quinta-feira, 31 de maio de 2012

Grupo político do deputado Janio Mendes marca festa para comemorar tiro no pé de Alair

O grupo político do deputado estadual Janio Mendes (PDT) deve agendar uma festança hoje à noite para comemorar os dois tiros no pé dados pelo ex-prefeito e ex-deputado Alair Corrêa (PP) no dia de hoje. Janio e Alair polarizam a disputa pela sucessão municipal em Cabo Frio para 2012.

Explico:

O primeiro tiro no pé:

Pela manhã, Alair convocou coletiva de imprensa para reafirmar sua candidatura, desmentir boatos de impugnação e criticar a proposta de uma candidatura de coalizão para enfrentá-lo.

Com a atitude, Alair, mais uma vez, mordeu a isca, e demonstrou claramente que os dois assuntos (impugnação e coalizão) são os que mais o preocupam, levando-o ao ponto de convocar uma coletiva de imprensa (com cara de propaganda extemporânea), o que não havia feito até então.

O segundo tiro no pé veio à tarde – Alair divulgou a jornalistas uma pesquisa de pedido pessoal (portanto não registrada no TRE-RJ) sobre intenções de voto em Cabo Frio. 

Seu objetivo era, com os números, provar que mesmo uma candidatura de coalizão não o venceria, pois a soma das intenções de votos dos demais candidatos não daria a metade das suas ‘intenções”.
 
Alair só não percebeu outras análises a serem feitas da pesquisa. Acompanhemos o raciocínio passo a passo:

1)    O grupo de Alair dizia que a possibilidade do apoio de Marquinho a Janio, devido a obrigações com o Governador Sérgio Cabral, seria ruim para o pedetista.

2)      Esse mesmo grupo afirmava a todo momento que Jânio era terceiro colocado nas pesquisas.

3)      Nessa última pesquisa, Janio aparece em segundo lugar.

4)    Como a pesquisa foi feita após a última entrevista de Marquinho na TV, é evidente que Jânio cresceu com a possibilidade de apoio a Marquinho “chegando’ ao segundo lugar.

5)  Ou seja: o grupo de Alair sentiu o baque do crescimento de Janio e a pesquisa encomendada confirma a polarização entre os dois candidatos.

E ainda:

1)      As pesquisas encomendadas por Alair nas últimas eleições sempre colocaram seu candidato ou ele mesmo muitos pontos à frente do segundo, e os resultados da eleição sempre foram muito, mas muito diferentes.

2)      Em setembro de 2004, o IBOPE realizou pesquisa de intenção de votos em Cabo Frio e chegou aos seguintes números: 45% Marquinho x 21% Paulo César (espontânea) ; 54% Marquinho x 24% Paulo César (estimulada). A pesquisa foi registrada no Cartório Eleitoral da 96ª Zona Eleitoral de Cabo Frio, sob o número 003/2004.

3)      Resultado: 49.34% Marquinho x 43,22% Paulo César.

4)    Já em 2008, a primeira pesquisa encomendada por Alair, desta vez à Virtú Consultoria, foi divulgada pelo Jornal O Fala Sério, edição de 18 de julho de 2008, ano III, edição 42, e batia os incríveis 44% para Alair e 25% para Marquinho. Na reportagem se comemorava que Alair tinha 14 mil votos à frente da soma de todos os demais candidatos juntos.

5)   Resultado: por ironia, Alair teve, na verdade, 14mil votos a menos que Marquinho, que ganhou de lavada – 49,79% Marquinho x 36,06% Alair.

6)      A pesquisa foi registrada na 96ª Zona Eleitoral sob o número 104.

7)  A mesma pesquisa simulou diversos cenários de polarização, na disputa eleitoral. No confronto entre Alair e Marquinho, o então prefeito contaria com 36% das intenções de votos, enquanto Alair Corrêa receberia 53% da preferência do eleitorado cabo-friense. A somatória dos que se disseram indecisos/não sabem/nenhum candidato/brancos e nulos, ficou nos 11%. Ou seja: na pesquisa, a soma de Marquinho com os indecisos ainda daria menos votos do que Alair. Estranho não? Como o resultado foi diferente...

RESUMINDO:

1)      A pesquisa do grupo de Alair confirma a polarização com Janio.

2)      A pesquisa de Alair confirma o crescimento eleitoral de Janio.

3) Se o padrão das eleições de 2004 e 2008 for seguido, onde os resultados das pesquisas encomendadas por Alair, com estranhos números, se inverteram nas urnas, teremos um ótimo resultado final para Janio.

Assim, em relação ao dia de hoje, o grupo político do pedetista apenas deseja encaminhar uma mensagem ao grupo do ex-prefeito e ex-deputado:

OBRIGADO!

P.S.: E para não dizerem que os dados são boatos, todos podem ser acessados nos link abaixo







P.S.2: E os números da pesquisa encomendada por Alair ao Instituto Informa seguem abaixo (FONTE: Blog da Renata Cristiane) :



Pesquisa Espontânea (que pergunta em quem vai votar):

  • Alair Corrêa: 38,9%
  • Janio Mendes: 9,1%
  • Alfredo Gonçalves: 3,5%
  • Dr. Paulo César: 3,2%

Pesquisa Estimulada (oferece opções) com todos que se dizem pré-candidatos:

  • Alair Corrêa: 51,7%
  • Janio Mendes: 14,5,%
  • Dr. Paulo César: 9,4%
  • Alfredo Gonçalves: 6,5%
  • Silas Bento: 1,9%
  • Dr.Claudio Mansur: 0,4%
  • Claudio Leitão: 0,4%

Pesquisa Estimulada com os candidatos de maior visibilidade :

  • Alair Corrêa: 52,8%
  • Janio Mendes: 13,7%
  • Dr. Paulo César: 9,4%
  • Alfredo Gonçalves: 7,5%

Em caso de polarização entre Alair X Janio:

  • Alair Corrêa: 57,1%
  • Janio Mendes: 19,4%
  • Indecisos: 8,9%
  • Nulos ou branco: 13,5%

Preferência entre os homens na polarização:

  • Alair Corrêa: 56%
  • Janio Mendes: 21%

Preferência entre as mulheres na polarização:

  • Alair Corrêa: 57,5%
  • Janio Mendes: 17,5%

Preferência dos jovens entre 16 e 19 anos em caso de polarização Alair X Janio:

  • Alair Corrêa: 64,2,%
  • Janio Mendes: 18,6%

Preferência dos jovens entre 20 e 29 anos em caso de polarização Alair X Janio:

  • Alair Corrêa: 68,6,%
  • Janio Mendes: 14,8%

*A margem de erro de toda pesquisa é de 4,75%.


