sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

EDITORIAL – Eles não entendem. E isso tem sentido.


A polêmica causada nas redes sociais ontem com a segunda negativa ilegal da Secretaria Municipal de Educação, em dois anos, sobre minha atuação no Colégio Municipal Rui Barbosa, deixou os governistas portariados de cabelos em pé, ainda mais por causa da grande quantidade de acessos de nosso blog ontem devido ao caso.

Mais uma vez.

O direito, neste segundo caso, é também evidente: lei federal impede qualquer membro eleito do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb de ser removido da unidade escolar em que atua. Como sou membro eleito representante do magistério municipal, não posso deixar de atuar na escola em questão. Simples assim.

Claro é o direito hoje como o foi ano passado, quando o Ministério Público, a Justiça de Primeira Instância e o Tribunal de Justiça reconheceram a perseguição política no caso em tela.

Mas reconhecer direitos acima de disputas é quase impossível para alguns defensores da situação. Estes (que não são a totalidade dos governistas, mas a maioria), entendem que direitos são favores, agrados e privilégios, que só devem ser oferecidos a amigos, sendo algo estranho e incoerente quando tangem cidadãos que se opõem ao governo.

No ano passado, uma governista chegou a afirmar nas redes sociais que eu estava querendo “sentar na janela” só por querer meus direitos.

No caso deste ano não tem sido diferente.

Ora, num governo autoritário e centralizador, conceder direitos é mesmo um privilégio. Num governo opressor e perseguidor, dar direitos é mesmo “falta de vergonha”. Num governo que gasta milhões para pagar obras na orla e deixa a periferia com buracos e sem remédios, de fato, reconhecer os direitos de um cidadão é mesmo “tratá-lo a toddy”.

Assim, peço que os leitores entendam as manifestações nervosas e irritadas dos portariados governistas nas redes sociais sobre o meu e todos os outros centenas de casos de cabofrienses que simplesmente querem ter seus direitos respeitados, independente de posição política. 

Por favor, entendam. 

Querer que um membro do grupo político governista respeite direitos é como esperar que um bebê de 2 dias de vida seja bilíngue.


Bom dia!

Após prefeitura ter deixado de pagar aluguel da antiga sede, Ministério do Trabalho inaugura nova gerência hoje em Cabo Frio com presença do Ministro Manoel Dias (PDT).

Às 14h de hoje, o Ministro do Trabalho Manoel Dias (PDT) chegará de Brasília para inaugurar a nova Gerência do Ministério do Trabalho em Cabo Frio, na Avenida Assunção, 380.

O prédio fica bem perto da prefeitura, que parou de pagar o aluguel da antiga gerência em janeiro do ano passado, conforme convênio firmado entre o município e o Ministério já há alguns anos.

Será que é porque o Ministro do Trabalho é do PDT?

Mas hoje isso é irrelevante, porque a gerência passa a ter sede própria, com autonomia e liberdade. Estarei, obviamente, presente na cerimônia, prestigiando o Manoel Dias, um dos grandes quadros pedetistas do país. O partido já vai para seu oitavo ano seguido no comando da pasta.

Já em São Pedro da Aldeia, um novo prédio do órgão também será inaugurado, às 16h.


#Voltou
Em 24 horas, o prefeito de Araruama Miguel Jeovani saiu e voltou do cargo. Parabéns, mais uma vez, ao advogado Carlos Magno. Ele é o cara. Simples assim.

#Voltou II
Mas o interessante foi ver o pessoal que ama o Garotinho, e que achou “uma vergonha” o ex-prefeito Marquinho Mendes ter utilizado a liminar como instrumento jurídico, na semana passada, achar lindo o governante de Araruama ter usado a mesma ferramenta nesta semana. Interessante.

#Mudou
O Solidariedade (SDD) vai mesmo ficar com Pezão na disputa pelo governo do estado deste ano. O acordo, feito diretamente com o presidente nacional da legenda, Paulinho da Força (SP), é um duro golpe no senador Lindbergh Farias (PT), que montou e organizou o partido no estado do Rio.

