sábado, 30 de novembro de 2013

Buraco enorme no asfalto da Estrada do Guriri atrapalha motoristas, moradores e pedestres.
A cratera toma quase toda a pista, levando os motoristas a terem de usar a contramão da estrada para poder trafegar, como mostra a foto.


Enquanto isso, no Riala e na orla da Praia do Forte...vai tudo muito digno,obrigado.

Imagens desta sexta-feira.


Caminhão de mantimentos capota na altura da Rasa, em Búzios. Populares fazem a festa. Por volta de 16h.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

EDITORIAL – “A chuva cai, a rua imunda...”


Nada mais proporcional, apesar do atraso, do que entoar a velha e irônica canção de aniversário algumas semanas após o 13 de novembro, quando nossa cidade comemorou mais um ano envolto em inaugurações orlas milionárias, enquanto as chuvas castigavam os velhos asfaltos das periferias abandonadas.

O descompasso entre povo e glamour, entre uma externalidade pomposa e uma interioridade caótica, entre uma saúde e uma educação sofríveis, paralela a uma propaganda bem feita, denotam, exatamente, o que é a gestão municipal de Cabo Frio hoje.

Se na semana de 13 de tivemos o aniversário da cidade ideal, na semana seguinte, as águas de novembro celebraram e chamaram a atenção par a vida da cidade real: famílias envoltas em águas, ruas esburacadas e tudo mais.

Como aquele banho que lava as maquiagens e revela as reais impurezas de um corpo, nossa cidade expõe suas mazelas para quem quer que queira vê-las. E até para os que fingem não enxergá-las.

Nesse sentido...parabéns Cabo Frio.


Boa tarde!


Reprises:

Quintas-feiras
11h

Sábados
17h

Domingos
9h

Segundas-feiras

15h

É HOJE!!!


#Orla
É impressionante a velocidade de construção dos chalés do Riala Parque. A foto abaixo acabou de ser tirada nesta manhã de sexta-feira, 29 de novembro, e mostra a evolução dos trabalhos. Já há várias unidades, inclusive, coloridas, por enquanto, com as cores azul e amarelo. Coincidência?




#Orla II
Se compararmos com esta outra foto abaixo, tirada há um mês, exatamente no dia 25 de outubro, perceberemos que a construção tem caminhado a passos largos.


#Detalhe
As obras dos chalés no Riala Parque começaram no início do ano, pouco após a posse do novo governo municipal e junto com as obras da nova orla da Praia do Forte.

#Contraste
Enquanto isso, a cada doze ruas da cidade, onze estão esburacadas. Isso sem contar as praças destruídas e os remédios ausentes. Bem digno.

#Bomba
Uma grande bomba está para estourar, aliás, no setor de obras da cidade. O CREA-RJ e o Procurador do Município, Dr. Marcos Menezes, já sabem.

#Ilegal
Por falar nisso, estive ontem com o Procurador de uma das cidades de maior orçamento do estado do Rio de Janeiro. Ele me garantiu que o pagamento dos salários dos servidores a cada dois meses, e não mensalmente – como disse ser possível acontecer no ano que vem o prefeito de Cabo Frio devido à “crise financeira” – é manifestamente e indiscutivelmente ilegal.

#Água
E continua o abastecimento de uma importante secretaria municipal da cidade com água “desviada”. Pode isso, doutor?

#Bené
E o Caso Bené continua. Na última quarta-feira, o próprio Benedicto (“o autêntico”) nos enviou um direito de resposta, que, na verdade, foi mais uma nota de repúdio. Bené rechaça e discorda da versão do Secretário Dirlei Pereira sobre o caso, apresentada a mim e a lideranças de quatro sindicatos da cidade (Agmcf, Sindicaf, Sepe e Sindsaúde) na tarde de sexta-feira, dia 22 de novembro.

#Bené II
Na ocasião, o coletivo decidiu pelo agendamento de uma acareação entre Dirlei e o advogado de Bené, Luiz Cláudio. A acareação foi solicitada pelo próprio Dirlei. A quantas ficou esse agendamento?

#Bené III
E a OAB? A representação ao órgão foi protocolada pelo advogado Luís Cláudio há cerca de 20 dias. Houve movimentação? Chamada do advogado Rodolfo Bandeira para prestar esclarecimentos?

