quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Nova seção no blog: "Só para provocar"



Após o sucesso - e o desespero de alguns - com o surgimento do Espião Fantasma, nasce uma nova seção em nosso blog: "Só para provocar". Como o nome já diz, o espaço diz respeito a um pequeno comentário sobre determinado assunto, com o objetivo de levantar polêmica, suscitar, debates, e, acima de tudo, provocar.



Sempre que o símbolo ao lado aparecer, já se sabe: vem provocação por aí...






E nossa seção já estreou hoje mesmo, logo abaixo... vamos provocar?

O Espião Fantasma viu...



O Prefeito Marquinho Mendes já tem prontinho o anteprojeto do Plano de Cargos e Salários, que deseja implantar no município de Cabo Frio. O calhamaço, com cerca de 30 páginas, já foi surrupiado por um ator político da cidade, que resolveu até tirar xerox do documento antes de ser tornado público. Só não se sabe se o objetivo é ajudar ou arrebentar com a proposta antes mesmo dela nascer... Será?

Só para provocar...

O advogado Claúdio Mansur declarou, em um programa de Televisão, que o Deputado Janio Mendes será declarado inelegível para as eleições de 2012. Teve gente dando pulos de alegria na cidade. Só se esqueceram que o competente advogado da área de direito eleitoral foi o mesmo que ajuizou, no Supremo Tribunal Federal, uma ADIN - Ação Direta de Inconstitucionalidade - contra a decisão de Cabo Frio em aumentar para 17 o número de seus Vereadores. Até aí tudo bem. O problema foi que o grande advogado "se esqueceu" de que, nesses casos, apenas o partido político em sua representação nacional - e não ele mesmo, como mero presidente de diretório municipal de partido - teria legitimidade para ajuizar a ação, erro que fez com que ela fosse rejeitada de pronto pelo STF.



Ou seja: na atual situação, diante de tanta competência, um dos maiores símbolos da certeza da candidatura de Janio está exatamente na declaração de Mansur sobre a ilegalidade dela...

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

EDITORIAL – Agora começa?

Após dias de folia, não há mais desculpas coerentes para deixar de realizar algo – fim do carnaval, dos dias pós-carnavalescos e do fim de semana que sucede o carnaval. Agora o ano começa – mesmo.

O ano de 2012 não poderia deixar de ser emocionante já em seu começo – com o advento da Lei da Ficha Limpa, a classe política encontra-se em polvorosa, mas uma série de eventos correlatos influem no quadro político eleitoral desta e de outras eleições que virão.

É o caso das Olimpíadas de Londres, importantes para a candidatura à manutenção do governo do estado e as eleições de associações civis que ocorrem neste ano. Em cabo Frio, agremiações carnavalescas trocam suas diretorias e a mão pesada da influência política local deve pesar nesses casos.

Nas escolas municipais, as eleições realizadas no final do ano passado passaram apenas tangendo as articulações eleitorais locais, mas não há dúvida de que respirarão as eleições neste ano.

O próximo passo do ano que agora começa de verdade é a definição de candidaturas ao executivo municipal em Cabo Frio. O quadro atual não deve ser muito alterado, mas alguns nomes, de fato, deverão compor, reduzindo o rol de postulantes à Prefeitura. É esperar para ver.

Bom dia!

Migalhas...

Cai ou não cai?
E os imperianos de Cabo Frio ficaram menos tristes com a mudança do resultado do carnaval – a partir da recontagem de pontos pela Liga, as penalidades tiveram suas perdas reduzidas, e o G.R.E.S. Império de Cabo Frio ficou mesmo no Grupo Especial, cabendo ao G.R.E.S Acadêmicos de Tamoios, do meu amigo Carlinhos, descer ao Grupo de Acesso, junto com o G.R.E.S. União dos Bairros. O papo é que Meio-Quilo não gostou nada nada – nada mesmo – do resultado. Vai vendo...

Aniversário de Janio
No sábado, dia 3, o Deputado Estadual Janio Mendes comemora seu aniversário no Camping Bosque Clube, na Avenida Wilson Mendes, n° 600 - Cabo Frio, a partir das 11h. Entre os convidados que confirmaram presença está o Senador Lindberg Farias (PT).

Senador Lindberg e o livro
Apesar do ótimo blog do Totonho (www.jornaldototonho.com.br) ter divulgado o lançamento do livro "Royalties do Petróleo – As Regras do Jogo", do senador Lindberg Farias, no município de Cabo Frio, para o dia 2 de março, é preciso retificar a informação: o lançamento na cidade será, na verdade, dia 2 de abril. No dia 2 de março, sexta-feira, Lindberg lançará sua obra em Arraial do Cabo, às 15h, em local a ser definido; e em São Pedro da Aldeia, às 18h, na livraria Sabor & Saber. Em Cabo Frio, o lançamento será às 19 horas, na Casa de Cultura José de Dome - Charitas

Por falar nele...
Por falar em Totonho, o papo é que o velho Tota realizou um congresso de esquerda informal nesses dias com Babade e Fábio Emecê. A água mineral de Caxambu, servida no evento, não parece ter feito muito bem aos rapazes, que tiveram de ser conduzidos às suas casas carregados por companheiros, após acaloradas discussões sobre a consistência das revoluções socialistas europeias.

Semana Teixeira e Sousa
A 22ª Semana Teixeira e Sousa está confirmada entre os dias 21 e 28 de março. Entre as atrações da Praça Porto Rocha, a Feira do Livro contará com 12 boxes e preços populares, de 9h às 21h até 30 de março.

Marcelão fala
Dr. Marcelão leu este blog e fez seu comentário, que está publicado, e será sempre publicado, assim como todos os comentários de discordância que mantenham a linguagem coerente e republicana, conforme faz o Dr. Marcelo. Este espaço está sempre aberto para ele.

Mazzaropi da restinga
O cineasta José Sette (FOTO) foi abordado por um estranho transeunte nas ruas de Cabo Frio, que, lotado de admiração, chamou-o de Mazzaropi. Apesar da intenção elogiosa, Sette não gostou nadinha da comparação – “sou um homem extremamente urbano”, teria dito o cinéfilo. Não negam a declaração a camisa xadrez e o chapéu pantaneiro...

Calouros animados
Estavam animadíssimos os calouros da nova turma do curso de História da Universidade Estácio de Sá na última quinta-feira. Ainda curtindo resquícios de carnaval, os mais de 20 alunos compareceram às aulas e deram o ar da graça. Sem trotes, claro.

E o triatlo?
Búzios e Arraial já ganharam mídia nacional promovendo etapas de triatlo em seus territórios. E Cabo Frio?

Arrastão arrastou
O Bloco União do Arrastão, comandado pelo meu amigo Bira do K-Ô, deu um show nas ruas da Gamboa no último sábado. O detalhe foi que a agremiação contrariou a previsão inicial e levou o trio para a direção do trevo do Peró, pela Rua José Rodrigues Póvoas, enquanto o combinado seria retornar à Praça Major Terra.

Vira ou não vira, Bira?
O interessante é que o bloco, que, tradicionalmente, faz a volta em frente à casa do Deputado Janio Mendes, dessa vez fez o retorno antes, segundo os organizadores, “em respeito à Igreja” que se localizava na mesma rua. O detalhe é que a igreja estava fechada e às escuras, sem uma viva alma – com todo o respeito...

Célio Baptista é o nome
O ex-Presidente do G.R.E.S Arrastão da GB, Rafael Soares, confirmou que apoiará o nome de Célio Baptista para presidente da agremiação nas eleições desse ano. A comunidade em geral gostou.

Didi na escuta
O ex-presidente da Liga das Escolas de Samba de Cabo Frio, Jorge Didi (FOTO), confirmou que “ama” ler as “fofocas” deste blog. Didi pensa seriamente em fundar o fã-clube dos amigos deste instrumento virtual e até lançar um bloco dos leitores no carnaval 2013.