#Mudou II
Na jogada, Pedro Fernandes (SDD) será o novo secretário de Assistência Social e não virá candidato a nada neste ano. O partido também está na mesa de negociações para coligações proporcionais. E o vereador Aquiles Barreto não deverá ser candidato por causa da reviravolta, dedicando todos os seus esforços à coordenação da campanha de Lindbergh (PT).

#Ministros
Em nota oficial, divulgada às 14h47 desta quinta-feira, a presidente Dilma confirmou que Aloizio Mercadante, então ministro da Educação, assumirá a Casa Civil, no lugar de Gleisi Hoffmann, que disputará o governo do Paraná. O então secretário de Saúde de São Bernardo do Campo, Arthur Chioro, irá para o lugar do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, pré-candidato ao governo de São Paulo. E o secretário-executivo do MEC, José Henrique Paim, será promovido a ministro, na vaga de Mercadante.

#Ministros II
Na Secretaria de Comunicação (Secom), hoje pela manhã, nova mudança: sai a então ministra Helena Chagas e entra o atual porta-voz Thomas Traumann.

#Analisando
A nomeação de Chioro é um prêmio pela ótima administração de Luiz Marinho na prefeitura do ABC. Já a subida de Traumann é um retorno da influência de Franklin Martins na pasta. Ambos são homens de confiança de Lula. Ou seja: é o ex-presidente preparando terreno para coordenar a campanha ao Planalto neste ano.

#Obra
As obras numa imobiliária do centro da cidade estão dando o que falar. Embora o empreendimento seja particular, os caminhões da prefeitura não param de ajudar na empreitada. O interessante é que o dono da empresa é alto portariado  do governo municipal. Legal.

#Esqueceu
A Secretária de Educação “esqueceu” de atender, na quarta-feira, a direção da Escola Municipal Patrícia Azevedo. As meninas estavam esperando horas quando as encontrei e tinham muitas reclamações a fazer sobre a estrutura do prédio e a propaganda de “escolha democrática” do novo local da unidade escolar, que, ao que parece, não foi tão bonita quanto pintada. Que coisa. Será que foram atendidas?

#Milagre
E para quem diz que eu só critico, aqui vai, talvez, o primeiro elogio à Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio: é muito boa a programação da Jornada Pedagógica, especialmente, pela presença do teólogo Leonardo Boff, que estarei, certamente, prestigiando. O evento acontece entre 5 e 7 de fevereiro.

#Porém
O interessante é que muita gente, inclusive eu, criticou o fato do evento, no governo passado, ter sido realizado pela empresa Máxima. Mas alguns dos que falaram disso naquela época se calam hoje. Dá para explicar os motivos?

#Incoerente
Alguns governistas portariados sentaram a lenha no governo do estado quando se decidiu aprovar as O.S.’s na gestão da saúde. Agora, segundo consta, o município de Cabo Frio vai fazer o mesmo, a fim de reduzir os gastos na folha de pagamento. Eles sabem disso. Mas agora nada falam. Coerente, não?

#Nota
O Programa Rafael Peçanha não foi exibido na última quarta-feira porque toda a equipe da Rede Litoral News estava mobilizada para a transmissão ao vivo do Cabofolia 2014. Voltamos normalmente na semana que vem, quarta, às 17h, ao vivo. 



Hoje tem Noca da Portela em Cabo Frio.


O cantor e compositor Noca da Portela já está em Cabo Frio desde ontem à tarde. Ele tem apresentação marcada para hoje, a partir das 22h, na Gastronomia no Samba, evento mensalmente realizado pelo G.R.E.S. Flor da Passagem, no Helena Espaço Festas, em frente á garagem da Ampla, próxima à Rodoviária.

Noca da Portela, militante histórico do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e polêmico em suas declarações, é um dos maiores nomes do samba brasileiro. Integrante da Velha Guarda da Portela. É ele o compositor de sucessos como os sambas-enredo portelenses de 1985 ("Recordar É Viver") e 1998 ("Os Olhos da Noite"), em parceria com outros compositores.