Pesquisa de consumo próprio e fins particulares encomendada pelo grupo de Alair Corrêa



quarta-feira, 30 de maio de 2012

Migalhas...

Entrevista bombástica
O radialista Ademilton Ferreira (FOTO) realizou uma ótima entrevista com o deputado estadual Janio Mendes (PDT) para o Jornal de Sábado. Na pauta, uma análise do quadro eleitoral com a decisão do governador Sérgio Cabral a favor do pedetista.


Divino comércio
Em Copacabana, camelôs já vendem por R$ 30 a camisa do Divino Futebol Clube, comandado pelo craque Tufão e seu filho Jorginho, na novela “Avenida Brasil”, da TV Globo. Isso é que é criatividade de mercado.

 
Paz e amor
Janio (FOTO) vem mantendo a postura "paz e amor", se dispondo a receber, conversar e agregar todos à sua candidatura. Tá diplomático o moço.

Gol e Tam
Divulgamos a possibilidade de fusão entre Bradesco e Santander. No dia seguinte, as empresas desmentiram o boato. Agora há quem diga que a fusão será entre Gol e Tam. Será?

Coletiva
O ex-Prefeito e ex-deputado Alair Corrêa convoca a imprensa para um entrevista coletiva em seu escritório amanhã, quina-feira às 9h.

Qual é a pauta?
Não seria um desrespeito tentar imaginar a pauta. Na minha opinião, Alair (FOTO) deve ter como objetivo desmentir as notícias sobre suas possibilidades de impugnação; reafirmar sua candidatura a Prefeito e anunciar novas alianças e acordos. Deve ser o momento do dono do Riala partir para cima, inflamar seu grupo político e chamar o nome de Garotinho como lideranaça. É a disputa eleitoral pegando fogo.

Por falar nisso...
Na lista de empreendimentos cabofrienses que receberam licença do Inea (Instituto Estadual do Meio Ambiente),  disponível no site oficial do órgão, não figura o Riala Parque. A lista completa está acessível AQUI ,basta digitar "Cabo Frio" no campo "localidade"

Por falar nisso II
O SINDICAF, Sindicato dos Funcionários Públicos de Cabo Frio, fez convênio com o Riala Parque e oferece descontos na obtenção do título para os filiados. O folder anda sendo distribuído em escolas da rede pública municipal. Que barato.

Greve à vera
A greve das universidades federais é séria e pesada. Na UFF, hoje, em Niterói, os servidores se reuniram por cerca de duas horas com discussões acaloradas e decidiram manter a greve. Departamentos estudam a possibilidade de suspender o calendário acadêmico de 2012. Aí é debandada geral.

Assentamento de protesto
Há um grupo de estudantes acampados no jardim dos Blocos O e N (cursos de história, antropologia, ciências sociais, ciência política, etc.) vigiando as movimentações para não deixar o movimento ser minado. Fora o calor, a luta continua.

Confederações no Rio
Três jogos da Copa das Confederações acontecerão no Maracanã, inclusive a final. O torneio é integrado pela disputa entre os países campeões de cada continente do planeta mais o país sede. Os ingressos serão mais baratos que os da copa. O evento acontece em 2013 e os grupos ainda não foram sorteados.

Piadinha
São Paulo não vai sediar nenhum jogo. Mas vai receber o sorteio dos grupos. Que chato...

O mudo levou a culpa do discurso
Espalharam um boato que o deputado Janio Mendes estava de olho no PTB, de Cláudio Mansur (FOTO). Agora desmentiram o deputado, afirmando que o PTB não fechará com ele. Só que ele nunca disse nada sobre o fato. Comédia total da mídai 'independente" de Alair. No desespero da vontade de bater, até mudo é culpado de discurso ruim.



terça-feira, 29 de maio de 2012

Migalhas...

Lotadas e viaturas
Uma viatura da Guarda Municipal de Cabo Frio capotou em Tamoios após perseguir um carro que fazia lotadas. O carro teria chegado a atirar contra a viatura, segundo relato dos guardas municipais, mas a perícia ainda está averiguando a informação.

Lotadas e viaturas II
O fato é que a região de Tamoios possui uma das maiores máfias de transporte irregular do estado, ligada a milicianos locais. O dado é claro no relatório final da CPI das Milícias, realizada pela Alerj. Ao que parece, a morte do Vereador Aires Bessa (FOTO), ocorrida também em Tamoios, pode ter tido relações com as milícias locais. É preciso tirar esse véu e investigar a fundo esse esquema, para que o povo de Tamoios volte a viver em paz.

Guarda Municipal sorri
Por falar em Guarda Municipal, teve muita gente sorrindo nas ruas após o deputado estadual Janio Mendes (PDT) anunciar que, se um dia for prefeito de Cabo Frio, vai implantar na cidade o plano de cargos e salários que criou para os guardas de Búzios. O plano foi unanimidade positiva entre a classe na cidade de Mirinho Braga.

Carlindinho e Chumbinho
Não é real a notícia de que o Prefeito Carlindo Filho (PMDB) e o pré-candidato de oposição Chumbinho (PT - FOTO) fizeram um acordo para a disputa do pleito desse ano. Carlindo desistiu (ou "foi desistido") da candidatura, o que fez com que o PMDB local caisse no colo do petista, ainda que a aliança ainda precise de ajustes para se concretizar. Naturalmente, funcionários e seguidores de Carlindo migrarão para a candidatura de Chumbinho ou de Paulo Lobo (PR) que irão polarizar o pleito. Disso para acordo há uma distância...

Zé que não trabalha
O presidente do PROCON-RJ José Bonifácio foi visto andando por Cabo Frio e já resolveram dizer que, por causa disso, ele não trabalha. Amanhã, Janio vai aparecer com a camisa do fluminense e dirão que ele tem um projeto de lei escondido para criar campos de concentração com o objetivo de matar torcedores dos outros times do Rio. Comédia.Tudo é motivo para bater, direta ou indiretamente, no pré-candidato Janio Mendes.

Sobre a análise do Doutor
Muito boa análise do Dr. Marcelo Paes sobre as relações entre o PDT, Brizola Neto e Cabral, mas tenho uma discordância pontual, quase um achismo: Brizola Neto (FOTO) tem galgado espaços, que, entretanto, não se consolidam antes das eleições. O novo Ministro, assim, pode até rivalizar com outra corrente do PDT, mas criar musculatura para quebrar a relação do partido com a base do governo do estado no curto espaço de tempo que precede as eleições, creio, será difícil. é apenas um pitaco.