Lista dos premiados - Tamborim de Ouro 2012 - Carnaval de Cabo Frio

Por falar (ainda) em carnaval, a Rede Litoral divulgou a lista dos contemplados com o prêmio Tamborim de Ouro, do Carnaval de Cabo Frio. A festa de entrega acontecerá no final de abril, no Costa Azul Iate Clube. O prêmio é entregue há dez anos e saúda os melhores da folia na cidade:

Escola do Grupo Especial - Sol a Sol ; Em Cima da Hora
Samba Enredo - Flor da Passagem
Bateria - Império de Cabo Frio
Enredo - Paz e Harmonia
Fantasias - Paz e Harmonia
Alegorias - Sol a Sol
Comissão de Frente - Em Cima da Hora
Intérprete - Wellington (Em Cima da Hora); Dalmir Senos (Sol a Sol)
Mestre Sala - Vinícius (Paz e Harmonia)
Porta Bandeira - Jaqueline (Paz e Harmonia)
Ala das Baianas - Paz e Harmonia
Revelação - Mestre Felipe (Em Cima da Hora); Letícia (Paz e Harmonia)
Personalidade - Zé de Kanô (in memorian)
Destaque - Clarêncio Rodrigues (União dos Bairros) ; João Luis Balbi (Paz e Harmonia)
Musa do Tamborim - Brenda Fernandes (Império)
Rainha do Tamborim - Adrianinha (Sol a Sol)
Carnavalesco - Plínio Santos (Sol a Sol)
Destaque de Chão - Peteca; Nilma de Oliveira
Apoio de Intérprete - Daniel Porto (Flor da Passagem) ; Luiza Felipe (Acadêmicos de Tamoios)
Batuta de Ouro - Mestre Sid (Sol a Sol)
Amor a Camisa - Amaral (Antiga Abissínia)
A Voz da Avenida - Jorge Villas (Flor da Passagem)
Cavaquinho - Willian (Paz e Harmonia)
Harmonia - Em Cima da Hora
Rei da Folia - Marquinho Mendes
Amor ao Carnaval - Milton Carlos Teixeira Marins (Liga) ; Carlos Ernesto Lopes (Morada do Samba)
Escola do Acesso - Unidos de Aquárius
Samba Enredo do Acesso - Unidos de Aquárius
Bateria do Acesso - Vermelho e Branco
Enredo do Acesso - Unidos de Aquárius
Fantasias do Acesso - Unidos de Aquárius
Alegorias do Acesso - Vermelho e Branco
Comissão de Frente do Acesso - Unidos de Aquárius
Intérprete do Acesso - Jean Bessa (Vermelho e Branco)
Revelação do Acesso - Felype Duarte (Acad. Jardim Esperança)
Destaque do Acesso - Dona Lucy Mansur
Carnavalesco do Acesso - Marquinhos Martins (Vermelho e Branco)
Comunicação com o Público do Acesso - Vermelho e Branco
Musa do Acesso - Patrícia Baroni (Unidos de Aquárius)
Rainha do Acesso - Gabrielly Rodin (Acad. Jardim Esperança)
Mestre Sala do Acesso - Plínio Santos (Vermelho e Branco)
Porta Bandeira do Acesso - Laura de Lamares (Vermelho e Branco)
Blocos de Arrastão - Bloco das Damas
Celebridade da Folia (blocos) – Evidence ; Bloco da Saúde
Revelação (blocos) - Bloco da Arca da Gamboa
Tradição (blocos) – Parókia ; Carnagay

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

As Leis da Ficha Limpa


Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 25 de fevereiro de 2012.
Assistimos, dias antes do início do carnaval, a uma notícia que já provocava a certeza de que o processo eleitoral de 2012 seria diferente de todos os outros: a aprovação da chamada Lei da Ficha Limpa, Projeto de Lei Complementar 518 de 2009.

A realidade e as consequências da lei são tão múltiplas que mereceram um título plural neste artigo. Na verdade, a provocação que ora fazemos diz respeito à possibilidade da existência de duas facetas da lei – uma positiva e uma negativa.

Positivamente, é a primeira vez que um Projeto de Lei de Iniciativa Popular alcança a aprovação, não apenas da opinião pública, mas das casas políticas, que votaram a favor da proposta, por unanimidade, no Congresso e na Câmara. Com a assinatura de mais de um milhão de brasileiros, o projeto dá alento a quem sonha com uma democracia mais direta e participativa.

Positivo, também, é o fato da ampliação do arco de proibições das candidaturas. Ao lembrar que os princípios de presunção de inocência e ampla defesa são cláusulas pétreas constitucionais apenas na área criminal, o STF deu show de magistratura e abriu as portas para o fim da farra de postulantes a cargos eletivos com crimes em profusão.

Negativamente, porém, há a questão da insegurança jurídica – ela aumenta, pois teremos mais um motivo de impugnação, e, como o processo civil não se altera com a lei, um candidato impugnado tem o direito de recorrer eternamente para ter seu nome aprovado.

Ou seja: no dia 7 de outubro, teremos nomes impugnados pela lei da ficha limpa estampados nas urnas, às custas de liminares e recursos. Caso existisse a possibilidade de uma decisão final da justiça mais rápida ou uma limitação numérica de recursos e liminares para cada candidato, a segurança jurídica da eleição seria aumentada.
A moralização da política pela lei da ficha limpa, assim, atende aos anseios das classes média e alta, dentro das quais a moral e o combate à corrupção é sempre um valor social caro.
Entretanto, nas classes mais populares, que, numericamente, decidem as eleições, a moralização do pleito não constitui um dogma. A insegurança jurídica, por outro lado, afeta todas as classes, confunde o eleitor, e pior – gera o risco de um candidato perder justamente pela diferença de votos recebidos por outro candidato que, por fim, acabará sendo impugnado. Assim, na prática, conseguirá ser candidato quem tiver a assessoria jurídica mais competente e articulada e não quem possuir a ficha mais limpa.
A Lei da Ficha Limpa, assim, atende a uma demanda clara da sociedade brasileira e cura uma ferida histórica, mas mantém o câncer. Como toda vitória política e jurídica do nosso povo, é incompleta, pois acaba não encostando o dedo nas reais feridas eleitorais: a possibilidade eterna de recursos e liminares; as relações por vezes corruptas entre candidatos, juízes e desembargadores; e a compra de voto. Porém, entre todas as vitórias incompletas da nossa gente, a Ficha Limpa é, sem dúvida, a mais bela e agradável.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

EDITORIAL – O mistério da Ficha Limpa

O alvoroço gerado pela aprovação da Lei da Ficha Limpa na sociedade brasileira se reflete na região dos lagos, com o desespero de pré-candidatos em provar que estão com a ficha limpa, ao mesmo tempo em que se esforçam para provar que seus adversários não estão.

A ideia de que a lei aprovada limpa o quadro eleitoral de políticos com situação complicada se materializa, mas a insegurança jurídica, que abala a população talvez mais do que a corrupção – por mais herético e incoerente que isso possa parecer – se mantém e ainda aumenta.

A divulgação das primeiras listagens oficiais dos Tribunais Regionais com os nomes dos impugnados, como todos os anos, gerará recursos ao próprio Tribunal e ao TSE, provavelmente, arrastando a pendência até os dias finais das eleições. Como sabemos, nomes de candidatos poderão ir às urnas mesmo impugnados, caso haja liminar.

O que não dá para aceitar é grupos políticos que apoiam candidatos com fichas mais sujas do que pau de galinheiro, cantando de galo ao apontar condenações de adversários que sequer se enquadram na Lei da Ficha Limpa, enquanto, a partir de previsões em bolas de cristal, sobre sofás estilosos, proclamam seus “chefes” como seres que superarão toda adversidade jurídica para voltarem ao poder.

Bom dia!

E o carnaval?

De volta
Após alguns dias carnavalescos retirado, retornamos às atualizações deste blog, observando que a cidade não mudou muito em quatro ou cinco dias de ausência.

Campeões do carnaval
No carnaval carioca, sagrou-se campeão o G.R.E.S. Unidos da Tijuca (FOTO), enquanto o carnaval paulistano teve a Mocidade Alegre como vencedora.

Independente do resultado...
Independente do resultado, a baderna protagonizada pelo carnaval de São Paulo poderia fazer a Liga repensar a proibição de criação de agremiações diretamente ligadas a torcidas organizadas do futebol paulista.

Mas houve culpa
Entretanto – e sem justificar a violência – a própria Liga paulistana criou a confusão, ao trocar dois jurados dois dias antes do desfile, sem reunião oficial e sem comunicar as agremiações, gerando um clima de desconfiança no ar.

O Acesso também complicou
O Grupo de Acesso carioca, vencido pela Inocentes de Belford Roxo (FOTO) – que estava impecável na avenida – também quase terminou em confusão: um dos jurados esqueceu de dar notas a quatro agremiações em um dos quesitos. A maior nota foi repetida, mas as prejudicadas quase saíram no tapa como em Sampa.

Paulo Barros se consagra
Alguns meses após a morte de Joãosinho Trinta, Paulo Barros escreve de vez seu nome na história do carnaval como o novo mago criativo da Sapucaí. Após os reinados dos tradicionais Max Lopes, Renato Lage e Rosa Magalhães, é a vez de Paulo ser coroado.

Mas há outros nomes
Novos talentos, porém, despontam na Avenida: Cahê Rodrigues, Cid Carvalho, Alexandre Louzada (de quem eu esperava mais pela Mocidade) e o ótimo Paulo Menezes, da Portela – que pode trocar de Rainha de Bateria ano que vem: cogita-se a saída da emocionante Sheron Menezes e a chegada de Adriane Galisteu. Seria uma péssima troca. Sheron mostrou identificação e dedicação à escola.

Já em Cabo Frio...
A expectativa antes da apuração era de que Abissínia ou Império cairiam; que Vermelho e Branco ou Aquarius subiriam; e que o título do grupo especial ficaria entre Em Cima da Bora, Flor da Passagem, Sol a Sol e Paz e Harmonia.