Outros sucessos no mundo do samba são "Capital do Samba", "Isto Tem que Acabar" (com Mauro Duarte), "Aos Pés do Altar" (com Nélson Gonçalves), "Ilumina", "Recordar É Viver" (com Edir/ Jorge Careca/ Poli), "Virada" (com Gilper, sucesso na voz de Beth Carvalho), "É Preciso Muito Amor" (com Tião de Miracema), "Caciqueando", "Nossas Senhoras Meninas" (com Toninho Nascimento) e "Minha Missão" (com Adauto Megalha), uma das mais belas composições da história do samba.


Para participar do evento, basta comparecer ao local com antecedência e adquirir sua entrada individual a 35 reais ou a mesa com quatro pessoas a 120 reais. Em ambos os casos, o participante tem direito a degustação liberada.

MINHA MISSÃO

Quando eu canto
É para aliviar meu pranto
E o pranto de quem já
Tanto sofreu
Quando eu canto
Estou sentindo a luz de um santo
Estou ajoelhando
Aos pés de Deus
Canto para anunciar o dia
Canto para amenizar a noite
Canto pra denunciar o açoite
Canto também contra a tirania
Canto porque numa melodia
Acendo no coração do povo
A esperança de um mundo novo
E a luta para se viver em paz!

Do poder da criação
Sou continuação
E quero agradecer
Foi ouvida minha súplica
Mensageiro sou da música
O meu canto é uma missão
Tem força de oração
E eu cumpro o meu dever
Aos que vivem a chorar
Eu vivo pra cantar
E canto pra viver

Quando eu canto, a morte me percorre
E eu solto um canto da garganta
Que a cigarra quando canta morre
E a madeira quando morre, canta!


quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

PREFEITURA DE CABO FRIO, MAIS UMA VEZ, TENTA ME IMPEDIR DE TRABALHAR NO COLÉGIO MUNICIPAL RUI BARBOSA, DESTA VEZ, DESCUMPRINDO LEGISLAÇÃO FEDERAL.


Como ocorreu no ano passado (CLIQUE AQUI E RELEMBRE), a prefeitura de Cabo Frio tenta uma manobra para impedir que eu ministre aulas no Colégio Municipal Rui Barbosa, como professor concursado e efetivo que sou na rede da cidade.

No dia 18 de outubro, fui eleito em Assembleia do Sepe-Lagos como suplente de representante do magistério municipal, junto à professora Denize Alvarenga, no Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (CLIQUE AQUI E RELEMBRE), tendo, participado de reuniões dali em diante, inclusive, a que elegeu a própria Denize como presidente do órgão.

Ora, a Lei Federal 11.494, de 20 de junho de 2007, é clara em seu artigo 24, § 8o, inciso IV:

“Veda, quando os conselheiros forem representantes de professores e diretores ou de servidores das escolas públicas, no curso do mandato:
a)           exoneração ou demissão do cargo ou emprego sem justa causa ou transferência involuntária do estabelecimento de ensino em que atuam

Não há dúvidas, nem possibilidades de interpretações filosóficas. O conselheiro do Fundeb é inamovível, ou seja, não pode ser removido da unidade escolar na qual atua, no meu caso, o Colégio Municipal Rui Barbosa.

No remanejamento realizado ontem pela Secretaria Municipal de Educação, apresentei aos representantes do Departamento de Recursos Humanos e ao Departamento Jurídico a legislação em tela e a documentação que prova minha eleição e atuação como representante do dito Conselho. Mesmo assim, a vaga ara continuar na escola me foi negada.

Tentamos durante todo o dia, em conversas com representantes dos dois departamentos e do gabinete da Secretária, apontar o equívoco e a injustiça clara que estava sendo cometida, a fim de que o erro pudesse ser reparado sem a necessidade de ajuizamento de processo administrativo, a ser protocolado na própria Seme, ou procedimento jurídico, tendo em vista o mesmo fim.