Da série frases de efeito
Alair criticando quem se preocupa mais com processos do que com a cidade é como Ronaldinho Gaúcho dando bronca em atleta que vai para a noitada; como Deivid esculachando atacante que perde gol feito; como Demóstenes Torres presidindo a CPI do Cachoeira.

Mansur de férias
O pré-candidato pelo PTB, Cláudio Mansur, bate de frente com o governo municipal. Talvez por isso, e por causa do prazo de desvinculações do poder executivo para candidatos, tenha pedido exoneração do cargo que até então ocupava, de Diretor Jurídico da Autarquia Serviço de Desenvolvimento de Cabo Frio - SECAF, para o qual foi nomeado pela Portaria nº 103, de 19 de Janeiro de 2009. A exoneração se deu com a portaria 8.448, de 10 de maio desse ano, publicada no Jornal Noticiário dos Lagos em 26 de Maio .

Cinema de verdade
Para tentar impedir que sua vila seja atingida pelas águas da represa de uma hidrelétrica, os moradores de Javé resolvem registrar a história do lugar, para que ele seja considerado patrimônio nacional. O problema é que todos são analfabetos e o único que sabe escrever, Antonio Biá, havia sido expulso semanas antes por escrever fofocas sobre os vizinhos. Ele é chamado de volta, mas depois de iniciado o trabalho, alguns descobrem que ele muda, por conta própria, vários acontecimentos narrados. Esse é o filme que será exibido nesta quarta-feira, dia 30, no Cine Estação São Pedro da Aldeia, às 16h30min. O Cine Estação é um ótimo projeto do IPHAN, coordenador por Ivo Barreto. A sala fica ao lado da Igreja Matriz de São Pedro da Aldeia.

Viajando
O deputado Janio Mendes (FOTO) passou a segunda-feira no Rio de Janeiro, embora fosse seu dia de folga na Alerj. Há quem diga que teve a ver com mais uma conversa decisiva. Será?

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Decisão do PT de Cabo Frio é destaque no Jornal Extra



EDITORIAL - Contagem regressiva

Essa será uma semana decisiva em Cabo Frio. As articulações locais e estaduais não podem mais esperar e muitas definições deverão sair até a próxima segunda.

A chave mestra da eleição deste ano parece mesmo estar nas mãos do PMDB. O rumo que a legenda livremente decidir tomar na cidade poderá levar a uma debandada de outros partidos para seu lado, enquanto a possibilidade de candidatura própria poderá levar o quadro eleitoral a uma pulverização.

Sem dúvida, será uma semana na qual muitos políticos da cidade irão à capital constantemente, mas outros preferirão os sussurros dos corredores e esquinas para articular seus futuros próximos.

Façam suas apostas.

Bom dia!

DIca Cultural


Com lançamento previsto para julho no Brasil, "O Ditador" é o mais novo filme de Larry Charles, mesmo diretor de "Borat". A película narra a história do General Aladeen (Sacha Baron Cohen), ditador de um país localizado no Oriente Médio, que colocou em risco a própria vida para que a democracia jamais chegasse ao local que governa. Ele e um pastor de cabras resolvem viajar aos Estados Unidos, onde cruzam o país para conhecê-lo melhor.O elenco conta ainda com as presenças de Anna Faris, John C. Reilly, Ben Kingsley e Megan Fox. Pelo trailer, já possível ver que a comédia será crítica e hilariante: VEJA AQUI

Migalhas...

SEPE na luta
No dia 14 de junho haverá paralisação de 24h na rede municipal de Cabo Frio e ato em frente à Câmara Municipal. Foi solicitada audiência pública nessa data, às 16h, para discutir o Plano de Cargos.

Peres e Paulo Mello
O presidente do PSDB de Saquarema, Douglas Pinto, colocou os tucanos no colo da candidatura de Franciane Mota (PMDB) à reeleição na prefeitura local, graças à reconciliação entre o ex-prefeito Antônio Peres e o deputado estadual Paulo Mello (PMDB - FOTO).

Polarizou
Com isso, Pedro Ricardo (PRB) deve mesmo polarizar com Franciane no pleito desse ano em saquarema.

Bradesco e Santander
E o Bradesco pode mesmo concretizar a compra do Santander nesta quinzena. Depois que agregou as contas dos servidores do estado do Rio, o banco vermelho colocou as asas de fora. Tá certo...

Uma nota
O ex-Prefeito Alair Corrêa (FOTO) chegou a emitir nota oficial negando a perda de seus direitos políticos. Muita gente ficou nervosa e preocupada com a possibilidade na semana que passou. Que stress...

Manipulador
Aliás, fui chamado de manipulador por certa liderança política da cidade devido ao episódio. Agradeço o elogio: manipuladores são exatamente aqueles profissionais que sabem com maestria calcular medidas e posições de elementos químicos e naturais para elaborar remédios que curam males enormes. Não esperava ser tão bem tratado assim.

Comentando
Os comentários dos alairzistas à declaração do ex-prefeito de que era "ficha limpa", no facebook, foram cômicos. Um cidadão disse que isso era "chique". Outro disse que "o senhor é pica (sic.) tio Alair". Genial...

Enquanto isso...
O deputado Janio Mendes (FOTO) viveu um fim de semana intenso: reuniu-se com tabeliães, participou de discussões sobre os direitos das pessoas com deficiência, e caminhou pelo centro da cidade após a entrevista marcante de sexta-feira.

Enquanto isso II
No sábado, o deputado consolidou o apoio do PT à sua pré-candidatura à prefeitura de Cabo Frio e comemorou o feito com a estrela petista no peito, almoçando uma bela feijoada no Armazém 90 Graus. José Bonifácio era só alegria. E feijão.

Enquanto isso III
No domingo, Janio reuniu cerca de 1000 pessoas em mais um encontro de lideranças. Esse baixinho teima...


Enquanto isso IV
Dias antes, o grupo de um certo político da cidade se reunia para decidir desistir de buscar o apoio do PT e partir para novas estratégias. Que triste...


Facultativo
Ao que parece, a prefeitura do Rio vai decretar ponto facultativo nos dias da Rio+20. O evento acontece de 13 a 22 de julho. Férias antecipadas?

sábado, 26 de maio de 2012

Juventude Socialista acaba de eleger seu novo diretório estadual - seis são da Região dos Lagos

Acabou agora a pouco o Congresso Estadual da Juventude Socialista do PDT, realizado em Duque de Caxias.

