, que tinha uma forte influência sobre o Grande Conselho de Contas do Reino, conseguiu fazer com que o mal uso do dinheiro dos súditos do reino fosse esquecido.
Dessa forma o rei conseguiu manter a sua coroa, e os súditos do reino ficaram sem saber o que realmente aconteceu com o seu dinheiro, e continuaram a padecer sem saúde, sem educação, sem comida, sem trabalho...

O Marquês de Campos tornou-se um grande amigo do rei, e como paga pelos seus favores recebeu como presente real um baú cheio de moedas de ouro e uma grande obra em sua homenagem.
Mas isso não aconteceu nestes últimos anos, mas sim há muito, muito tempo atrás.
MORAL DA HISTÓRIA: Quem tem padrinho nobre sempre dá um jeito de não morrer pagão.

Um comentário:

Julio disse...

Boa tarde para todos!

Esse rei usa coroa de abacaxi?