#Bené IV
Hoje ao final da tarde estarei entrando em contato com as diretorias do Sindicaf e da OAB para cobrar essas ações. O caso não pode e não irá ficar esquecido. Afinal, quem tem interesse em atentar contra o servidor municipal?

#Mídia
Nesta quarta-feira tivemos mais um Programa Rafael Peçanha ao vivo na Litoral News, Canal 11, onde recebi meus queridos amigos Fernando Pinto, Nazareth Moraes e Leandro Corrêa. O papo não poderia ser diferente: samba, carnaval e Gastronomia no Samba. Como sempre, os convidados ficaram à vontade para soltar o verbo.

#Mídia II

Em breve, lançaremos nosso canal no You Tube, no qual ficarão disponíveis nossos programas de TV e na Rádio Sucesso FM 88,7, onde estou junto à minha amiga Fernanda Carriço todas as segundas-feiras, com a coluna Papo de História. Aguardem.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013


Direito de Resposta


Preliminarmente não tenho publicado nenhuma nota pedindo direito de resposta diante das  ofensas que eu e meu advogado  sofremos em duas notas de esclarecimento feitas pelo  ilustre Secretário de Saúde, justamente para não atrapalhar as investigações da OAB, 126 ª DP e o Poder Judiciário, logo, uma nota publicada no dia 25/11/2013 no blog do Prof. Rafael Peçanha, logo, sinto – me achincalhado, logo, tenho a obrigação de trazer a verdade real dos fatos.

Mais uma vez o ilustre Secretário de Saúde, ora, Dirlei Pereira da Silva faltou com a verdade quando ele alega que eu fiz contato telefônico com intuito de conseguir  ajuda jurídica do Procurador do Município, ora,  eminente Dr. Marcos Teixeira Menezes para extinguir os processos contra o PCCR E contra  as nomeações do concurso de 2009.

Pasmem, senhores internautas o “caso bené” veio átona no dia 27 de outubro pelo Blog do Professor Rafael Peçanha, logo, no dia 28 contratei meu advogado o Dr. Luiz Claudio Faria de Souza, logo, o que o ilustre Secretário de Saúde, ora, Dirlei Pereira da Silva declarou sobre mim na reunião com os sindicalistas no dia 22/11/2013 é uma falácia.

Para corroborar  matéria publicada no jornal Folhas dos Lagos na página 05 dos dias 23 e 24 de novembro só fortalece o objetivo que era de declarar a nulidade do PCCR  e o certame público de 2009. Como não conseguiram, logo, o PCCR é o vilão no corte do orçamento, ou seja, nos dias 16 e 18 de janeiro ingressaram com as ações já prevendo que o PCCR iria causar dano na administração pública.

Quanto à acareação só faço judicialmente, a não ser que o ilustre Secretário de Saúde, ora, Dirlei Pereira da Silva venha retratar – se, já que ele mesmo comparou – se as personagens bíblicas, logo,  a bíblia ensina pedir o perdão.

Atenciosamente,

O autêntico  Benedicto das Neves Ribeiro.


26/11/2013

terça-feira, 26 de novembro de 2013

EDITORIAL - Ritmo de festa.



Aproxima-se o fim do ano letivo, e, consequentemente, o final do ano civil. O clima de descanso e festa se articula junto às mentes dos que trabalham em busca do merecido repouso.

Mas a cidade não pode parar e o momento de tranquilidade não deve se estender à militância política citadina. Há muito a ser cobrado e há muito a ser feito.

Férias sim, mas não da cidadania.

Bom dia!

Entrevista ao Programa Sidnei Marinho: é hoje, a partir de 9h40min.



#Fora
O Ministério Público decidiu pela inelegibilidade do prefeito de Maricá, Washington Quaquá.

#Fora II
O interessante é que o prefeito acabou de ser eleito presidente do diretório estadual do PT no Rio, neste domingo.

#Dentro
Já sua esposa, Zeidan, assumiu mesmo o diretório municipal de Maricá.

#Cancelou
Os membros do movimento de emancipação de Tamoios alegaram ameaças e pressões para não realizar o protesto de ontem que fecharia a ponte de ligação entre o distrito e o município de Casimiro de Abreu.

#Cancelou II
As denúncias precisam ser apuradas. São graves e merecem investigação. Se forem verdadeiras, quem teria tanto interesse assim em bloquear esse tipo de protesto?