Lembre-se ainda que o processo 0004344-35.2013.8.19.001, na Primeira Instância, agravado pela prefeitura e tornando-se o processo 0016205-51.2013.8.19.0000, no Tribunal de Justiça, continua em curso. Eles referem-se à disputa do ano passado sobre o mesmo assunto, tendo sido a prefeitura derrotada por duas vezes, e a justiça me garantido a vaga no Colégio em questão. Na ocasião, o Ministério Público reconheceu a perseguição política, motivada pelas minhas análises sobre o atual governo, tendo a promotoria, inclusive, concordado que minhas críticas à administração municipal eram justas:



Ora, se o processo ainda está em curso, se ainda não foi transitado em julgado, os direitos por ele conferido precisam continuar em vigor. Ou seja: é mais um argumento que obriga a minha permanência no Colégio Rui Barbosa.

Qual será o medo de deixar-me lecionar na referida unidade escolar?

Hoje tentaremos um novo agendamento de conversas com o gabinete da Secretaria Municipal de Educação. Caso não haja sucesso, a partir de amanhã, recorreremos, ao mesmo tempo, às medidas administrativas e jurídicas para garantir nosso direito. E então aproveitaremos para relatar muitos outros detalhes estranhos e, digamos, inusitados do processo de remanejamento, iniciado ontem.

Mais uma vez, a prefeitura de Cabo Frio, via Secretaria Municipal de Educação, está dando um tiro no próprio pé, podendo prejudicar o bom início do ano letivo no Colégio Rui Barbosa, sem a menor necessidade, ou talvez, apenas por uma mera incompatibilidade política.

#Boa
O investimento anunciado por Pezão para Cabo Frio ontem,no auditório da prefeitura, chega a quase 80 milhões de reais. É o maior montante do Programa Somando Forças para uma cidade na região dos lagos.

#Boa II
A grana vai ajudar no asfaltamento de ruas e outras obras de infraestrutura em bairros da periferia da cidade, como Reserva do Peró, Monte Alegre, Jardim Peró e Guriri.

#Boa III
A postura do vice-governador Pezão e do deputado Janio Mendes em relação ao convênio mostram que é possível e necessário superar as diferenças políticas em prol da população. Ganha o povão. É assim que se faz.

#Estranho
É muito estranha a postura da prefeitura de Cabo Frio em relação ao estacionamento do Posto da Praia do Siqueira e o estacionamento do Salinas Grill. Cada hora é uma obra que se inventa no local, que tem seu decreto de desapropriação questionado pelos proprietários na justiça. O processo está no TJ, segunda instância, Rio de Janeiro.



#Estranho II
Nem o valor mínimo da desapropriação foi depositado Já se quis fazer uma baila de ônibus, quase fechando a saída do posto. O DER-RJ proibiu. Agora a ideia é fazer uma espécie de jardim, com o mesmo objetivo.



#Estranho III
Nem precisa dizer, mas lá vai: existe um problema político entre o grupo do governo e os proprietários do posto desde os anos 90, quando os mesmo foram a primeira empresa a trabalhar com GNV na cidade e receberam certas propostas da prefeitura para oficializar a licença. Além do mais, os donos do estabelecimento têm posição política definida na cidade. E não é a favor do grupo político governista.

#Resposta
Nossa denúncia ao Ministério Público sobre as irregularidades nessa obra, foi parcialmente acolhida, o que pode ser comprovado pela notificação MAC 153/2013 referente ao processo MPRJ 201301313043. No dia 16 de dezembro de 2013, o órgão deu retorno ao nosso pedido, remetendo os autos para a 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo de Cabo Frio “por se tratar de supostos atos de improbidade praticados”.

#Liberou
A prefeitura de Cabo Frio pagou a subvenção do carnaval no dia 29, quarta-feira Os desfiles começam dia 7 de março. Precisa dizer alguma coisa?