E tudo se confirmou
E tudo se confirmou: a Império de Cabo Frio caiu, para tristeza dos meus amigos Bebeto Lima, Maca, Pierre, Rogério e cia., enquanto Em Cima da Hora do meu parceiro João Gomes sagrou-se campeã, após anos chegando nas primeiras colocações sem vencer.

Piadinha infame
Dias antes do carnaval, encontrei João Gomes (FOTO) no ensaio técnico do G.R.E.S. Sol a Sol e ele me disse que não aguentava mais ver sua escola - G.R.E.S. Em Cima da Hora - como o Vasco – vice todo o ano. Lembrei a ele que não gostei muito da comparação, preferindo o paralelo com o G.R.E.S. Grande Rio...

E no final das contas...
E no final das contas estava certo – o Vasco venceu o Flamengo de virada ontem. Mas ainda pode ser vice da Taça Guanabara...sai pra lá...

Por falar em vice...
Um vice que merece parabéns e o G.R.E.S. Sol a Sol dos meus amigos Chopinho e Paula. Toda a agremiação ralou e se dedicou muito durante o carnaval, inovando com o ensaio técnico e com um barracão ativo dia e noite. Valeu o esforço.

Vermelhuda volta à elite
Outra escola que comemorou ontem foi o G.R.E.S. Vermelho e Branco, que volta à elite do carnaval cabofriense, de onde jamais deveria ter saído. Com notas 10 em quase todos os quesitos, a escola do Bairro União demonstrou na avenida o show que deu nos ensaios e levou o título.

E o vice?
O Vice do acesso cabo-friense foi o G.R.E.S. Unidos de Aquarius que apresentou o esquisitíssimo enredo sobre Cláudio Mansur. Foi legal ver Mansur quase vencer, mas perder.

Engraçado...
Engraçado é que, logo após a derrota, Dr. Mansur vociferou na TV acusando o carnaval de Cabo Frio de ter resultados manipulados politicamente. Onde ele estava ano passado, quando ocorreu a confusão do resultado com a Flor da Passagem? Ah sim, a indignação só veio agora, quando a escola que o “homenageou” perdeu...

Outro vice
Já um vice que partiu de verdade o coração foi o da Império Serrano, no Grupo de Acesso carioca. Meu amigo Jorge Pereira quase soltou o grito de campeão. Fica para 2013. Quem gosta de Madureira e é portelense, como eu, não pode ficar feliz se a Império também não vencer.

Estandartes
Entretanto, a Império Serrano levou os dois Estandartes de Ouro (prêmio oferecido pelo Jornal O Globo desde os anos 70) do Grupo de Acesso – melhor escola e melhor samba. No Grupo Especial, a Portela ganhou 5 e a Vila Isabel 6.

Comentando
Haroldo Costa, comentarista de carnaval da Rede Globo, não disse a que veio nesse ano. Com todo respeito ao bamba do samba, seus comentários são abstratos e, no final das contas, não dizem muito. Aliás, a transmissão da Globo peca pelo excesso de diplomacia – toda escola é boa, ótima, dá show...todas deveriam ser campeãs então..

Obrigado Deivid! VASCO 2 X 1 FLAMENGO


Deivid perdeu o gol mais feito da história da Taça Guanabara ontem no Engenhão. Obrigado. Deivid será contratado pelo Vasco no segundo semestre para não ficar em campo - será candidato a vice-presidente do clube nas próximas eleições. A torcida gosta (muito) dele.

Migalhas...

Claudio Lemos
O falecimento ativista dos direitos LGBT de Cabo Frio, Cláudio Lemos (FOTO), na madrugada deste domingo, foi mais uma perda para o cenário cultural e político da cidade. Cláudio, de 46 anos, era presidente do Grupo Cabo Free. Seu corpo foi sepultado no Rio de Janeiro.
Nota plagiada
Reproduzo aqui, na íntegra, nota do site Congresso em Foco: “As movimentações de paralisação dos policiais e bombeiros que aconteceram em alguns estados não sensibilizaram o Congresso Nacional para a causa da categoria – a aprovação em segundo turno da PEC 300, que cria piso nacional. Pelo contrário, ajudaram a afundar o projeto na Câmara. Governadores usaram como argumento a insubordinação das categorias no Rio e Bahia, especialmente, e ligaram para líderes dos partidos. Os excessos cometidos e o pretexto de que os orçamentos estaduais não suportam mudanças imediatas ganharam força.”
Nota plagiada II
E o site diz mais: “Embora não divulguem, os líderes e a Mesa Diretora da Câmara já enterraram a PEC 300. Não haverá nenhuma iniciativa que force a votação. Para os deputados, a solução passa por negociações dos PMs com os governos estaduais. Citam o caso do Rio, que aumentará o soldo gradativamente até 2016.”
PPS oficializa manobra
O PPS oficializou, nesta quinta-feira, o apoio à reeleição do prefeito do Rio, Eduardo Paes. O PPS já namorava com o PMDB fluminense desde que seu líder, André Corrêa (FOTO), tornou-se também líder do governo na Alerj.
As mentiras dos alairzistas – apuração após as convenções
Tem mentira política do grupo que apoia o ex-Deputado, ex-Vereador e ex-Prefeito Alair Corrêa rolando na cidade? Tem sim senhor. A apuração será realizada após as convenções partidárias e registros de candidaturas para o pleito de 2012, quando então traremos a lista das anedotas criadas pelo “grupo dos ex” que se tornaram verdadeiras bravatas e boatos de quinta. É só esperar para ver.

As listas dos inelegíveis
Rodam, para lá e para cá, listas de inelegíveis, que somente se confirmarão com as decisões do TRE e do TSE sobre os registros de candidaturas. Por enquanto, é tudo especulação, e a decisão do STF não clareia tanto assim a visão política, já que a aplicação da lei não parece tão simples: basta uma rejeição de contas por órgão colegiado? Basta uma condenação jurídica? E se a condenação for coletiva, e não pessoal?

Dificuldade
Além disso, cabem recursos, e quem gosta de corredores de tribunais vai recorrer do impedimento de sua candidatura até a morte. Ou seja: quem acha que, a partir de julho, terá a certeza das candidaturas limpas, vai se decepcionar. Essa eleição será mais insegura juridicamente do que as anteriores.

Ainda assim...
Ainda assim tem pré-candidato acusado a torto e à direita pelos adversários de não passar na lei da ficha da limpa, e que no final, vai se registrar com tranquilidade. É o medo...

Assessores se abraçando: não pode?
Tem gente criticando o fato de assessores de pré-candidatos adversários nas eleições 2012 terem sido vistos se abraçando na cidade. Então não pode? O certo é se degladiarem? É preciso separar o pessoal do político e, não incitar o clima de violência fundamentalista. Enquanto os comentários do mundo político se rebaixarem a esse nível, vai ficar difícil falar de uma “cidade melhor”.

Outro abraço condenado
Outro abraço condenado foi entre o Prefeito do Rio e o filho do presidente da Vila Isabel. Eles não podem se abraçar porque o pai deste é bicheiro. Vamos viver então numa sociedade que separa os puros e os impuros, e que os filhos dos impuros tenham que ser escorraçados da sociedade por causa dos pecados mortais de seus pais. Lindo isso. Bem progressista...

O mistério da quadra
Minha companheira de Sindicato Denize Quintal (FOTO) – que aliás, manda muito bem no ótimo blog Pó de Giz (http://blogpodegiz.blogspot.com/) – postou o seguinte comentário sobre minha nota acerca da construção da quadra do Colégio Municipal Rui Barbosa:” Rafael, A tão esperada "quadra" do C.M. Rui Barbosa não está sendo construída. Apesar da placa informar que ali será erguida uma "quadra poliesportiva" no valor de 498 mil reais, o que saiu foi um pátio coberto. Não me pergunte como isso é possível, pois mesmo sendo membro daquela comunidade escolar não temos acesso ao processo e seus "possíveis" desvios. O que podemos afirmar é que não será quadra. Não tem dimensão, altura, e a escada sai bem no meio do espaço coberto que chamaram, inicialmente, de quadra poliesportiva. Faça-nos uma visita e veja vc mesmo. É inacreditável o resultado que chegamos com a obra. Pelo que fiquei sabendo, os alunos continuarão fazendo educação física na Associação Atlética Cabofriense e o aluguel por seu uso continuará existindo.

Comentário...
A realidade vista e vivida pela Professora Denize, que atua no Rui Barbosa, se confirmada, será uma das maiores sacanagens realizadas pela Prefeitura com o histórico Colégio Rui Barbosa. Estaremos de olho!

Dr. Marcelão
Sou um dos maiores admiradores do Dr. Marcelão como comentarista político na região, por sua inteligência, coerência e sagacidade, mesmo quando tece críticas das quais eu discordo.