#Gato
Uma importante Secretaria tem sua sede abastecida por água desviada de outra ligação. É o que defende uma denúncia recebida pelo nosso blog.

#Gato II
Essa coisa de roubo de água é mesmo comum, infelizmente. Quem não se lembra daquela denúncia que fizemos acerca de uma escola em Tamoios que tem água roubada pela vizinha todo domingo?

#Merecido
A atriz Fernanda Montenegro ganhou na noite desta segunda-feira, em Nova York, o prêmio Emmy Internacional na categoria de melhor performance feminina, por seu papel como Dona Picucha no especial de fim de ano da TV Globo, "Doce de Mãe", na 41ª edição da premiação. Merecido.

#Moleza

Tudo que está acontecendo de ruim na cidade é culpa do governo passado. É a defesa de alguns secretários e presidentes de autarquias em Cabo Frio. Assim é mole governar: quase um ano e o governo anterior continua governando?

OPINIÃO - Por Ricardo Varella.

Uma Reflexão 

O cidadão quando assume uma posição de comando em uma pasta no Poder Público, deve acima de tudo ter a noção exata da probidade e da competência administrativa para gerir esta pasta, levando em conta muitos fatores, inclusive o político que não pode interferir no funcionamento desta estrutura. 

Deve-se com pulso firme levar a frente sua missão, ainda mais quando o em torno depende de suas decisões e atitudes. Deve-se coadunar a prática ao discurso, que não pode ser diferente da verdade, e não pode se perder sobre o risco de cair no descrédito de quem acreditou em sua potencialidade, ou apenas se deixar envolver nas névoas mais obscuras do Poder. 

Cabe a ele, o gestor, montar uma equipe técnica com profissionais habilitados e capazes para lidar com a máquina pública administrativa, por muitas vezes entrevadas pelo próprio desconhecimento dos funcionários que compõem esta estrutura contudo isto pode explicar, mais não justifica a inoperância ou, o fatos das coisas não estarem acontecendo. 

A Autoridade maior do Executivo, quando monta seu quadro de gestores para cada pasta, espera, competência, lealdade , agilidade e acima de tudo resolutividades aos diversos problemas que surgem no dia a dia.. A Responsabilidade é do Gestor , que deve ou pelo menos deveria, ter tido a visão de como as coisas acontecem e não se permitir, que simplesmente elas estejam acontecendo a Deus dará, como se este Gestor tivesse a isenção do que ocorre a sua volta. 

Tem que se estar ligado em todas as pontas do funcionamento da máquina administrativa, seguindo sempre a orientação de quem o nomeou. É simples se aceita ou não. Assume ou não as consequências do próprio cargo e do poder que exerce. É uma escolha, simples assim. O pior de tudo é que sempre acham que quem esta de fora não esta acompanhando, ou desconhece estes funcionamentos administrativos. 

Os tempos mudaram, todos estão ligados no que acontece a sua volta em tempo real. Por exemplo o que são feitos dos empenhos quando uma ação depois de ser oficialmente autorizada pelo governo e em seguida cancelada? Ou simplesmente a contratação de empresas, sem a justificativa legal, da lei de licitações? É apenas uma reflexão que talvez ajude a quem precisar. Os tempos são outros. TOLERÂNCIA ZERO, para os desmandos públicos. 

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

EDITORIAL - (Quase) tudo está no seu lugar.



Após a atitude do Secretário de Saúde Dirlei Pereira em relação à minha pessoa e à espera da prometida nota de esclarecimento (vide postagem abaixo), posso dizer que quase tudo está no seu lugar.

Falta "apenas" o principal: solucionar o misteriosíssimo Caso Bené.

As questões referentes a nós sempre são relevantes, e, quando esclarecidas de fato, mais importantes ainda.

Mas há algo maior: a cidade, o povo, nossa gente, e, especialmente, nosso trabalhador: o servidor público municipal.

Assim, se as coisas ficaram (ou ficarão) melhor esclarecidas em relação à nossa postura - e isso é bom - melhor será quando tudo ficar claro em relação a mais esse atentado contra o trabalhador de Cabo Frio.

Seguiremos no encalço dos mandantes. Sem descansar.

Bom dia!

CASO BENÉ - Novo capítulo, a saga continua: Dirlei Pereira se reúne com líderes sindicais e apresenta sua versão.