A Região dos Lagos soube articular e terminou a plenária elegendo seis representantes no novo Diretório: de Arraial do Cabo, Flaviano Babi, Davy Vianna e Diego Santos. De Búzios, Caio Lisboa. De Cabo Frio, Amanda Polastreli e André Carvalho.

Caio Lisboa e André Carvalho fazem parte ainda da executiva da Juventude, com os cargos de Vice-Presidente Lagos e Primeiro Vice-Presidente, respectivamente.

A composição final da executiva ficou da seguinte forma:

PRESIDENTE EVERTON GOMES RJ
VICE JESSICA HELENA NITER
1º VICE ANDRE CARVALHO CF
2º VICE ANDERSON SILVA ITAG
SECRETÁRIO GERAL WILLIA RODRIGUES RJ
TESOUEIRO GERAL HERITON PHELIPE BR
1º TESOUREIRO NILTON SANTANA NI
ME UNIVERSITÁRIO NATALIA BARBOSA DC
ME SECUNDARISTA LUIS MOREIRA DC
PPJ DAVI VIANA AC
V.BAIXADA TIAGO CHACON BR
V.COSTA VERDE RODRIGO ADRIANO ITAGUIA
V. METROPOLITANA TIAGO CORREA ITABORAI
V. LESTE NATALIA TOLEDO NITER
V. LAGOS CAIO LISBOA BZS
V. SERRANA JAMIL SABRA NETO PETRO
V. NORTE DIOGO FONTES MACAÉ
V.SUL GERSON ANTUNES VR
ESPORTES TIAGO DUARTE SG
COMUNICAÇÃO JOILDO MACHADO RJ
FORMAÇÃO POLITICA GUILHERME GALVÃO RJ
LGBT FABIANA KARINE SEROP
MULHERES ROSE DUARTE SG
NEGROS RENATA SILVA PARATI
MOVIM. SOCIAIS RUDOLPH HASSAN RJ
DH ERICK MORAES SJM
PROJETOS MARCELA MAGE
CULTURA LUCAS LIMA NF
JOVENS TRABALHADORES BERNARDO SABRÁ PETRO
JOVENS ECUMENICOS GUILHERME GUARACIABA DC

PT também se define em Caxias, mas se enrola em Macaé

O PT de Duque de Caxias desistiu de lançar a candidatura própria de Dalva Lazaroni e optou por apoiar a candidatura do secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso (PSB).

Nesta mesma semana, o PDT já havia migrado para a candidatura do PSB. Agora, PT e PDT vão disputar a vice na chapa de Cardoso.

Já em Macaé,a eleição interna do diretório municipal foi anulada pela direção nacional. Nessa votação, o PT macaense optou pela candidatura própria na disputa pela prefeitura da cidade, encabeçada pelo Vereador Igor Sardinha.

Assim, ontem ficou decidido que no dia 17 de junho serã eleitos 165 delegados, que decidirão o rumo do partido no dia 24 do mesmo mês.
Segundo o presidente estadual do PT, Jorge Florêncio, há um sentimento na executiva regional pela preferência da aliança com o deputado federal Doutor Aluízio (PV).

PT de Cabo Frio acaba de homologar oficialmente o apoio a Janio Mendes


O diretório municipal do PT em Cabo Frio caba de homologar oficialmente, e por unanimidade, o apoio à candidatura majoritária de Janio Mendes à prefeitura de Cabo Frio e a coligação com o PDT para as eleições de 2012.

Com a presença do presidente estadual do PT, Jorge Florêncio, e do presidente estadual do PDT, José Bonifácio, a  reunião transcorreu em clima de tranquilidade e conseguiu realizar o desejo da unidade petista, que se desenhava como necessária desde 2008, quando o partido caminhou rachado e sem coligação majoritária no pleito municipal.

Homem é assassinado em Cabo Frio

Um homem foi assassinado à luz do dia em São Cristóvão, na rua das vans, na manhã de hoje.

O assassino teria saído calmamente do local de carro, pelas ruas do bairro.

Os detalhes em primeira mão estão no blog da Renata Cristiane http://reporterrenatacristiane.blogspot.com.br/

É o segundo assassinato à luz do dia, na mesma localidade, em cerca de duas semanas.

Presentes do Passado

Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 26 de maio de 2012
 
Duas lições do passado parecem ser essenciais para compreender e projetar, tanto o presente quanto o futuro próximo da sucessão municipal em Cabo Frio.

A primeira delas prende-se a um passado recente: não se faz vitória exclusivamente de cima para baixo, nem exclusivamente de baixo para cima. Trocando em miúdos: quem quiser se articular para ser o próximo prefeito de Cabo Frio confiando apenas nos acordos municipais estará fadado ao insucesso, mas aquele que se fiar em vencer somente a partir dos apoios estaduais e federais também perderá a disputa.

É preciso uma articulação entre os dois interesses. Está claro que esta eleição será uma preliminar da partida principal – a sucessão estadual de 2014 (leia-se Sérgio Cabral/Lindberg x Garotinho). Isso não significa, entretanto, que as indicações estaduais eliminem a necessidade da conversa em nível municipal: ao contrário. É somente conversando com as bases locais que se referenda o apoio estadual.

A segunda lição vem de um passado um pouco mais distante: desde 1992, portanto, há 20 anos, as eleições municipais em Cabo Frio são decididas entre o voto pró-Alair e o voto anti-Alair. O voto pró-Alair não é apenas configurado quando o próprio é o candidato, mas quando há uma candidatura que o represente. O voto anti-Alair, por sua vez, migra também entre os agentes políticos: José Bonifácio, Paulo César e Marquinho Mendes já fizeram tal papel, sendo que apenas o primeiro e o último conseguiram vencer o adversário, nos pleitos de 1992 e 2008 respectivamente.

Não queremos dizer que os três personagens representam as mesmas coisas, ou as mesmas ideias políticas, ou que estão no mesmo nível. Não estamos fazendo um julgamento do que deveria ser, mas sim do que é, e o fato é que a população de Cabo Frio, queiramos ou não, encarou esses três personagens como receptáculos e representantes desse voto de oposição ao modelo Alair Corrêa de Governo, tanto é que ou venceram Alair, ou ficaram em segundo lugar, polarizando com o ex-Prefeito ou com seu candidato em cada eleição.