#Pecado

E os desfiles de carnaval deste ano acontecerão em plena Quaresma. Os cidadãos mais religiosos já estão fazendo chover e-mails para o nosso blog. Que coisa.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

OUVIDORIA - Diretor Financeiro do Ibascaf responde questionamento sobre processo de pensão.


Senhor Rafael, 
 
Informamos que o processo referente a pensão pelo falecimento do doutor José Aurélio Ribeiro de Castro foi indeferida pela administração anterior, no ano de 2010, e, atualmente, está sob criteriosa análise do corpo jurídico do IBASCAF, em face da complexidade que apresenta.
 
Atenciosamente,
 
Valtenci Silveira
Diretor Financeiro do IBASCAF

COMENTÁRIO: Sr. Valtenci, nosso blog agradece mais uma vez o retorno e os esclarecimentos. Esperamos que os dados ajudem o cidadão que nos procurou ontem (CLIQUE AQUI E ENTENDA O CASO) a solucionar seu problema.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

EDITORIAL - A síndrome de Aline.


É impressionante a quantidade quase diária de assassinatos ou tentativa de assassinatos que temos acompanhado em Tamoios nos últimos sete dias. 

E com um detalhe que chama atenção: a utilização da faca como arma em todos eles.

O objeto, considerado "arma branca" pela linguagem coloquial criminal, é largamente utilizado em regiões com maior incidência de conflitos conjugais, passionais, motivados pela ingestão de álcool, bem como nas regiões mais afastadas dos grandes centros urbanos e do acesso (financeiro ou logístico, seja ele legal ou ilegal) a armas de fogo.

O quadro não combina, de maneira completa, com a realidade de Tamoios, apesar de se configurar em alguns pontos específicos do distrito, no qual grassam as dificuldades econômicas e sociais sabidas.

É preciso, portanto, agir em duas frentes: primeiro, tentar entender o fenômeno. Coincidência? Resposta a problemas sociais? Consequência migratória ou de conflitos com a empregabilidade?

Em segundo lugar, e, baseados no primeiro, agir. O governo do estado precisa participar da discussão e se movimentar a respeito, buscando a melhor estratégia para solucionar os casos, conscientizar a população e evitar novos incidentes - o que não parece ser simples, posto ser quase impossível evitar que ao menos uma entre quase 60 mil pessoas do distrito, ou entre toda a população estadual, leve uma faca consigo e a use contra quem quiser.

O problema da violência e da segurança pública em determinadas localidades será tema mais do que relevante para os postulantes ao governo fluminense nas eleições deste ano. Debatê-lo com seriedade e buscar soluções com coerência pode ser decisivo.

Bom dia!


...


#Pisando
O vice-governador Pezão (PMDB) vai rodar a região dos lagos hoje. O objetivo é a assinatura com vários municípios do Protocolo de Intenções do Programa Somando Forças, que foca em obras de infraestrutura.

#Pisando II
Às 9 horas, o compromisso é em Macaé com o Prefeito Aluizio (PV). Na oportunidade, Pezão vai aproveitar para assinar o convênio do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos – na cidade. O evento ocorre no Centro de Convenções.

#Pisando III
Às 10 horas é a vez de Rio das Ostras e o encontro com Sabino (PSC) será na Câmara Municipal da cidade. Às 11h é a vez de Casimiro de Abreu e o prefeito Antônio Marcos (PSC) no Pavilhão de Esportes. Às 12h, a visita é em Búzios, no INEFI, na Rasa.

#Pisando IV
Às 13h, como não poderia deixar de ser, Pezão, o deputado Janio Mendes (PDT), que acompanhará o vice-governandor por toda a região, e o prefeito Alair Corrêa (PP) se reúnem com outros presentes para assinatura do protocolo. Na programação oficial, o local consta como...a própria prefeitura (Praça Tiradentes).

#Finalmente
São Pedro às 14h, também no gabinete de Chumbinho (PT) e Iguaba Grande, às 15h, no salão da prefeitura, com Grasiela Magalhães (PP), encerram a jornada.