Na sexta-feira, por volta das 17h, estive reunido com os representantes sindicais que, desde o início acompanham comigo o que ficou conhecido como Caso Bené

No coletivo, estavam presentes lideranças do Sepe, do Sindsaúde, da Associação dos Guardas Municipais e do Sindicaf.

A reunião foi solicitada pelo Secretário de Saúde, Dirlei Pereira, que, obviamente, também compareceu.

O Caso Dirlei x Rafael Peçanha

Ainda em Macaé, saindo do trabalho, recebi a ligação de Olney Vianna, presidente do Sindicaf, me convidando para a reunião. Pude chegar com a conversa já iniciada. 

Nesse meio tempo, os líderes sindicais apresentaram a Dirlei o meu real papel no caso, numa defesa veemente e coletiva de minha atuação, em posicionamento bem diferente da interpretação que o Secretário havia apresentado à população em blogs da cidade e no programa televisivo do comunicador Sidnei Marinho no dia 14 de novembro.

Naquelas ocasiões, Dirlei havia me acusado de ser o mentor e mandante de um esquema político da oposição contra ele, cujo objetivo seria prejudicá-lo por ter assumido a pasta da saúde no município. Assim nessa interpretação, eu estaria "mancomunado" com o advogado de Bené, Dr.Luiz Cláudio, a fim de manchar a imagem do Secretário, acusando-o do crime de falsidade ideológica.


Baseando-se na interpretação da palavra "combinado", que utilizei várias vezes em postagens no blog acerca do caso, Dirlei manifestou publicamente a intenção de me processar, inclusive, anunciando a eleição do renomado advogado Técio Lins e Silva para o trabalho. Em resposta num dos editoriais deste blog, manifestei também a intenção de processar Dirlei pelas acusações que havia me feito e pelos termos utilizados para se referir à minha pessoa nas citadas ocasiões.

Diante das falas dos sindicalistas, Dirlei me pediu perdão frente aos presentes e depois individualmente, ao final do encontro. Ele reconheceu que se equivocou na interpretação que havia feito em relação a mim. Após a fala, pedi ao Secretário que publicasse nota esclarecendo o equívoco. Dirlei se comprometeu a fazê-lo, afirmando já haver decidido nessa direção antes mesmo de meu pedido.

Na oportunidade, pude dizer pessoalmente ao Secretário que me senti realmente ofendido pela acusação feita por ele na imprensa. Entretanto, a partir do seu reconhecimento e seu pedido de perdão a mim, considero este um caso encerrado e esclarecido, aguardando apenas a publicação da sua nota de esclarecimentos, que, certamente, será uma promessa cumprida. Foi muito bom poder deixar tudo às claras pessoalmente, olhos nos olhos. Mas não descansarei enquanto ainda houver um outro caso, muito mais sério, para ser resolvido: o Caso Bené.

Por várias vezes, falei sim sobre o tal "combinado", que, na verdade, foi firmado entre mim, os líderes dos quatro sindicatos, a OAB, Bené e seu advogado Dr. Luiz Cláudio, numa reunião pública em 30 de outubro, na sede do Sepe-Lagos, quando decidimos coletivamente as medidas a serem tomadas sobre a situação: a representação na OAB; o pedido de extinção dos três processos; e o registro de Boletim de Ocorrência na 126a D.P.. 

Assim, a partir daquele dia, decidi assumir pessoalmente o papel de cobrar todos os presentes que cumprissem suas palavras firmadas no encontro, divulgando cada ação prometida. O tal "combinado", na verdade, foi fruto de uma articulação coletiva, pública e postada, inclusive, neste blog, e não uma trama política de bastidores entre duas ou três pessoas.

Desde o início, meu objetivo sempre foi relatar os fatos e apresentar cada novidade, passo a passo, pois a população precisa saber a verdade. Tomei cuidado para não ser ofensivo a ninguém pessoalmente, nem tecer acusações antes do julgamento dos dados pela justiça. Bené, Dirlei, Luiz Cláudio, Rodolfo Bandeira e Marcos Menezes, querendo ou não, tendo influenciado ou não a situação, são e serão atores desse caso. 