Dr. Marcelão II
Apesar disso, preciso comentar uma de suas críticas, segundo a qual, se o Deputado Janio Mendes fosse mais independente, estaria melhor politicamente. De fato: Marcelão, em certa época, era filiado ao PSDB e Secretário de Saúde de um governo do PMDB, deixando este cargo para se tornar assessor de Deputado Federal do PV, enquanto escrevia belos textos sobre...marxismo. Ufa! Se isso é independência partidária, de fato, Janio conseguiria “se dar bem melhor” na política seguindo tal tendência...
E Janio?
Enquanto isso, o Deputado Janio Mendes (FOTO) segue sua rotina. Ontem deu entrevsta ao Programa Iva Maria e falou da política local, carnaval e tudo mais. Alvo a todo momento na parca mídia alairzista - que hoje mal tem uma TV que já foi chamada de "Rede" - Janio mantém seu trabalho tranquilamente, sendo o Deputado mais atuante e mais presente da história da região dos lagos na Alerj, prestando contas de seu mandato à população todos os dias e em todos os cantos, com o Gabinete Móvel. Pena que os alairzistas não possam dizer o mesmo sobre a atuação (?) do chefinho quando passou (?) pela Alerj...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Comunicado carnavalesco

Comunicamos aos nossos leitores que voltaremos com nossas postagens neste blog na Quarta-feira de Cinzas, já com novidades e polêmicas sobre a Lei da Ficha Limpa e outros assuntos relevantes para nossa região. Bom carnaval para todos!

Depois do carnaval


Depois do carnaval o ano começa. Por que são necessários aqueles dolorosos dias entre o céu de férias privilegiadas dos desprivilegiados e a festa infernalmente momesca? De que valem as ficções pedagógicas e industriais do trabalho desumano, nas quais livres semanas de ação mascaram uniformes que camuflam colares floridos, fígados ávidos e sandálias ansiosas?

Depois do carnaval o tempo passa a correr normalmente – e normalmente corre o tempo rápido em tempo. Serão reuniões milhares, candidaturas postas em postes; postes candidatos e postas de candidaturas assadas em molho madeira – ou cara de pau. Coligações coaguladas se coalizam somente após o carnaval – teremos palanques armados, suspeitas confirmadas e votos definidos. Veremos quem é quem, mas máscaras a cair, sabemos, só depois do carnaval.

Antes do carnaval temos ensaios – de blocos e alianças. A folia política ora atua como quadras que explodem e avenidas que desabam; ora como silêncio pré-momesco aliado a desfiles sem defeitos. Antes do carnaval temos treinos, preparações, dicas e indicações – jamais jogos, ações, respostas e leis. Antes do carnaval, tudo é quase, tudo é pré, tudo é semi, metade, meio meia. Antes do carnaval, o Brasil é apenas um povo pré-mestiço e cansado, com belezas artificiais, afinal, a natureza, crente que é, retirou-se nesse período de pecado.

Depois do carnaval nasce o ano, temporão esse guri. Depois do carnaval, recolocamos a fantasia que usamos o ano inteiro e deixamos cair em fevereiro. Depois do carnaval, as fichas serão limpas e os mentirosos terão de se travestir em Colombinas a fugir em caminhos que levam ao fundo. Depois do carnaval, a cidade se prepara para o carnaval do ano que vem.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

(GRANDE) EDITORIAL – O medo dos alairzistas (dependentes ou "independentes")

Os independentes de Alair – transeuntes e blogueiros que amam Alair, não falam mal de Alair, detonam os adversários dele “mas são independentes” e apenas querem “o bem da cidade”, a cada minuto, inventam um novo ataque ao Deputado Janio Mendes. Inventam candidaturas que não existem para tirar Janio da Alerj; inventam fatos sobre Janio ser vice de quem está atrás dele nas pesquisas; renascem processos judiciais já encerrados há anos.

Interessante observar que os mesmos independentes que amam Alair esquecem que seu querido ex-Prefeito, ex-Vereador e ex-Deputado (embora mal tenha aparecido na Alerj) tem, por exemplo, três pareceres desfavoráveis do Tribunal de Contas referente às suas administrações anteriores no município: são os anos de 1997 (processo 250217-4/98), 1998 (processo 261139-7/99) e 2000 (processo 261815-0/01).

Além disso, entre 1989 e 2012, portanto, em um período de 23 anos, Alair Corrêa tem 32 citações processuais no Tribunal de Justiça. Claro que, em alguma delas o ex-Prefeito não é réu, e sim autor, mas esse número não passa de 7 ações. Assim, podemos dizer que Alair tem a seguinte média: um processo por ano como réu, desde 1989. Genial.

Só que os independentes não lembram disso. Atacam Janio Mendes a todo momento e a todo custo, enquanto divulgam patéticas pesquisas nas quais ele aparece em terceiro lugar. Sério? Mas qual perigo traz um candidato que figura apenas em terceiro lugar, já que o chefinho teria cativa quase metade das intenções eleitorais de Cabo Frio, de acordo com tais “fontes”?

Sem dúvida, o medo grassa no grupo de Alair, seja ele o grupo direto ou o grupo dos alairzistas que se travestem de“independentes”. O próprio Alair afirma a todo momento, em aparições públicas, que prefere polarizar com outro candidato - que se situa com bem menos intenções de votos do que Janio. O medo da polarização com o Deputado é evidente, enquanto, em postura completamente oposta, Janio afirma publicamente que quer enfrentar Alair nas urnas e dele vencer no voto, pedindo ao ex-Prefeito que “não fuja novamente do enfrentamento”, como fez em 2010, colocando Delma Jardim como candidata – que não alcançou nem metade dos votos de Janio na cidade.

Os fatos são claros, só não vê quem não quer. As estratégias surrupiadoras da verdade dos “indepentendes” fazem parte de um plano interno organizado para deter o avanço de Janio. Mas é claro que eles dirão que só batem no Deputado “por serem éticos, corretos, coerentes” e por quererem “o bem da cidade” e não o bem pessoal deles mesmos.
Claro. Você acredita? Ou já viu esse filme antes?

Boa tarde!

Sobre Miltão - o samba atravessado


Não assisti, mas fiquei sabendo que o Presidente da Liga das Escolas de Samba de Cabo Frio, Sr. Miltão, fez críticas a mim – mais especificamente ao texto que publiquei no jornal Folha dos Lagos em 28 de janeiro deste ano – em um programa televisivo veiculado em tv local ontem à noite. Não vi, de fato, o ocorrido, mas desde já, caso tenha sido a informação verídica, sinto-me no dever de responder e esclarecer:

1) Sou um apaixonado pelo carnaval, especialmente de Cabo Frio. Considero algumas pessoas que fazem parte da linha de frente do carnaval da cidade – seja pela Liga, Secretaria de Cultura ou agremiações – figuras de caráter notável, como é o caso do próprio Miltão, Chopinho, Felício, Bebeto Lima, José Corrêia, Rogério, João Gomes e tantos outros.

2) Acredito no carnaval de Cabo Frio, na sua evolução e na sua elevação como um dos melhores carnavais do estado do Rio de Janeiro.

3) Entretanto, não posso fugir à realidade dos fatos: considero sim que o sistema de distribuição de verba pública do carnaval deve ser revisto, não para diminuir repasses, mas, ao contrário, como é bem claro no meu texto, ampliar a verba das agremiações que demonstram trabalho, inserção da comunidade e produção de eventos ao longo do ano, penalizando, com retenção e diminuição de verba, as que apenas vivem de esperar a subvenção, sem transformar o dinheiro público em capital de giro, o que considero que ele deva ser – e falo isso para blocos e escolas igualmente.

4) Considero sim a Morada do Samba ainda um elefante branco, embora tenha tudo para se tornar o que pretende ser – e reconheço, no próprio texto, os esforços da administração em fazer do espaço o que se sonha dele. Confirmo sim que o turismo da cidade ainda vem em busca dos blocos e não das escolas – é uma constatação evidente nas ruas, ainda que os esforços sejam no sentido de alterar esse quadro. Finalmente, reforço meu entendimento de que o carnaval não deve ser totalmente financiado pelo poder público nem exclusivamente pela parceria privada, mas que o poder público deve fomentar a busca pelo incentivo empresarial, integrando as duas fontes de renda, como defendo claramente no texto.

5) Defender mudanças e tecer críticas não significa querer ser melhor do que ninguém, muito menos desgostar do carnaval da cidade – ao contrário, é por uma preocupação com nosso avanço nessa área que tecemos nossos comentários. O texto é claramente propositivo e crítico de forma construtiva, a não ser que se queira ler de outra forma. Aí é outro enredo...

À disposição para qualquer esclarecimento.

Fala que eu posto!

Sou moradora do centro de Cabo Frio,com frequência deparamos com o desrespeito ao pedestre.

Na sexta-feira, dia 10 de fevereiro por volta de 17h,turistas aguardavam encontro com o guia de turismo ocupando a calçada em frente a travessia do sinal do Mercado Econômico, com bolsas e etc , como se não bastasse,um carro estacionado descarregando, segundo o funcionário, mercadoria para o Chico's restaurante, pode imaginar a confusão?