#Detalhe
Todos os prefeitos da região forneceram os números de seus telefones para eventuais contatos com a equipe de organização da visita. Menos um. Um doce para quem adivinhar quem foi.

#Detalhe II
O encontro das 13h, como já adiantamos ontem, pode ser apenas o primeiro de uma série de constrangedoras reuniões. É que o PP, de Dornelles, indicará o vice de Pezão em sua candidatura ao governo do estado neste ano. E há quem diga que o próprio Senador virá na chapa.

#Esclarecendo
O papo de que a prefeitura não poderá contratar enquanto “divulgar um cronograma para convocação dos concursados” precisa ser questionado. A decisão da Comarca de Cabo Frio é de, após passarem os autos pelo Ministério Público, determinar o prazo de 48 horas para a imediata convocação dos concursados.

#Esclarecendo II
Ou seja: publicar um cronograma largo e longo será descumprir a ordem judicial e retardar a situação, a fim de somente contratar em meados ou fim de fevereiro, economizando uma boa grana enquanto os alunos ficam sem aulas. Colocar a culpa desse retardo na decisão de justiça, assim, será conversa para boi dormir. Pronto, falei.

#Esclarecendo III
Se tudo der certo como o planejado, a decisão da justiça será cumprida, os concursados convocados, lotados nas escolas, e o ano começando com todos os professores – concursados e contratados em sala: e recebendo integralmente por isso.

#Detalhe
Segundo conversas da Professora Denize Alvarenga na Secretaria de Educação ontem o número de convocados do concurso girará em torno de 150. Média de 10 por disciplina.

#Cotados
Pedro Fernandes (SDD)  e Índio da Costa (PSD) deverão ser os nomes, respectivamente, das pastas de Assistência Social e Meio Ambiente do governo do estado, no lugar dos petistas Zaqueu Teixeira e Carlos Minc. Índio se reuniu ontem com o partido para fechar ou não o apoio a Pezão, e teve o deputado André Corrêa como grande incentivador da ideia.




OUVIDORIA - Pedido de esclarecimento sobre aposentadoria pelo Ibascaf.


Um leitor nos enviou e-mail ontem pela manhã, pedindo para não ser identificada. Na abordagem, o cidadão critica o famoso caso da aposentadoria rapidamente obtida pelo prefeito de Cabo Frio no Ibascaf (tenho todo o processo em cópias comigo), em contraponto com o caso do da esposa do falecido Dr. José Aurélio Ribeiro de Castro, cardiologista.

Sua consorte estaria lutando desde 2010, época de seu falecimento, pelo recebimento da pensão a que faz juz. O processo, ao contrário do exemplo acima citado, não chegou a termo até hoje.

COMENTÁRIO: O sr. Valtenci, Diretor-Financeiro do Ibascaf, tem lido constantemente e sido solícito aos apelos e críticas deste blog, sempre respondendo, com dados e informações relevantes, aos questionamentos levantados. Peço mais uma vez o auxílio nesse caso, verificando tanto a veracidade da informação quanto apresentando uma possibilidade de solução salutar para o caso.


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

EDITORIAL – Reflexões sobre uma liderança.


A Cabofriense, com a vitória de ontem sobre os reservas do Botafogo, assumiu a liderança do campeonato estadual. E o que isso quer dizer?

Muita coisa.

Em primeiro lugar, não me cabe aquele sentimento mesquinho de quem torce contra um time da cidade só por causa de suas relações com o governo municipal e o grupo político que o comanda, em relação ao qual faço oposição. Ao contrário, torço e sempre torcerei para que o nome da nossa cidade seja divulgado para todo o país, atraindo investimentos dos mais variados tipos. Torço e torcerei sempre para que nossa população tenha opções de lazer, especialmente as ligadas ao esporte. É bom para a autoestima e para a convivência social da nossa gente.

Nesse sentido, fico feliz com o bom início de campeonato do clube, e torço para que avance na competição.

O problema, na verdade, é outro.

