domingo, 1 de julho de 2012

Novo quadro eleitoral de Cabo Frio consolida a polarização

Eleição plebiscitária
A ida de Dr. Paulo César (PSD - FOTO) para o lado da candidatura do PP deu à eleição de Cabo Frio um tom de plebiscito e de pleito americano: só há duas possibilidades viáveis de voto, com todo o respeito ao nosso amigo Cláudio Leitão (PSOL).

Eleição plebiscitária II
De um lado, o candidato do PP, que já governou a cidade por vários mandatos e teve tempo de mostrar seu modelo de gestão. Seu arco de alianças gira em torno de partidos de direita, conservadores e aristocráticos. Janio (PDT), por outro lado, apresenta uma possibilidade de um novo jeito de governar, um novo nome, não tendo sido prefeito da cidade anteriormente, tendo em seu arco de alianças partidos de esquerda e progressistas.

A polarização
De um lado, o passado, de outro, o futuro. De um lado, uma proposta mais raivosa, rancorosa, mais pesada e agressiva - vide o discurso de Garotinho na convenção do PR; de outro lado, uma proposta mais harmônica, moderna, integrada às esferas estadual e federal, mais pacífica, mais leve. É esperar para ver.

Reação
Janio, aliás, exibia um sorriso de orelha a orelha após a notícia da ida de Dr. Paulo César para o grupo de seu adversário. Muitos disseram que era tudo o que faltava para consolidar a lógica que impera na cidade desde as eleições de 1992.

E o tempo?
O cálculo do tempo de TV terá de ser refeito, pois com a aprovação do tempo do PSD, os partidos dos quais seus parlamentares saíram (na maioria o DEM) perdem tempo na medida em que perderam bancada. Só refazendo o cálculo de todas as legendas poderemos ter uma nova parcial, que será com certeza divulgada por aqui. Isso significa que o PSD leva seus dois minutos, mas outros partidos da mesma coligação perderão tempo, podendo inclusive, ficar elas por elas.

E os partidos?
Com a atual configuração, teremos Janio (FOTO) com 13 partidos e o candidato do PP com 12, tendo aquele as duas primeiras legendas com maior tempo de TV (PT  e PMDB) e este a terceira e quarta legenda com mais tempo (PSDB e PSD).

Dica
Rejeição e indecisão serão os termos decisivos para a vitória nesta eleição. Os programas de governo também serão peças essenciais nesse jogo. O voto útil poderá ser a tendência de conclusão do processo.

Maratona convencional
Janio (PDT) passou neste sábado pelas convenções do PMDB e do PT, tendo ainda pernas para a festa de São Pedro na Gamboa e para o Festival de Queijos e Vinhos no Clube Costa Azul, acompanhado de amigos e assessores como a dupla dinâmica Osmar Sampaio e Jefferson Buitrago.

Anúncio
Janio, aliás, deve anunciar o nome de seu candidato a vice na já tradicional reunião dominical de amanhã – o encontro de lideranças do grupo de apoio à sua candidatura.

Tudo certo
Dr. Paulo César foi acusado pelo candidato a prefeito que hoje apóia de ter apenas sua mãe e seu papagaio como grupo político. Silas tocou na vida pessoal do ex-prefeito em um recente momento de embate. Alfredo foi chamado de Cavalo Manco. Mas está tudo certo. Legal. E esse povo ainda quer tecer discursos moralistas sobre alianças políticas...

Engraçadinho
Um engraçadinho dizia ontem que a articulação mais difícil, mais custosa, foi mesmo com o papagaio. Sem graça...

Um comentário:

Anônimo disse...

Que deputado federal nos temos?
Como que ele vota? Quem sao seus assessores em Brasilia e na regiao?
Trabalham ou só recebem?
Qual projeto apresentado e como vota o deputado anonimo?
Só de pensar que esse mesmo deputado apoia alguem que sempre bateu para prefeito!!!
Que vergonha deputado, volte operar que vc é excelente medico se comparado a sua atuaçao como deputado oculto.