Algumas pessoas como eu, tiveram que usar a rua como acesso ao mercado,pois a calçada que é a nossa via estava completamente obstruída.
Para completar a situação,dirigi-me ao guarda municipal que estava em frente ao mercado,fiz o questionamento da situação e recebi as seguintes respostas: "estou aqui para que os carros não estacionem frente ao mercado, outras dúvidas procure a quem de direito, o que está acontecendo não posso resolver".

Afinal, e o nosso direito de ir e vir com segurança onde està? Quais são os nossos direitos?Quais os deveres das autoridades e da Guarda Municipal? Onde vamos parar?
Somente a imprensa para nos ajudar, já recorri de outras maneiras, aguardo solução.

Abraços.
Elizabeth

Migalhas...

Opinião sobre o acidente no Riala
Mais uma vez, em um novo acidente no Riala, há a óbvia tentativa de aproveitamento do fato para atingir o presidente do parque, o ex-Prefeito, ex-Vereador e ex-Deputado Alair Corrêa (FOTO), atitude que repudiamos. É preciso separar as coisas e se solidarizar com a dor de mais uma família, que, na intenção de se divertir e viver seu lazer, passa por um momento trágico.

Mas não se pode fechar os olhos
E é justamente por separar as coisas que temos de fazer a crítica ao que deve ser criticado. As contradições entre as falas da esposa do senhor acidentado e o texto da nota oficial do Riala mostram que, sem a menor sombra de dúvida, alguém está mentindo. Caso fique provado que a nota emitida pela empresa está faltando com a verdade e que os pronunciamentos da esposa da vítima – que falam do descaso da administração do parque com o acidentado e rechaçam a tese da nota de “escorregão” na piscina – são verdadeiros, aí sim, será coerente nossa crítica e nosso repúdio à postura do Riala, bem como evidente a necessidade de processo judicial para apurar o caso, que seria, então, uma questão de responsabilidade penal na direção do presidente do Riala, e não do político Alair Corrêa, mas que nem por isso deixa de ser uma questão de interesse comum da população, pois diz respeito ao lazer e segurança dela mesma.

Quadra do Rui Barbosa
Esperada há décadas, a quadra esportiva do Colégio Municipal Rui Barbosa está sendo finalmente construída em andar acima das salas. Essa é mais uma vitória dos jovens estudantes, professores e funcionários da escola.

Programa sobre Teixeira e Souza na Alerj
O Deputado Estadual Janio Mendes e os professores Demócrito e Carlos Alberto Sepúlveda (FOTO) integraram o grupo que realizou um programa na TV Alerj acerca do escritor cabo-friense Teixeira e Souza. Antes e depois das gravações, conversas animadas – e sussurros – entre os três. Mas o tema não era TV, nem literatura...

Polícia no PT de Niterói
E ao que se conta, deu até Polícia Militar na reunião de ontem no Diretório Municipal do PT de Niterói. A disputa, mais uma vez, foi entre a indicação de Rodrigo Neves e Chico D’angelo para a candidatura à Prefeitura da cidade – ou à composição com Sérgio Zveiter, do PSD.

O papo foi...
O papo foi que Rodrigo Neves tentou impugnar a candidatura de Chico, com apoio do Vereador Vitor Junior, que teve seus direitos no partido suspensos por continuar apoiando Jorge Roberto Silveira (PDT) mesmo depois que o PT saiu do governo.

SEPE hoje
Hoje tem assembleia do SEPE-Lagos, no auditório da Escola Municipal Edilson Duarte, às 17h30min.

E o Sindicaf?
Já na segunda-feira, 17h30min, o SINDICAF – Sindicato dos Funcionários Públicos de Cabo Frio, se reuniu no Clube São Cristóvão. Estranho, porque esse sindicato raramente faz reuniões públicas com tanta divulgação...

Macaé também se reúne
Os professores do município de Macaé têm reunião hoje também, no mesmo horário de Cabo Frio. A reunião será na sede do sindicato (Rua Marechal Rondon, 08, Miramar) e a pauta será também a Campanha Salarial 2012.

E o trailer do Jacaré?
A Polícia Militar quer retirar o trailer que se faz presente na Rua do Pomar apenas durante o carnaval, colocando-o na Wilson Mendes, e prometendo o retorno após a folia de momo. Moradores e membro da Associação de Moradores do Jacré reivindicam que o trailer fique no local e já recolhem assinaturas para um abaixo-assinado. O Deputado Estadual Janio Mendes compareceu na última reunião com o comando do 25º BPM, acompanhado de quatro representantes da comunidade, e se disse disposto a apoiar os moradores na decisão que tomarem. Os moradores também querem saber porque o prédio construído para instalação do DPO no bairro ainda (FOTO) não foi devidamente ocupado pelos militares. Vem chumbo grosso por aí.

Rogerinho e Ariston
O Vereador Rogério do Laboratório, ex-PP, agora PMDB, conversava animadamente com o presidente municipal de seu novo partido, Bernardo Ariston (FOTO), no Acarajé do Jô, na última segunda-feira. O que será que confabulavam?

Domingo magro
Foi ótimo o domingo magro protagonizado pelo G.R.E.S. Vermelho e Branco nas ruas de Cabo Frio. Carlão, Felício, Márcio Agualusa, Vagão, Edu e outras figuras do mundo do samba estiveram presentes e animados – só falta a vermelhuda fazer bonito também na avenida...

Acaba tudo em pizza
Mas os amantes do carnaval parecem ter escolhido outro ponto de encontro nas noites da cidade. O presidente do G.R.E.S. Sol a Sol, Ricardo Chopinho; o Presidente do G.R.E.S. Vermelho e Branco, Márcio Agualusa e este blogueiro (presidente de coisa alguma) se encontraram casualmente em uma pizzaria na Vila Nova. A pauta: nem carnaval, nem política. Resolveram apenas...comer.

Bola Preta no Costa Azul
Domingo, dia 26 de fevereiro, é a vez do Cordão do Bola Preta se apresentar em Cabo Frio. O evento será no Clube Costa Azul. Zé da Velha e Silvério Pontes podem vir e a folia é certa.

Ficha limpa: decisão hoje
Para hoje está marcada a decisão do STF acerca da Lei da Ficha Limpa. Um dos principais pontos é a aplicação do princípio de anterioridade da lei, isto é – crimes cometidos a partir de quando são passíveis de condenação pela lei? Disso depende a candidatura de muita gente no país – inclusive em Cabo Frio...

Enquanto isso...
Enquanto isso, tem grupo político de Cabo Frio que procura problema na vida do adversário e esquece dos crimes do seu próprio umbigo. Contra esses, a primeira listagem das candidaturas impugnadas dará a resposta correta no tempo certo.

Polarização
E mesmo que Alair fuja – prefere polarizar com outro candidato com menos percentual de intenções de voto – o povo nas ruas já polarizou: nessa eleição é Janio contra Alair. A decisão é sua...

Projeto pró-vida passa pela CCJ
Por falar em Janio, o Deputado Estadual do PDT de Cabo Frio, que, ao contrário de Alair, aparece na Alerj, conseguiu mais uma vitória: seu projeto inovador (copiado, inclusive, na íntegra, por uma Deputado do Piauí), que institui o Programa Estadual de Prevenção ao Aborto e Abandono de Incapaz, foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Estado do Rio, com parecer favorável do relator, o deputado Luiz Paulo (PSDB).

O projeto
O objetivo do projeto é fomentar o apoio a mulheres grávidas com dificuldades econômicas e sociais e dar apoio jurídico àquelas que desejarem encaminhar a criança à adoção, propondo ainda a criação de Casas de Apoio à Vida, onde as gestantes poderão encontrar atendimento multidisciplinar com assistentes sociais, psicólogos e médicos.

Quem trabalha tem o que mostrar...
12 Deputados de diversos partidos apoiaram o projeto de Janio como co-autores, o que demonstra a capilaridade de articulações de Janio na Alerj. Claro – só consegue isso quem trabalha e vai a Alerj, o que a grande maioria dos deputados estaduais que Cabo Frio já teve não fez...aliás, você lembra os ex-deputados cabofrienses na Alerj/ Lembra o que fizeram? Está aí um bom tema para uma enquete...

sábado, 11 de fevereiro de 2012

O PT em Cabo Frio

Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 11 de fevereiro de 2012.
Tornou-se assunto nas rodas políticas a recente notícia da aprovação de indicativo do Diretório Municipal do PT de Cabo Frio pela aliança com o PDT, em apoio da candidatura do Deputado Janio Mendes à Prefeitura da cidade. A decisão aponta reflexões interessantes e envolve polêmicas, especialmente, a partir das críticas feitas por outros grupos políticos à questão.

Em primeiro lugar, cabe salientar que a aprovação de indicativo pelo Diretório não significa uma decisão absoluta e irrevogável, mas, no caso do PT de Cabo Frio, torna-se quase isso. Na verdade, a ideia original dos petistas da cidade era agendar para março essa decisão, mas, ao que parece, a antecipação da discussão se deu justamente pelo consenso entre as diversas correntes dentro do partido e pela necessidade de, o quanto antes, evitar o racha na legenda, que tanto prejudicou o partido em 2008, mal reconhecido pelos próprios filiados.