Não podemos jogar o bebê fora junto com a água do banho, como se diz. É preciso manter o que é bom, e não romper totalmente com um projeto só por causa de seus erros. A Cabofriense, assim, a meu ver, deve e deverá sempre receber amparo do poder público em qualquer governo. A questão é que, em primeiro lugar, o clube não pode receber subvenção da prefeitura e ter um presidente que é secretário municipal. Isso é, no mínimo, incoerente. E não sei se é ilegal. Mas parece.

Em segundo lugar, a ideia é (ou deveria ser) que o poder público ajude a equipe a sempre avançar no campo das parcerias com a iniciativa privada. Assim como no carnaval as subvenções deveriam ser um estímulo para a gradual independência financeira, uma ajuda momentânea (e que deveria ser reduzida anualmente), também no caso da Cabofriense isso deveria ocorrer. A parceria com o Banco BMG aponta para esse universo. Mas ainda é preciso evoluir.

Em terceiro lugar, a velha questão que tratamos neste blog: as prioridades sociais, ou melhor, a ausência delas. Dizer que é incoerente investir milhões no futebol e na obra da orla, ao mesmo tempo em que se abandona a periferia aos buracos, às filas e à falta de medicamentos, seria lugar comum e repetição desnecessária. E para não dizer que somente reclamamos sem apresentar horizontes, por que não fixar um repasse percentual obrigatório do gasto com determinadas políticas públicas para as áreas essenciais, como saúde, assistência social e educação? 

A cada milhão gasto na orla ou no futebol, teríamos uma quota, quem sabe, de 30%, de outra rubrica orçamentária, obrigatoriamente a ser investido para a periferia da cidade.

Quem sabe um dia?


Então...bom dia!

...


#Finalmente
Com a escalação dos três melhores estrangeiros do elenco (Martín Silva, Aranda e Montoya), o Vasco finalmente mostrou a que veio e goleou o Friburguense. Até Edmilson jogou bola. Vai dar trabalho.

#Magno
Ao contrário do que se tem dito, o advogado Carlos Magno não foi o defensor do ex-prefeito Marquinho Mendes no processo que lhe deu, na sexta-feira, uma liminar vitoriosa contra a apreciação de suas contas pelo TCE-RJ.

#Magno II
Estêvão da Silva Jardim Botas, que foi o advogado da campanha de Miguel Jeovani (PR) em Araruama, em 2012; e Tathyana Lopes Alves foram os procuradores de Marquinho na disputa judicial.

#Magno III
Mas Magno ainda continua sendo “o cara” do direito eleitoral na região dos lagos. E também entende de cerveja.

#Viajando
A presidenta Dilma começou ontem uma visita a Cuba, onde participa da inauguração do Porto de Mariel e da II Cúpula da Comunidade dos Estados Latinoamericanos e Caribenhos (Celac).
  
#Descaso
Uma moradora do bairro Vila do Sol teve problemas com o atendimento de sua filha no Hospital da Criança. Os próprios funcionários afirmaram, na ocasião, que o estado da unidade era ruim: o ar condicionado não funcionava, por exemplo. Digno.

#Decisão
Um dos pais de alunos do Jardim Esperança deixou comentário em nossas postagens, dando conta de que a escolha popular do local da Escola Municipal Patrícia Azevedo não teria sido tão popular assim. Será? E-mails para o blog.

#Esperança
Muitos deputados federais estão se organizando para derrubar o veto da presidente Dilma à lei que permitiria a criação de 269 novos municípios, entre eles, o de Tamoios. Será preciso muita articulação para dar certo. Mas é possível. Ainda mais em ano de eleição.

#Demitidos
28 de fevereiro é o último dia do PT no governo Cabral. A saída seria 31 de março. No dia 17 de janeiro, o partido realizou evento no Sindicato dos Bancários, comunicando que sairia antes: 28 de fevereiro. Avisado do evento meia-hora antes por e-mail, o governador reagiu, enviando também um e-mail para o presidente estadual do PT, Washington Quaquá para anunciar que exonerará os cerca de 700 petistas do governo já na próxima sexta-feira.