A história política de Cabo Frio não gerou, nesses vinte anos, uma ruptura com esse modelo de polarização. Repito: não fazemos a análise do que desejaríamos que a cidade fosse, mas refletimos sobre o que a cidade tem sido, e a realidade evidencia que esse paradigma de disputa, que tem Alair como referencial, queiramos ou não, procede e, ao que parece, se manterá no pleito de 2012. Assim, apenas o candidato que representar o voto anti-Alair tem chances de se eleger. Só haverá dois lados com chances reais de vitória nessa disputa, e os que desejarem conduzir a cidade por novos caminhos em 2013 terão de, necessariamente, estar em um deles.

Assim, os novos arranjos e alianças, no contexto da eleição deste ano, deverão ser feitos com muita calma, prudência, humildade, e, acima de tudo, respeito, tanto com os atuais agentes políticos da cidade quanto com suas lideranças, em coesão com os líderes estaduais. Aquele que tiver mais responsabilidade e zelo nessas conversas poderá levar o papel de protagonista nesse processo, deixando aos insatisfeitos a infeliz saída de rumarem para o núcleo do velho canastrão do filme. Façam suas apostas.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Marquinho vai falar

O Prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes, estará amanhã pela manhã no Programa Amaury Valério, na Rádio Ondas. Também amanhã, Marquinho aparece no Jornal Folha dos Lagos, em entrevista exclusiva.

O tema comum das duas aparições é a eleição municipal deste ano.

O que será que ele vai falar?

Façam suas apostas.

EDITORIAL - Para tentar evitar a barbárie

O clima intenso de indefinição no cenário eleitoral de Cabo Frio, até o final da semana passada, causava medo e preocupação.

O problema era que nada estava definido, quase ninguém sabia para onde ir e a possibilidade de uma debandada geral, com direito a bater de cabeças pela Praça Porto Rocha, durante os dias próximos às convenções, era concreta e temerária.

A definição política "em cima da hora" geraria um temor pela barbárie que se conduziria por um processo de definições rápidas, raivosas e dolorosas. Haveria necessidade de se definir, ao mesmo tempo, com veemência e rapidez demais, para alguns, rompendo com os paradigmas até então estabelecidos.

Para acalmar os temperamentos e encaminhar a definição dos "lados" dessa eleição com mais antecedência, os principais atores políticos da cidade têm conversado com profusão desde a quinta-feira passada, não só em cabo Frio, mas, principalmente, com as lideranças estaduais do processo.

É bem possível que os resultados dos papos sejam postos a público ainda no final desta semana, definido posições, grupos e trincheiras na disputa, acalmando os ânimos e possibilitando projeções mais concretas.

Nesse sentido, as eleições de 2012, que vinham se configurando como uma das mais estranhas dos útimos anos, pode passar a adquirir status de conflito emocionante.

Aí é só escolher para que time torcer e correr para o abraço. Ou não.

Boa noite!

Migalhas...

Vai falar
O Deputado Janio Mendes (FOTO) é o entrevistado desta sexta-feira pela manhã no Programa Sidney Marinho. A expectativa é que o pedetista fale novidades sobre as articulações para o pleito municipal desse ano. Imperdível.

Conversas
Desde quinta-feira passada, o clima foi de conversas políticas, tendo em vista as definições para as eleições em Cabo Frio. A diferença é que os principais papos aconteceram no Rio de Janeiro. Da quinta-feira passada até hoje, boa parte do processo eleitoral de Cabo Frio foi definido.

Conversas II
O que se diz é que, na verdade, já está tudo certo e os próximos dias serão apenas de revelações, evidentes para quem já acompanha o processo desde o início, bombásticas para quem ainda tenta enxergar diferente do inevitável que se desenha desde o ano passado.
Polêmica
Muita gente ficou em polvorosa quando divulgamos o inteiro teor do acórdão do Tribunal de Justiça que condena o ex-Prefeito Alair Corrêa (FOTO). Tem sentido...

Brincadeira
Tem gente dizendo que o advogado Carlos Magno é como o Vasco: ganha tudo, mas perde no final, na partida decisiva. Maldade...

Projeções
Blogs locais têm conjecturado as respostas finais do processo eleitoral em Cabo Frio, desde a possível declaração de Marquinho negando a existência de um candidato do governo e deixando seus seguidores à vontade, a uma articulação entre Paulo César e Alfredo. Há quem afirme ainda uma união entre Alfredo e Bernardo Ariston (FOTO) com chapa puro-sangue no PMDB. Para outros, Janio terá o apoio do Governador, mas não possuirá o PMDB em seu arco de alianças


Projeções II
O fato é que Bernardo Ariston e Silas Bento criticaram duramente Alfredo Gonçalves em veículos de comunicação essa semana. Alfredo, por sua vez, criticou a assessoria do Deputado Janio Mendes hoje na Folha dos Lagos. Como diriam meus alunos, "para quê tanto ódio no peito"...

Projeções III
Já o coordenador da campanha de Alfredo, o brilhante advogado Aguinaldo Capp, pediu exoneração do cargo de Chefe de Gabinete do Prefeito Marquinho Mendes hoje. Aguinaldo ocupava a função desde que Alfredo deixou o cargo para retornar à Câmara Municipal. Dá para imaginar o que tudo isso significa?

Tira e bota
Em frente à Adega do Lusitano, ontem, um funcionário da prefeitura retirava o adesivo do PMDB do carro. Um outro, ao lado dizia: “calma rapaz, de repente você vai colocá-lo de novo ainda essa semana”. Um barato.

Silas inaugura
Na segunda-feira, o presidente da Câmara Municipal de Cabo Frio, Silas Bento (FOTO) inaugurou o diretório municipal de seu partido, o PSDB, e lançou sua pré-candidatura à prefeitura da cidade.

Juntos e misturados
Com o atual clima de indefinição política, representantes de todas as lideranças compareceram ao evento. Dos pré-candidatos á prefeitura, entretanto, apenas Janio Mendes (PDT) e Alfredo Gonçalves (PMDB), que chegou no final, estiveram presentes.

Reunião paralela
O horário da chegada de Alfredo se justifica: enquanto Silas inaugurava o diretório, a poucos metros dali, também no bairro do Portinho, o PMDB se reunia. A quantidade de carros na rua mostrava que aquele encontro também estava concorrido.

Proibidão
É bastante consistente, aliás, a notícia de que o prefeito Marquinho Mendes (PSDB) proibiu funcionários da prefeitura a comparecerem às reuniões do PMDB.

Atrasadinho II
Outro atrasadinho no evento foi o Vereador Rogério do Laboratório, também no PMDB. O motivo pode ter sido o mesmo...