O canto de membros do PMDB sobre a possibilidade de mudança do quadro a partir de ação “de cima para baixo”, isto é, do Diretório Estadual ou Nacional, dificilmente é uma análise objetiva, tendendo mais a uma reação raivosa à derrota na articulação política. Pelo contrário – é o PMDB de Cabo Frio que, por enquanto, tem rompido com a tendência nacional e estadual, na qual as três legendas estão unidas (PMDB, PT e PDT).

Assim, PT e PDT já fizeram sua parte em Cabo Frio para manter essa aliança. O PMDB municipal, por outro lado – e por enquanto – tem atuado no sentido inverso, não só por não se ligar à dupla, mas também por se articular com partidos de oposição à base estadual e federal, tais como o PSDB e o PPS, o que as próprias instâncias maiores da legenda indicam como reprovável.

Dessa forma, como parece evidente, se fosse o caso de haver intervenção das esferas estadual e federal de um desses partidos, no sentido de evitar que alguma dessas legendas rompa com seus compromissos, essa intervenção, de certo, não seria feita no PT, mas no PMDB de Cabo Frio.

Além disso, o PT possui um sistema de autonomia dos diretórios municipais invejável. É evidente que as diferentes correntes do partido seguem suas lideranças maiores nas esferas mais amplas do que a municipal, tais como o Senador Lindberg, os Deputados Benedita da Silva e Chico D’ângelo, e o Ministro Luiz Sérgio. Mas é de conhecimento público que o PT respeita as decisões locais – a não ser que estas rompam com compromissos maiores, como a negativa de aliança com os partidos da oposição ao governo Dilma.
Nesse sentido, consolida-se em Cabo Frio uma alternativa que busca romper com o modelo padronizado, por décadas, de gestão dessa cidade. Uma alternativa progressista, porém responsável, moderada e pautada numa gestão organizada, que visualize a inserção de Cabo Frio na rota do progresso econômico que permeia a região e o estado do Rio de Janeiro.

Os interessados em colaborar deveriam juntar-se aos que já se uniram, em consonância com o governo que tem revolucionado o Brasil desde 2002, e não sonharem com mudanças que destruam suas próprias promessas.

Espaço Câmara Cultura - Nova Exposição


Eu já decidi - sou mais Estácio. E você?


Migalhas...

Carminha volta à Câmara
A Vereadora Carminha Gerominho, do PT do B (FOTO chorosa ao lado) teve seu mandato devolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE). Filha do ex-vereador Jerônimo Guimarães, o Jerominho, e sobrinha do ex-deputado estadual Natalino Guimarães, condenados a 10 anos de prisão por chefiarem uma milícia na Zona Oeste, Carminha havia sido cassada por arrecadação ilegal de recursos, referente à campanha de 2008. Olha a bandidagem na política aí gente! Segura cavaco!

Ministros do PP
O novo Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP) tomou posse já sob denúncias, ao substituir o antecessor, Deputado Federal Mário Negromonte (FOTO), do mesmo partido, que deixou o cargo após uma chuva de acusações de corrupção.

Interessante...
Interessante observar que os blogs alairzistas fizeram um escândalo com a saída de Carlos Lupi (PDT) do Ministério do Trabalho, mas não deram um pio sobre essa dupla problemática do PP, partido do chefinho Alair e dos ilibados Dornelles, Maluf, Bolsonaros e companhia. Isso é que é independência!

Agressão familiar agora pega
O oferecimento de denúncia na Justiça contra quem agride no ambiente familiar não dependerá mais da vontade da vítima, segundo definiu na quinta-feira o Supremo Tribunal Federal (STF). Por 10 votos a 1, os ministros decidiram que o Ministério Público pode entrar com a ação penal, em casos de violência doméstica, mesmo que a mulher decida voltar atrás na acusação contra seu companheiro. Se você gosta de bater na sua mulher ou nos seus filhos com violência, acenda uma vela contra o STF, que mais uma vez mostrou que sabe das coisas.

Para quem gosta de novela
Bárbara Toledo, presidente da Associação Nacional dos Grupo de Apoio à Adoção, endereçou uma correspondência a Aguinaldo Silva, autor da novela Fina Estampa, criticando a forma com que o trauma da personagem Teresa Cristina tem sido tratado. Segundo Bárbara, é uma tendência “preconceituosa” abordar que o distúrbio psicológico da personagem se deve ao fato de ter sido adotada. O segredo da personagem seria ser filha biológica de uma empregada que morreu louca num sanatório. Por ter sido adotada, legalmente, por uma família milionária, teria surgido todo o problema. Uma lástima, amis uma vez, do canal mais de direita desse país.
Carnaval vazio
A se julgar pelos ensaios de ontem do G.R.E.S. Paz e Harmonia, na Gamboa, e G.R.E.S. Em Cima Da Hora, na Morada do Samba, o carnaval 2012 pode deixar a desejar no quesito comunidade. Ambos estavam bem vazios.

Porém...
Porém hoje tem Vermelho e Branco no Bairro União, com aquele pré-ensaio no Bar 90 Graus.

E no Rio...
E quem pode atravessar a ponte Rio-Niterói, vale a pena conferir a Feijoada da Mangueira, a partir das 13h no Palácio do Samba, seguida de ensaio da agremiação. Às 14h é a vez do bloco Simpatia é Quase Amor atravessar Ipanema.

Ainda no Rio
Amanhã, domingo, é dia de Suvaco de Cristo, às 19h, no Jardim Botânico, roda de samba do Cacique de Ramos, às 17h, em Ramos, e Escravos da Mauá, na Gamboa, às 12h. Na Gamboa da Capital, Zona Portuária, é claro.

E na terra de Paulo Mello...
Mas quem preferir ficar mais perto, em Saquarema, terra de Paulo Mello (FOTO), tem Diogo Nogueira. O que é melhor – gratuito.

Ainda Paulo Mello
O Deputado do bigodão está todo feliz – conseguiu inaugurar nessa semana uma das maiores FAETEC’s do estado em Bacaxá.
Mulheres de Areia
Há, na Praia do Forte, próximo aos quiosques, um artista que esculpe geniais peças em areia, recebendo atenção - e gorjetas - dos transeuntes. Seria uma boa que a iniciativa pública ou privada apoiasse esses e outros artistas. Já pensou um festival internacional de esculturas em areia na mais linda praia do Brasil, a praia do Forte?

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

EDITORIAL – a sazonalidade

Com o fim das férias e do chamado veraneio, Cabo Frio começa a respirar ares de realidade e rotina anual – o que não é bom para uma boa parte dos cidadãos, especialmente os comerciantes.

O problema da sazonalidade permanece como uma pedra no sapato do lojista de Cabo Frio. Se antes a questão era disfarçada pelo fato do empresário lucrar dividendos para o ano todo em apenas dois meses, hoje em dia, não sendo mais possível tal ganho, o problema passa a ser desespero.

A atual gestão municipal transformou o combate à sazonalidade e ao turismo de massas em discurso. Acordou para o problema, mas ainda não o resolveu.

Parece que a próxima administração municipal terá de dar um novo passo, saindo do campo da teoria para a prática, gerando empregos perenes, trazendo investimentos externos e esquecendo a tese de que a cidade se sustenta sozinha, com ou sem turismo.

Bom dia!

DICA CULTURAL - ensaio do grupo Bicicleta Funana

Hoje é dia de mais um ensaio do irreverente grupo musical Bicicleta Funana no Café Imaginário (Boulevard Canal) a partir das 20h. Com sátiras e paródias, os estranhos meninos dão um show de bom humor, com direito a participação do público. É a boa pedida desta noite de quarta, além do jogo do Vasco pela Libertadores, claro, às 22h.

Graduação em História na Estácio Cabo Frio: Matrículas abertas!


Migalhas...

Com qual partido eu vou?
Surpreendeu a notícia de que a Vice-Prefeita Delma Jardim encontra-se com dupla filiação partidária, o que pode atrapalhar sua vida como candidata em 2012. O advogado Adriano Bandeira encontra-se, ao que parece na mesma situação. Pelo jeito, a primeira lista de impugnações de candidaturas vai estar recheada.

E tem mais...
As fontes são do Espião Fantasma, que andou passeando pelos corredores do TRE e descobriu as pérolas. Pelo que parece vem mais nomes surpreendentes por aí. A exclusividade da notícia, entretanto, é de Vinicius Peixoto, em seu ótimo blog www.viniciuspeixotoblog.blogspot.com

Análise olímpica
Muito boa a análise de Bruna Knauft sobre a relação entre Cabo Frio e as olimpíadas de 2016. Utilizando leis e dados concretos, Bruna provocou uma análise crítica, mas construtiva. Dizem que o Secretário de Esportes Eliseu Pombo não gostou muito...mas não é verdade que Bruna pediu ao Vereador Zé Ricardo (FOTO) para “bater um papo” com Pombo e esclarecer a questão...