#Demitidos II
Os secretários estaduais Carlos Minc e Zaqueu Teixeira também estão na lista. Assim, Robson Leite e Cida Diogo voltam à suplência.

#Demitidos III
Solidariedade (SDD), PDT e PSD disputam as vagas.

#Demitidos IV
O Solidariedade teve seu diretório estadual organizado por Lindbergh (PT). O problema é que o presidente nacional da legenda, Paulinho da Força (SP) esteve com Cabral na semana passada e saiu anunciando que o partido vai apoiar Pezão (PMDB).

#Chapa
O PP de Dornelles indicará o vice de Pezão. Se o acordo das secretarias sair, Cabral elimina as sombras de Sandro Mattos (PDT), Rosa Fernandes (SDD) e Índio da Costa (PSD), que também querem mandar nas Laranjeiras.

#Situação
Se toda essa costura se concretizar, o prefeito Alair Corrêa (PP) e o vereador Aquiles Barreto podem ficar em situação constrangedora. O primeiro teria de subir no palanque de Cabral, que já foi eleito pelo governante municipal como seu maior inimigo. Já Aquiles faria parte da coligação de Pezão, mesmo sendo o principal nome de Lindbergh na cidade.

#Salvação
O acordo com o SDD pode melar. Mas com o PP, é quase impossível.

#Chega
Mais uma morte por facadas em Tamoios, na noite de sábado para domingo. Já chega. É hora das autoridades policiais e do governo do estado fazerem algo de (muito) concreto na região. Chega de discurso. 

#Descanso
O deputado federal Chico Alencar (Psol) passou este fim de semana em Arraial do Cabo. O parlamentar não quer aceitar a ideia de alguns companheiros de partido sobre sua candidatura à presidência da república. Chico gostou da Câmara.

OUVIDORIA - Leitor do blog analisa crise da saúde municipal.

Enquanto a minúscula S.P. da Aldeia, que paga aos seus médicos o mesmo salário de Cabo Frio, mantem o Pronto Socorro aberto para atendimentos de emergência, mesmo após a abertura da UPA.

Enquanto o Município de Macaé, que paga aos seus médicos um salário superior ao de Cabo Frio, possuiu diversos pontos de atendimento de emergência além da UPA lá instalada.  

Enquanto o Município de Rio das Ostras que possui seu Pronto Socorro inaugurará uma UPA no início de Abril, sob administração Municipal, sem fechar o Pronto Socorro que conta diariamente com uma equipe de 15 médicos, incluindo as especialidades de Cirurgia Geral, Cardiologista, Otorrinolaringologista, Ortopedista e Oftalmologia com equipamentos próprios e em perfeitas condições de uso para os especialistas, além dos serviços de Laboratório, RX,  Tomografia Computadorizada e Ultrassom para atendimento IMEDIATO das emergências.


O Município de Cabo Frio, o “pobre” Município,  conta somente com a UPA, pois Alair nega-se a abrir o Pronto Socorro do HCE, sobrecarregando assim o atendimento de emergência da UPA, inclusive transformando aquele local em  ponto de referência para o atendimento de traumas  trazidos pelo Corpo de Bombeiros.  Obviamente, a UPA não é local para isto nem possui equipamentos e médicos para tanto.  Mas afinal gastar dinheiro com saúde para que ?  Dinheiro é necessário para o foguetório.  De resto é mais fácil colocar um secretário de saúde que entende de sorvetes e nada mais, para que não hajam contestações, e um subsecretário que limite-se a assinar sem opinar.  Basta que seus portariados e agregados políticos consigam atestados frios e exames complexos desnecessários, obtidos por interferência e intermediação da Diretora Administrativa para poder dizer que na saúde está tudo bem, e publicar falsos agradecimentos no facebook.  Para o que não dá certo, basta culpar os médicos e a enfermagem, uma cambada de incompetentes e inúteis.  Assim é fácil, né ?