Sinceridade parlamentar
Da deputada federal Manuela d'Ávila (FOTO), no twitter, nesta semana: "Por que aceitei casar? Porque ele passa o final do domingo montando o carro da nossa sobrinha...". Tá certo...


quarta-feira, 23 de maio de 2012

Condenação de Alair - minha opinião



Tenho dito há meses no blog que acredito que Alair será candidato. Por outro lado, prefiro também que ele seja candidato. Minha opinião é a mesma há meses. Não tenho interesse pessoal na condenação de Alair. Ao contrário: prefiro que ele seja candidato, e acho que vai ser, discordando, inclusive, de pessoas do meu grupo político.

Então não venham com essa de que a divulgação da notícia da condenação de Alair no blog enseja um desejo de vê-lo não ser candidato. Preferia que ele tivesse sido candidato em 2010 e prefiro que ele seja em 2012. É bem melhor vencer Alair do que vencer sem ele.

Há sim uma abertura jurídica no acórdão que possibilita o acúmulo entre as penas de devolução ao erário e perda dos direitos políticos. Basta ler o inteiro teor. Aqui, cabe a divulgação da notícia.

Esclarecendo - a condenação de Alair

Ainda que o acórdão não deixe claro a questão da condenação dos direitos políticos, cabe lembrar que qualquer condenação colegiada por improbidade administrativa, ainda que somente gerando multa ou ressarcimento do valor ao erário público, entra como condenação passível de gerar inserção na Lei da Ficha Limpa.

Ou seja: qualquer político condenado por colegiado na lei federal 8.429/92 estaria inelegível pela Lei da Ficha Limpa.

E mais: o acórdão é claro sobre a legalidade de acumulação da pena de reestabelecimento do dinheiro ao erário público com a pena de perda dos direitos políticos. Isso significa que se Alair ainda não perdeu os direitos políticos por causa dessa decisão, toda a legalidade está ao lado dessa perda no processo, a partir da análise do acórdão.

Dessa forma, é preciso considerar que a decisão não cassa imediatamente os direitos de Alair, até porque, como já dissemos na postagem anterior, há todo o direito ao recurso. Mas é claro o acórdão de que o acúmulo desses dois tipos de pena é legal.

Já tem gente correndo por todo o lado atrás de advogados...

Ex-prefeito Alair Corrêa acaba de ser condenado pelo Tribunal de Justiça



O link acima diz respeito ao inteiro teor do acórdão do Tribunal de Justiça, publicado hoje, que condena o ex-prefeito Alair Corrêa a devolver dinheiro indevidamente retirado dos cofres públicos, além da perda de seus direitos políticos por, no mínimo, cinco anos, o que torna sua candidatura inviável para as eleições de 2012.

 


Diz o acórdão: 

Caracterizado o ato ímprobo, impõe-se a aplicação cumulativa das sanções previstas no art. 12, II e III, da Lei nº 8.429/92, o que está em consonância com a norma inserta no art. 37, § 4º, da Constituição Federal, cumulatividade esta indispensável para a obtenção do resultado inibidor da conduta combatida.

(...)

Por esses fundamentos, independentemente das sanções penais, civis e administrativas previstas na legislação específica, está o réu incurso nas cominações do art. 37, §4º, da Constituição da República, na forma do art. 12, II, da Lei nº 8429/92, segundo o qual as penalidades podem ser aplicadas isolada ou cumulativamente, de acordo com a gravidade do fato


O artigo 12 da lei 8429 de 1992, em seus incisos II e III dizem o seguinte:



II - na hipótese do art. 10, ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, se concorrer esta circunstância, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos;

III - na hipótese do art. 11, ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.


Como a decisão foi colegiada, cabe lembrar que, se a Lei da Ficha Limpa for mesmo aplicada, Alair Corrêa está fora da disputa municipal de 2012. Se a Lei da Ficha Limpa não for aplicada, Alair tem direito a recurso, mas, se não conseguir liminar a tempo, também não registra sua candidatura.





domingo, 20 de maio de 2012

Mais um chefe de Estado confirma presença na Rio +20

O extremado presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, confirmou neste fim de semana que estará presente na Rio+20. Na semana passada, o presidente cubano Raúl Castro também já havia confirmado que viria á cidade maravilhosa no evento.


O Rio+20 comemora os 20 anos da Eco 92 e rediscute temas ambientais mundiais. O encontro acontece de 13 a 22 de junho, em vários pontos do Rio de Janeiro.

EDITORIAL - A sacada de Dilma

A criação da Lei de Acesso à Informação, a Ação Brasil Carinhoso e a Comissão da Verdade foram três grandes sacadas políticas de Dilma.
 
 
Com um investimento mais voltado à economia brasileira desde o começo, seu mandato vinha sendo, apesar de popular, muito técnico e burocrático. As três ações reacendem o viés de esquerda do governo, pautado em demandas do PT dos anos 80: transparência, infância e resgate reparador do regime militar.
 
 
A Lei de Acesso é, de longe, a melhor das ações, no sentido de ser a que pode gerar mais resultados. A cargo da Controladoria Geral da União, o procedimento hoje encontra-se centralizado em seu site, havendo a indicação de que todos os órgãos públicos criem SIC's (Sistemas de Informação aos Cidadãos)  em seus sites para requerimento e acesso a documentos e decisões.
 
 
A lei ainda carece de regulamentações em todo o judiciário e no âmbito executivo e legislativo dos estados e municípios, mas o primeiro passo já foi dado. Instituições como o Banco Central já têm recebido dezenas de solicitações de documentos e os órgãos federais estão em polvorosa com a nova lei.

Mas ela só se efetivará se houver cobrança por parte da mídia e das associações de classe. Sem dúvida, a direção para uma administração mais transparente está traçada. Entretanto, divulgar documentos não bastará para gerar transparência: balancetes, por exemplo, não refletem realidades de negócios, assim como notas fiscais podem ser frias. É preciso mais, mas, ao menos, o menos já foi feito.

Migalhas Eleitorais

Águas de maio
Desde o ano passado já se anunciava que o mês de maio seria o limite para as decisões eleitorais de 2012. Junho é o mês das convenções, mas a regra é que tudo vá certinho para esses encontros gerais dos diretórios municipais. Por isso, especialmente, o trio Paulo Melo, Picciani e Cabral anda rondando as cidades fluminenses em alta velocidade desde a semana passada.

Derrota jurídica?
Para esquentar o quadro de decisões, circula a notícia de que o ex-Prefeito Alair Corrêa (FOTO) teria perdido um importante processo nessa semana em Brasília, cidade na qual teria aportado para tentar reverter a situação, sem sucesso. Há quem diga por lá que nem Fux salva Alair.