Chumbinho dentro?
Se Inês Pandeló (PT) fosse mesmo deslocada para a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal, Cláudio Chumbinho (PT) poderia assumir uma vaga na Alerj até outubro. Seria um bom gás para a campanha do moço à Prefeitura de São Pedro da Aldeia. Porém, a professora Eleonora Menicucci foi nomeada para o cargo ontem. Uma pena – a região poderia ter mais um nome atuante na Alerj, reforçando a dupla PDT-PT, que já se articula em Cabo Frio, também em nível estadual.

Alairzistas torcem por Felipe
Enquanto isso, os independentes de Alair torcem para que Felipe Peixoto seja o candidato à sucessão de Jorge Roberto Silveira em Niterói. Há quem diga que alguns já até alugaram um carro para participar das prévias do PDT niteroiense com camisas levando a foto de Felipe.

Qual é o objetivo?
O objetivo é afastar e minar ao máximo a candidatura do Deputado Estadual Janio Mendes (PDT). É o medo. Fora a inveja por causa de projetos sobre o Gabinete Móvel. Na verdade, é falta de hábito – eles nunca tiveram Deputado, quanto mais um que prestasse contas do trabalho para a população indo às ruas. Afinal, só mostra trabalho quem aparece para bater ponto...

Desespero
Já outro grupo político da cidade, que não tem mais do que 7 pessoas, afirma de pé junto que seu candidato a Prefeito tem apenas 1% a menos que o primeiro colocado nas pesquisas para o pleito de 2012 em Cabo Frio; que um outro candidato será seu vice e que um terceiro nem será candidato. São os assessores sonhadores...
Alair deixa claro
Alair tem deixado claro, em suas aparições públicas, que não quer polarizar com Janio Mendes, mas sim com Alfredo Gonçalves, Claro! Até eu iria querer...

Janio triste
Enquanto isso, após conseguir o apoio do PT de Cabo Frio oficialmente, Janio declarou que só tinha uma tristeza no meio da semana – o Fluminense. Ontem tudo ficou resolvido com o gol de Fred na vitória pela Libertadores. É evidente o clima na cidade no que se refere à polarização entre as candidaturas de Janio e Alair. Aliás, Janio já chamou o ex-Prefeito e ex-Deputado para o enfrentamento político direto nas urnas, quando foi ao Programa Sidney Marinho.

Alex Rep
Ontem fui abordado na rua por Alex Rep, o célebre comentarista deste e outros blogs – sim, ele existe. Conversamos, refletimos, criticamos e Alex mandou até recados. Foi um prazer conhece-lo.

Os nomes do PDT
O Presidente do PDT, Carlos Lupi (FOTO), afirmou que ventila cinco nomes, se for chamado para indicar o novo Ministro do Trabalho do Governo Dilma: os pedetistas Brizola Neto (Dep. Federal); André Figueiredo (Dep. Federal); Vieira da Cunha (Dep. Federal); Manoel Dias (secretário-geral do PDT); e o líder no Senado, Acir Gurgacz (RO).

As promessas do presidente
O presidente do PT de Cabo Frio, José Marcos, há alguns meses, me encontrou por acaso em um posto de gasolina – que não tem bomba da Prefeitura – em São Pedro da Aldeia e afirmou que, até março, o partido decidiria quem apoiaria para Prefeito, e que marcharia coeso, sem divisões internas, todas as tendências aderindo ao candidato escolhido, inclusive os que discordassem, para que o partido não ficasse dividido como em 2008. Zé cumpriu sua promessa.
Assustado
O professor Babade tem se assustado ao tentar abrir nosso blog e dar de cara apenas com a cara do blogueiro. O susto é esperado, mas a falta dos outros elementos virtuais deve fazer parte de algum problema no computador. Evandro Mureb já se disponibilizou a consertar o erro e impedir que o milenar professor tenha seu coração afetado pela imagem horrenda.
Indefinição
E por falar em Babade,o PSOL ainda não definiu se Cláudio Leitão deve vir candidato a Prefeito ou a Vereador. Eu já dei minha opinião...se Leitão vier candidato ao Legislativo, o Professor Babade deve ser o candidato a Prefeito pela legenda.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

EDITORIAL – Primeiras definições

O pleito de 2012 tem se mostrado um dos menos definidos e menos antecipados dos últimos anos. Não tivemos uma pré-campanha acirrada, nem adesivos pré-eleitorais volumosos. Muitas coligações, parcerias e candidaturas ainda se encontram indefinidas e a “última hora” tem sido adiada para a maioria dos personagens políticos, na verdade, tudo pela dificuldade do governo em apontar um nome forte para a sucessão.


Entretanto, as primeiras definições mais contundentes começam a surgir, como o recente indicativo do Partido dos Trabalhadores em apoiar a candidatura do PDT. Com isso, consolida-se a articulação entre o Senador Lindberg Farias e o Deputado Estadual Janio Mendes e surge uma candidatura com o estofo de um tempo de TV robusto e o apoio do Governo Federal.

Caso consolide também o apoio do governo do estado no pleito, a candidatura de Janio, além de chegar com força nas eleições, conseguirá reunir duas correntes que parecem ainda adversárias para 2014 – Sérgio Cabral e Lindeberg. Será, sem dúvida, um feito político, que nem as candidaturas veteranas de grandes cidades conseguiram realizar.

Já estando definida, na mente da população, que essa candidatura polariza com a do ex-Prefeito Alair Corrêa, teremos, então boa parte da briga definida na cidade.

Bom dia!

O Espião Fantasma viu...


Uma certa Prefeitura da Região dos Lagos abastece seus carros em um único posto de gasolina, por meio de notas que paga a prazo. Acontece que o dono desse posto resolveu inovar: ele criou “a bomba da Prefeitura”.


É que uma das bombas de gasolina aditivada é 10 centavos mais cara do que as outras. Os funcionários são orientados a abastecerem nesta bomba "recheada" somente os veículos da Prefeitura.

Será?

sábado, 4 de fevereiro de 2012

PT DE CABO FRIO DECIDE: AGORA É JANIO!

Por 23 votos a favor, nenhum contra e 6 abstenções, o Diretório Municipal do PT de Cabo Frio acaba de decidir oficialmente, em reunião terminada agora a pouco, o indicativo de aliança com o PDT para apoio à candidatura do Deputado Estadual Janio Mendes à Prefeitura da cidade. PDT e PT irão caminhar juntos em 2012, ao lado de outros partidos, como PV, PCB, PSDC, PPL, PMN e PHS.

EDITORIAL – A cara da cara

Os recentes episódios ocorridos na Câmara Municipal de Cabo Frio denotam bem o quadro atual que temos na política local.

O interesse pelas benesses, favores, divertimentos e gratuidades oferecidos pelos donos do dinheiro aos donos do poder valem muito mais do que o trabalho em favor da população.

Há brigas, rusgas e divisões sim, mas não por causa de temas necessários e essenciais ao cidadão e sim por causa de...micaretas.

Se a resposta não for dada nas urnas, o povo de Cabo Frio mostrará que tem cara de bobo, porque, de cara limpa, assistirá a manutenção da cara que a política legislativa da cidade tem – a mais pura cara de pau.

Qualquer semelhança é mera consequência

Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 4 de fevereiro de 2012.

Inicia-se o mês de fevereiro e, com ele, retornam as aulas nas redes públicas municipais no estado do Rio de Janeiro. Com o retorno, evidenciam-se também velhos problemas estruturais da gestão educacional, comuns em muitas cidades. São vícios perenes, administrativos e/ou políticos, imersos numa histórica construção mental e social de duas figuras: o gestor educacional e o professor.

Em seu sentido mais amplo, o gestor educacional alimenta, nas prefeituras do estado, diversos vícios administrativos, boa parte deles fundamentados na representação historicamente construída pelos grupos detentores de poder acerca do professor – representação essa que se cristalizou na maioria das mentes da classe docente. Um desses vícios é o da informalidade.

Alguns direitos históricos do professorado, por exemplo, são baseados em costumes não legislados. É o caso da prioridade de escolha de horário de aulas, que, na maioria das prefeituras fluminenses, beneficia os professores mais antigos na unidade de ensino. Em grande parte dos casos, tal direito não possui regulamentação legal, podendo ser retirado da classe pelo gestor público sem a menor cerimônia, através de uma medida legal – ainda que tal atitude seja uma temeridade e um desrespeito moral aos profissionais.

A jornada de trabalho – pasmemos – é também, muitas vezes, fruto de acordo entre a classe docente e ex-prefeitos nem sempre honestos com o professorado. Há prefeituras fluminenses, por exemplo, nas quais a legislação determina jornada maior do que a que a classe de fato cumpre. Onde isso está escrito? Em lugar algum. Caso decida o gestor público, arbitrariamente, obrigar o cumprimento de 25 horas semanais de trabalho, não será a lembrança serena e doce de uma conversa com um prefeito velho, careca e risonho que irá impedir a ação prejudicial ao docente da rede.