Meu papel sempre foi e sempre será o de observador, noticiador e defensor da classe, na cobrança de respostas e esclarecimentos urgentes. Como servidor público municipal sindicalizado, tenho um compromisso político, histórico e social com a categoria, e não esmorecerei até que a verdade sobre esse atentado contra o trabalhador de Cabo Frio, finalmente, apareça, doa a quem doer. 


O Caso Bené - novo capítulo

Dirlei Pereira apresentou uma versão diferente da defendida por Bené e seu advogado Dr. Luiz Cláudio. 

Segundo o Secretário, Benedicto, que seria seu amigo há décadas, é que teria ligado em busca dele, na noite daquela quarta-feira, 30 de outubro, horas após a já citada reunião entre os sindicatos, Bené, seu advogado Luiz Cláudio, eu e a OAB. 

Segundo Dirlei, Bené solicitava a ele a ajuda jurídica de Marcos Menezes, Procurador do Município, para extinguir os processos contra o PCCR e contra as nomeações do concurso de 2009. Daí teriam ocorrido os encontros entre eles na casa de Bené e na Secretaria de Saúde, relatados por Luiz Cláudio nos autos dos processos e no Boletim de Ocorrência registrado na 126a D.P..

O que há em comum entre as versões é que Dirlei confirmou que Bené lhe disse de forma veemente não ter sido o autor das ações e não ter assinado nenhum dos processos. Segundo Dirlei, por isso, Bené precisava de ajuda para extinguir as ações, temendo ser criticado e até agredido nas ruas por causa de uma situação em relação a qual, em ambas as versões, o presidente da Uni-Amacaf não teria culpa. 

Dirlei pediu ainda ao coletivo de líderes sindicais, ao final da conversa na sexta-feira, que promovesse uma acareação entre ele e o advogado Luiz Cláudio, a fim de contrapor as duas versões. O coletivo voltou favoravelmente ao pedido e convidará as partes para uma reunião na próxima semana. 

Perguntei a Dirlei se, na opinião dele, alguns dos assuntos tratados na reunião deveriam deixar de ser divulgados ou relatados, por algum motivo. O Secretário afirmou que tudo o que foi debatido no encontro de sexta poderia e deveria ser postado na imprensa, conforme agora fazemos.

Comentários

Os novos fatos se somam aos anteriores e criam um emaranhado de hipóteses, fatos e possibilidades que precisam ser avaliados pela população e pelos sindicatos. 

De nossa parte, seguiremos cobrando todos os personagens para que se expliquem e trabalhem pela resolução do caso. Cobraremos Bené, Luiz Cláudio, Marcos Menezes e o próprio Dirlei para que, se explicando, ajudem a fazer com que a verdade apareça.

Seguiremos cobrando a OAB, as autoridades policiais da 126a D.P. e o Poder Judiciário acerca do andamento dos procedimentos legais sobre a situação. 

Nosso papel será o mesmo, empregado desde o início do caso: defender o servidor municipal e não cansar na busca e na descoberta, enfim, dos mandantes e responsáveis por esse golpe no trabalhador cabofriense, sejam eles quem forem e de qual lado estejam.


#Opostos
É cada vez mais forte dentro do grupo governista a candidatura de Walmir Porto (PR) para deputado federal. E é cada vez mais fraca a entrada de Dr. Paulo César (PR) no mesmo grupo, para o mesmo cargo.

#Problema
E o líder do governo, Vereador Taylor Jasmin, terá outro problema pela frente: Carolina Trindade Corrêa será candidata a deputada estadual pelo PT.

#Problema II
Assim, o nome do vereador fica em maus lençóis na busca do voto governista para o pleito.

#Oposição
Enquanto isso, a oposição na cidade segue tranquila na consolidação das pré-candidaturas de Janio Mendes (PDT) e Marquinho Mendes (PMDB) para os cargos de deputado estadual e federal, respectivamente.

#Tela
Por falar em Janio, o deputado estreia em breve seu programa em Canal no You Tube, inovando mais uma vez nas mídias virtuais.

#Medalha
E no dia 18 de dezembro, quarta-feira, no Tamoyo Esporte Clube, o deputado faz a entrega solene da Medalha Tiradentes a maior comenda do estado do Rio de Janeiro, aos agraciados que indicou.

#Adiado
O primeiro Festival de Música Católica de Tamoios foi adiado para o dia 18 de novembro. O evento será realizado na Rua Olga Coutinho, em frente a paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Unamar.