Sucessão?
Caso se confirme sua inviabilidade eleitoral, o papo é o de que Dr. Taylor (PR) ou Dr. Paulo César (PSD) seriam suas opções. O negócio do moço é apoiar médicos mesmo.

Blogs divididos
O episódio Alfredo Gonçalves deixou os blogs e seus comentaristas da cidade divididos. Uns acham que o rompimento com o Governo é jogo de cena. Outros acham que o cisma é real, mas é menor dentro da esfera de articulações eleitorais. Outros, ainda, enxergam o fato pelo viés sentimental e desmemoriado da traição, tornando o antes criticado um herói e empurrando a discussão política para o coração.
 
 
Independência ou morte
Há os que se dizem independentes, mas, em seus próprios textos, assumem que tentaram retirar partidos de candidatos. Ao fazê-lo, assumem uma postura política contra um determinado postulante à prefeitura, logo, mesmo que não queiram ou o neguem, a favor de seus adversários.
Independência ou morte II
 Alfredo (FOTO) também iniciou sua carreira tendendo para uma postura independente do governo, mas migrou para uma posição orgânica de defesa a Marquinho, ao fugir do Oficial de Justiça que trazia a ordem para retirar o prefeito do cargo.

Sem memória
Esqueceram também que, se o acordo com o Deputado Janio Mendes (FOTO) foi de retirada de candidatura para apoiá-lo, então não houve cumprimento de acordo, pois Alfredo apoiou Paulo Mello e Marquinho ainda lançou cerca de 10 candidatos para tirar votos do pedetista. Quem descumpriu o suposto acordo então?

Na verdade...
Na verdade, alguns blogs buscam a todo momento motivos para criar ou manter inimigos. O episódio Alfredo Gonçalves não só foi maximizado em sua importância, mas invertido em sua identidade. Toda a cidade já sabia que Alfredo não seria o candidato do governo e que a ida para o PMDB havia sido um tiro no pé. 

Traição
Já que o papo é traição, imagine como os leitores de certos blogs se sentiram ao verem o então vilão se transformar em herói da noite para o dia...
O objetivo
A tentativa de transformar o episódio para bater no deputado Janio Mendes é um exemplo desse desvio de foco. Como já dito acima, não parece ter sido Janio que rompeu um suposto acordo em 2010. Por outro lado, já é dito pelo Governador Sérgio Cabral (FOTO)  - em Búzios, na inauguração do  Parque Estadual da Costa do Sol - desde o ano passado, que Janio é seu candidato. Qual a surpresa então? Se o governo municipal depende desse posicionamento para se posicionar, a culpa não é do candidato, mas do governo que não tem vida própria.

De papo com Alair
Já as notícias de possíveis articulações de Alfredo com Alair não surpreendem. Marquinho sempre tratou Alfredo mal e não o prestigiou politicamente, sendo natural que o Vereador, depois de ser descartado, venha para o lado do pseudo-inimigo de quem o rejeitou. Mas, mais do que isso, a amizade é antiga, embora muita gente “finja’ que não lembre: Alfredo foi eleito presidente da Câmara em 2009 com os votos dos Vereadores Dr. Taylor e Marcelo Corrêa, que votaram dessa forma a pedido do próprio Alair para derrubar Silas Bento, candidato do Governo.

Porém
Isso não quer dizer que Alfredo seja um mal político. Ao contrário - lembro que sua administração como presidente da Câmara Municipal no período 2009-2010 foi muito boa. Discordo também da ideia de que Alfredo foi ingênuo e reforço o que já disse anteriormente: Alfredo fez o que poderia fazer. Agiu dentro das opções que tinha depois de ter migrado totalmente para uma postura governista orgânica. Aí, talvez, tenha existido seu erro. Arriscou demais para ser prefeito e perdeu quase tudo o que tinha.

Trajetória
Alfredo foi eleito em 2004 e em 2006 foi candidato a deputado estadual, estabelecendo uma linha média entre as candidaturas de Alair e Bonifácio. Teve boa votação, foi chamado de "cavalo manco" pelo atual pré-candidato do PP e rivalizou com ele. Em 2008, foi reeleito Vereador e eleito presidente da Câmara em 2009, onde fez boa administração, contendo gastos, reformulando o funcionalismo e reorganizando a legislação. Vinha mantendo a postura de linha média, terceira via dentro do governo, agindo com independência. Utilizava recursos e pessoal próprio em suas campanhas e traçava um grande caminho político, até o episódio do Oficial de Justiça, que foi o divisor de águas de sua carreira. Tivesse optado por receber a ordem e assiná-la, teria problemas com o governo, mas se consagraria no imaginário popular como opção política. Preferiu, entretanto, abandonar essa linha em prol do apoio total do governo, da candidatura orgânica e da herança da máquina. Deu errado. O que veio em seguida foi apenas consequência dessa opção e não haveria como Alfredo agir diferente.


Para onde vai o PMDB?
Na verdade, a questão Alfredo é mesmo um lance importante, mas menor dentro do processo eleitoral. Seu resultado já era esperado por toda a cidade, menos por Alfredo, que foi avisado o tempo todo, tanto por amigos quanto por inimigos. O papo passa a ser: o que será do PMDB de Cabo Frio?

Para onde vai o PMDB? (II)
Claro que Alfredo possui autonomia e grupo para ser o candidato independente do partido, assim como (ou junto com) Bernardo Ariston (FOTO), presidente municipal, que, com certeza, saberá conduzir com maestria este momento. Há também a possibilidade, que existe em todos os partidos, da decisão vir de cima, isto é, da estadual da legenda, o que poderia colocar o partido no colo de Janio Mendes (PDT) ou de Dr. Paulo César (PSD).

A jornada do Doutor
O deputado Dr. Paulo César (FOTO), nesse sentido, tem realizado longas jornadas, tanto em Cabo Frio - pelos gabinetes do governo, através de amigos que têm muita saúde - quanto por Brasília e Rio de Janeiro. Já Janio  permanece mais em silêncio, pelas ruas da cidade, somente aguardando e recebendo telefonemas.

Por cima
Na verdade, o pedetista largou na frente nas conversas sobre o pleito deste ano, tendo feito articulações estaduais para obter apoio desde sua posse na Alerj, no início de 2011. A vinda do PT para o arco de alianças, junto a outros 6  partidos, é fruto dessas conversas. Há quem diga que vem mais por aí.