#Ponte
Por falar em Tamoios, hoje é da população do distrito fechar a ponte que liga a localidade a Barra de São João.

#Ponte II
O protesto começa às 8h e tem o objetivo de criticar o veto da presidenta Dilma ao projeto que muda o processo de emancipações no país, o que favoreceria a intenção emancipacionista da região.

#Retorno
Finalmente, após mais de 4 meses sumido da Prefeitura, retorna aos prontos-socorros de Cabo Frio o analgésico mais usado para dores abdominais.

#Retorno II
O retorno foi feito sem alarde e não foi comunicado aos médicos, conhecedores da inexistência, de forma que a prescrição não fosse feita por estes. Quando algum incauto prescrevia, era imediatamente informado pela enfermagem: tem pouco, escolhe bem para quem vai prescrever.

#Retorno III 
Boa parte do restante dos medicamentos continua desaparecida até o momento.

#Bucho
E para quem perguntou: o processo do Bucho de Ouro continua correndo. O número do processo no Ministério Público: 201300552085, protocolado em 27 de maio de 2013, às 11h27min6seg.

#Chalés
E a velocidade das obras dos chalés no Riala Parque continua impressionante. A mesma vontade não é vista em bairros como Vila do Sol e Parque Eldorado. Só a título de comparação. 

#Obra
E por falar em obra, algumas construtoras doaram em peso para a campanha do prefeito Alair Corrêa, de acordo com o site transparecia.org.br

#Obra II
A Construtora Quito Ltda. chegou junto com R$ 76.000,00. A Construtora Modular Ltda., com R$ 70.000,00. Já a Construtora Cristal Ltda - ME colaborou com R$ 20.000,00.

#Recorde

Mas a empresa que mais ajudou o prefeito a vencer as eleições foi mesmo a TRELSA, uma transportadora de líquidos da Pavuna, bairro da cidade do Rio de Janeiro:  R$ 539.850,00 em doações. 


sábado, 23 de novembro de 2013

Reprises do programa de estreia.


Reprises do programa de estreia:

Hoje, sábado, 17h.
Amanhã, domingo, 9h.
Segunda-feira, dia 25, às 15h.

Em breve, também pelo You Tube.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

EDITORIAL – O Cadáver de Botox.






Muito temos discutido neste blog a inversão de prioridades sociais da atual gestão municipal.

Assim como foi no mesmo governo dos anos 90, tudo que é externo é muito valorizado: shows, propaganda, publicidade, pompa, exibições e obras megalomaníacas de valores suspeitos.

Já a cidade por dentro, o interno, as questões de base, como a saúde, a educação, o funcionalismo, a periferia, ficam abandonados, abandonando também o povo à sua própria sorte.

Como um Cadáver de Botox, bonito e jovial por fora, o governo atual torna nossa cidade visível e apenas aparentemente feliz, acabando por deixá-la, por dentro, podre, morta, esquelética de fome, doente e moribunda, não por seus próprios méritos, mas pelo descaso dos esteticistas que a governam, pouco dados à saúde do corpo, mais preocupados com sua capa externa.

Mas é claro que, para tudo, se tem um jeito. Depende de nós.

Bom dia!






#Mantendo
Conforme já nos posicionamos em edital neste blog, há cerca de uma semana, somente falaremos sobre o Dirlei Pereira, Secretário de Saúde de Cabo Frio, nos autos processuais e nos tribunais.

#Mantendo II
Porém, o Caso Bené não ficará esquecido. Acompanharemos os passos que virão, no que tange aos esclarecimentos oriundos do Registro de Ocorrência Policial, na denúncia à OAB e nos processos de extinção processual referentes às ações populares e à denúncia ao TCE-RJ que visavam anular o PCCR e as nomeações do concurso de 2009.

#Mantendo III
Já na próxima semana, analisaremos todos os autos e manteremos o leitor informado sobre os movimentos mais recentes dessas ações.

#Detalhe
Mesmo que isso seja, para alguns, um crime. Afinal, nem todo mundo entende que informar faz parte da democracia. Mesmo porque democracia é algo que nem todo mundo gosta. E podem me processar por isso também se quiserem.

#Confusão
Nunca se viu tanta confusão em ações tão simples como se vê na atual gestão da Secretaria de Educação de Cabo Frio.

#Confusão II
Um simples edital de remoção causa um estardalhaço social: vagas não divulgadas, mudanças de datas estranhas, divulgação sombria... que coisa.

#Dia
Hoje deve ser o Dia D do Psol, no que se refere à candidatura à presidência da República. O deputado Federal Chico Alencar é o preferido do partido, mas deu o prazo até hoje para a resposta.

#Dia II
Se o deputado carioca negar, o Senador Randolfe Rodrigues (AP) será o nome dos socialistas para a disputa presidencial.

#Abandono
Todo mundo já sabe, mas não custa lembrar: o estado da Praça do Jardim Caiçara é lastimável (FOTOS). 




#Abandono II
Brinquedos com peças faltando, bancos sem encosto e grades de proteção ausentes trazeminsegurança para crianças e pais que utilizam o local.


#Abandono III
Mas a prioridade do atual governo, o Cadáver de Botox, é a Anitta, é não o Caiçara. “Simples assim”, como alguns Secretários gostam de repetir.

#Abandono IV
E nem adianta dizer que as fotos foram tiradas no século passado. Elas são do dia 10 de novembro deste ano, há menos de duas semanas.


#Chalé
Enquanto isso, continuam de vento em popa as obras para construção de chalés no Riala Parque (FOTO). As obras começaram exatamente com a entrada do atual governo municipal no poder. Legal.


#Datas
Já que o povo gosta de datas de fotos, a imagem acima é de 28 de outubro. Para ninguém reclamar, prometo tirar novas fotos da pomposa obra hoje, a fim de observar sua rápida evolução, com o objetivo de reconhecer a eficiência do governo, digo, da administração do parque, que, como todos sabem, é privado, e não recebe dinheiro público.

#Estreia
Foi muito positiva a estreia do nosso programa na Rede Litoral News, Canal 11. Com dezenas de participações no feriado do Dia da Consciência Negra, o piloto contou com sorteio de brindes, entrevistas e debates. Agradeço a todos que ligaram, curtiram e se comunicaram conosco.

#Estreia II
O programa de estreia, assim como todos os que virão, ficará disponível no Canal no You Tube que será inaugurado na semana que vem.

#Desculpas

Aproveitamos para pedir aos seguidores desculpas pela ausência de postagens ontem: efeito de um serviço de internet que possui suas falhas.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Dia 24 tem edição especial do Santo Samba - Homenagem ao Dia da Consciência Negra.


Começa amanhã o Primeiro Festival de Música Católica de Tamoios.


Dia 29 tem Gastronomia no Samba com Zé Katimba


Uma homenagem aos companheiros de Arraial do Cabo:

Bandeira da Fé
Zé Katimba e Martinho da Vila


Vamos
Levantar a bandeira da fé
Não esmoreçam e fiquem de pé
Pra mostrar que há força no amor

Vamos
Nos unir que eu sei que há jeito
E mostrar que nós temos direito
Pelo menos a compreensão

Senão um dia
Por qualquer pretexto
Nos botam cabresto e nos dão razão 

Pra lutar pelos nossos direitos
Temos que organizar um mutirão
E abrir o nosso peito contra a lei
Do circo e pão

E ao mesmo tempo cantar, sambar, amar, curtir
Só assim tem validade minha gente
Esse nosso existir 

Por isso nós vamos..

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

EDITORIAL - Qual a cor da sua consciência?


O título do editorial de hoje deu nome a uma artigo que escrevi para o Jornal Folha dos Lagos há 4 ou 5 anos. Mas as reflexões e problemas permanecem até os dias de hoje.

Celebrar a consciência dos povos afro-brasileiros deveria ser uma constante diária, especialmente, na educação. Mas não é o caso. 

Reconhecer a importância e a influência da cultura e da história africana em sua mistura com nossa identidade nacional é mais do que relevante: é essencial.

O grande desafio talvez seja, além de prolongar essa reflexão para todo o ano, perguntar aos próprios cidadãos afrodescendentes: qual a sua autoconsciência enquanto grupo? Porque celebrar o dia, o mês, o ano ou a história eterna da consciência afro-brasileira sob a ótica europeia, e não a partir da visão afro, é quase o mesmo que manter o processo de submissão africana ao velho continente - mas com toques de discurso politicamente correto.

Que este seja um dia, então, para todos os dias.

E sendo assim...

Bom dia!