Por baixo
Ridicularizado por adversários que reforçam sua condição de "suplente de deputado", Janio não apenas mostrou desenvoltura nos corredores da Alerj e do Palácio, mas também soube articular na cidade seus apoios. O caso do PT é interessante: os deputados federais, estaduais e o Senador do PT, Lindberg Farias, apoiam tanto a candidatura de Janio quanto a maioria do diretório municipal do partido. Diferente de outros políticos profissionais, o pedetista buscou a militância local junto à estadual, fugindo do perfil intervencionista que caracterizou a política municipal nas últimas eleições. Bastante para um "suplente"...

Com certeza
A certeza é a de que a resposta do PMDB sai essa semana. Quarta-feira seria o limite. Será?

Prévias de 2014 
O papo certo, já adiantado por este blog há meses, é o de que as eleições deste ano são uma prévia da disputa de 2014. Cabral e Garotinho desejam armar um espetáculo no qual seus candidatos se degladiem diretamente nas cidades fluminenses. Ou seja: vivemos uma autêntica memória da Política dos Governadores da República Velha, na qual as disputas locais são reflexos e, ao mesmo tempo, bases matemáticas para as eleições estaduais. 

E o PT do B? 
Já o PT do B mantém sua rodada de conversas com os pré-candidatos. Na sexta-feira foi a vez do deputado Janio Mendes falar aos pré-candidatos. Paulo César e Alair são os próxmos. Há quem diga que o partido possui uma das mais fortes nominatas da cidade, junto ao PSC. 

Silas, o que mais se manda
Na segunda-feira acontece a inauguração da sede municipal do PSDB, no Portinho. Silas Bento (FOTO), presidente da legenda, é o pré-candidato que mais se manda nesse processo: se quiser ser candidato a prefeito, já tem o aval da estadual, mas pode decidir vir a Vereador ou a vice em composição com outro partido. O presidente estadual Luiz Paulo já teria liberado a coligação com qualquer legenda municipal. Mas haveria dito, claro, sua presidência ao filho de pastor. O que faria Silas decidir não ser candidato a Prefeito?

sábado, 19 de maio de 2012

A PROMOÇÃO E A EDUCAÇÃO

Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 19 de maio de 2012

Duas multinacionais, no último mês, decidiram criar campanhas incluindo, em suas premiações, benesses ligadas à educação. A Coca-Cola criou a promoção “felicidade retornável”, que permite a obtenção de um curso profissionalizante, ao lado de ganhos em dinheiro e produtos. Já o Grupo Procter & Gamble associou-se a um programa dominical de TV, apresentando promoção na qual um dos prêmios confere o valor de R$ 100.000,00 para ser investido na educação dos filhos do ganhador.

Não há dúvidas de que essa alteração de identidade das promoções liga-se a uma mudança do discurso na direção do “politicamente correto”, que tem recebido boas impressões das classes média e alta. Ou seja: falar de meio ambiente, educação e responsabilidade social gera uma boa imagem para as empresas no imaginário dos consumidores.

No entanto, a repaginação das promoções que visam ao ganho imediato, conferindo a inclusão de temas educacionais, com certeza, não é fundada apenas em um movimento que tem como motor o empresariado e sua imagem perante as classes sociais mais altas. Parece evidente que as empresas em tela atendem a uma demanda que já identificaram na base da população brasileira.

A carência pela educação, nesse sentido, surge como necessidade urgente, e não mais como projeto a longo prazo, que poderia ser colocado em segundo plano diante de outras necessidades pungentes, como a própria alimentação e a obtenção de renda rápida. Podemos crer, assim, que essas novidades atendem a um desejo do consumidor médio, mais do que a uma estratégia de marketing empresarial

A mudança reflete, assim, as recentes mudanças na estrutura econômica do país. Num mercado de trabalho que se abre; numa economia que se movimenta; num aumento de ganho real médio da população; e com a efetivação de programas de assistência social e renda mínima, as classes C e D passam a refletir sobre outras demandas, já que a renda, a alimentação e o crédito começam a deixar de serem grandes problemas.

Nesse sentido, passa a se tornar um apelo popular a educação intencional, ou seja, a educação escolar e acadêmica, conforme entende Libâneo. Matrículas e frequência em cursos profissionalizantes e universitários transformam-se em projetos de curto e médio prazo para as classes populares.

Os anos 90 apontaram um aumento de 200% na taxa da população brasileira entre 18 e 24 anos que se forma no Ensino Médio, mas apenas 28% dessa camada estava matriculada em universidades públicas nos anos seguintes. A política do governo federal, voltada para a ampliação das vagas universitárias e de pólos de oferta de cursos técnicos (vide a chegada do IFF a Cabo Frio) abarca essa nova demanda e traz para perto da população mais pobre o sonho de uma inserção qualificada e rápida no mercado. Ou seja: boa parte da população das classes C e D, ao receberem seu salário, já pensam primeiro em investir em um curso, antes de se preocuparem com as compras do mês ou até com a aquisição de um eletrodoméstico.

Nosso atual momento político nacional efetiva, paulatinamente, a sonhada implantação da mentalidade educacional nas classes mais pobres como projeto de vida e realidade prática. A discursiva democratização da educação e a construção de uma estrutura educacional que não atenda somente às elites – metas que, respectivamente, vêm desde os anos 30 e 60 no Brasil – começam a ser alcançadas. É preciso comemorar esse novo momento e tentar trazer esse vigor quantitativo para nossas realidades locais, sem perder a qualidade.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

EDITORIAL - Prazo se esgotando

Temos repetido incessantemente neste blog que se aproxima o prazo das definições eleitorais, mas, ao que parece, em Cabo Frio, esse limite será esticado ao máximo.

A necessidade estratégica é clara, só falta combinar com os pré-candidatos, que, em geral, têm o ego falando mais alto do que a capacidade de abdicação em prol da vitória de uma articulação que não permita a Cabo Frio retroceder e reviver governos recentes, que não prezaram a transparência e a liberdade.

O acordo em torno da mudança ainda é possível.

O governo do estado tem investido pesado, nesta semana, para estabelecer algumas definições em cidades importantes do Rio, como vemos na postagem abaixo.

Ainda nessa semana, algumas definições também devem chegar a Cabo Frio.

Nesse sentido, que o eleitor não se desespere: teremos uma das eleições mais pensadas "em cima da hora" da história, mas as principais decisões não devem passar das próximas duas semanas que encerram o mês de maio.

Teremos semanas quentes na região, apesar do frio que se avizinha.

Bom dia!