Com esses dois exemplos, creio, percebemos que a romantização da figura do professor, na história da educação brasileira, não constitui apenas uma imagem externamente construída sobre a classe, observável em frases e propagandas que remetem à salvação do país pelo mestre, ainda que achatem seu salário e lhe dificultem direitos mais simples como a formação continuada em instituições de ensino superior.

Essa imagem parece ter sido também internalizada, ainda que sem consciência clara, por boa parte da própria classe docente. Afinal, creio que apenas a aceitação dessa concepção sentimental, informal, simpática e “boa praça” do professorado possa ter gerado a concordância com acordos verbais sobre direitos tão fundamentais num passado próximo.

Nesse sentido, acredito que seja necessário desmascarar e desmitificar a gestão da educação municipal, mas dos dois lados. Do lado do gestor, é necessário encampar uma postura menos discursiva, que maquia sentimentalmente as reais intenções de contenção de gastos com o professor, a fim de que sobre mais para os amigos e os passeios, trazendo para a legalidade e para a transparência os direitos e deveres dos diversos membros da rede.

Do lado do professor, é necessário o abandono da mentalidade missionária da profissão. A exigência de uma relação mais objetiva e burocrática com a gestão pública pode transformar nossos sindicatos, associações e institutos em instâncias reais de negociação e construção política, ao invés de campos de discursos sonhadores e vitórias informais. Antes de encerrar, nem é preciso salientar que tudo isso acontece em um país muito longe daqui – qualquer semelhança é mera consequência.

Migalhas...

Mulher no poder
O assunto que rolou pela Câmara Municipal ontem foi o sermão dado pela esposa do Presidente Silas Bento (FOTO) no Vereador Fernando do Comilão. É que Fernando teria convocado uma reunião entre alguns Edis para pedir a cabeça do Diretor-Geral Oscar Neto. Durante a semana, ela já teria avisado que viria a Câmara “conversar um pouco com o Vereador Zé Ricardo sobre transparência”.

Acordão
A verdade é que há sempre acordos tácitos entre os Vereadores. Quem não coloca lenha da fogueira é preservado, mas quem mexe no vespeiro acaba sendo atacado. Deu no que deu...

E os ingressos?
Interessante observar que parte da polêmica se deu por causa de ingressos do Cabofolia. Não havia nada mais importante para fazer na Casa Legislativa? As Sessões Plenárias, que recomeçariam na quinta-feira com pompa e circunstância, tiveram seu retorno adiado – o motivo teria sido um problema técnico na mesa de som. Será?

Briguinha na Alerj
O brigão em Cabo Frio ganhou sua versão light na Alerj. O papo é que na primeira sessão do ano na Casa, na última quarta-feira (01), Robson Leite (PT - FOTO) atacou as privatizações do governo FHC, e recebeu resposta do tucano Luiz Paulo: "Não vou responder o parlamentar petista que me antecedeu. Nunca vi partido tão corrupto". Pelo menos não foi por causa de micareta...

Ferlagos e a transparência
Dias 13 e 14 de fevereiro são as datas nas quais a Ferlagos realizará a 1ª Conferência Municipal sobre Transparência e Controle Social (Consocial). O objetivo é preparar metas e propostas para a 1ª Conferência Regional, em 17 e 18 de março (Rio de Janeiro) e a Nacional, entre os dias 18 e 20 de maio, em Brasília.

Ensaios sobre duas rodas
O grupo Bicicleta Funana fará seus ensaios todas as quartas-feiras, a partir das 20h, no Café Imaginário. O primeiro da série foi de morrer de rir. Um show está agendado para o dia 16 de fevereiro no Teatro Municipal. Imperdível.

Já tem cover?
Já tem gente querendo organizar uma banda cover do Bicicleta. Mas já?

Choppinho quente
Quem anda trabalhando dobrado na reta final do carnaval é o Subprefeito do Jardim Esperança, Choppinho. Ele e sua equipe tem soltado fogo pelas ventas para colocar o G.R.E.S. Sol a Sol na Avenida com chances reais de vitória. O desfile da escola já tem a apresentação muito adiantada – detalhe: extremamente bela.

Ensaio na Morada
Por falar em Sol a Sol, a escola está realizando seus ensaios às segundas-feiras, a partir das 21h, na Morada do Samba. Por lá estiveram, na semana que passou, figuras como Jorge Bongô e Felício Batista – garantia de bagunça na certa.

Delegacia legal
Após anos de luta, parece que finalmente Cabo Frio vai ter uma Delegacia Legal. Modelo em todo o estado, apenas Cabo Frio não possui um exemplar da modernidade, dentre as grandes cidades da região. Após anos nos contentando com máquinas de escrever velhas e celas suspeitas, pode ter chegado a hora de melhorar.

Delegacia legal II
A empresa M. Alves Construtora venceu a licitação, e, após a homologação do contrato, executará a obra, que deverá estar pronta em 180 dias. A ideia é construir a Delegacia Legal no mesmo terreno da 126ª DP.

Delegacia legal III
O projeto tem sido uma das principais bandeiras do Deputado Estadual Janio Mendes (PDT) desde o início do mandato. Nessa semana, o parlamentar se reuniu o também Deputado Sabino e com César Campos, coordenador do Programa Delegacia Legal.

Perna curta
O blogueiro Vinicius Peixoto tem desmentido algumas histórias/estórias contadas pelos independentes de Alair, claro, sobre a atuação do Deputado Janio Mendes. Vinicius coordena o ótimo blog www.viniciuspeixotoblog.blogspot.com

Gabinete Móvel
O novo foco, claro é o gabinete móvel. O espanto é previsível – Alair Corrêa, quando Deputado, mal ia à Alerj, por isso, não teria como criar um projeto para rodar as cidades da região e prestar contas do seu mandato...

Estácio
E o curso de História da Universidade Estácio de Sá continua com matrículas abertas e de vento em popa. Há bolsas, facilidades, financiamento, promoções como o amigo indica e toda a ajuda e facilidade para a formação no melhor curso de história da região, que conta com linhas de pesquisa, revista eletrônica e, em breve, laboratório de restauros. Vale a pena conferir.

Carnaval em Cabo Frio
Ontem foi noite de G.R.E.S. Paz e Harmonia, que tem ensaiado todas as sextas na Praça Major Terra, na Gamba. O G.R.E.S. Império de Cabo Frio também manda seus ensaios às sextas na quadra do Itajurú, enquanto o Bloco Parókia diverte a galera no mesmo dia, “depois da novela”, segundo os organizadores.

Encontro dos Blocos
Domingo é dia de encontro dos blocos de Cabo Frio às 17h, no Bar do Costela. Essa não dá para perder.

Vermelho e Branco
E para quem quer curtir o melhor ensaio carnavalesco de Cabo Frio, vale a pena conferir a festa que o G.R.E.S. Vermelho e Branco realiza todos os sábados em sua quadra no bairro União. A tendência é aquecer as turbinas com o samba no Bar 90 Graus e partir para a folia.

Porém...
O problema é que a quadra é extremamente quente e que ainda falta muito – muito mesmo – para a agremiação colocar um carnaval decente na avenida. Desfilando no grupo de acesso, a Vermelho e Branco tem recursos, o melhor ensaio da cidade, uma comunidade atuante, mas carece de uma gestão que faça o principal – colocar um carnaval digno na Morada do Samba.

Blocos cariocas
Quem prefere curtir o pré-carnaval na capital, cabe lembrar que sexta-feira foi dia de Escravos da Mauá e Simpatia é Quase Amor ensaiarem. Hoje tem Imprensa que eu Gamo às 15h e Bloco das Carmelitas às 19h30min, ambos entendidos como membros do seleto grupo de blocos tradicionais geniais do Rio de Janeiro.

Universidade das Quebradas
O multiartista Fernando Chagas (FOTO) foi selecionado para participar do Programa Universidade das Quebradas, da UFRJ, que busca disseminar atividades culturais em favelas cariocas.

Semana Teixeira e Souza
Já está no formo a programação da Semana Teixeira e Souza 2012, que acontece em março. Em breve, novidades.

Tablets para professores
A partir do segundo semestre, o Ministério da Educação (MEC) deve iniciar a distribuição de tablets para 598.402 docentes do Ensino Médio. Os primeiros da lista são os professores de escolas que já têm internet em alta velocidade (banda larga), que somam 58.700 unidades. A ideia é o computador portátil chegar a 62.230 escolas públicas urbanas. Nem precisa dizer que a Positivo foi uma das empresas vencedoras da licitação...

Comte fora
O deputado estadual Comte Bittencourt (PPS) deixou a Assembleia Legislativa nessa semana para assumir a Secretaria de Governo de Niterói. É que o PPS passa a fazer parte, com vigor, da aliança de reeleição de Jorge Roberto Silveira à prefeitura local.

Juca do PT
E o ex-Ministro da Cultura Juca Ferreira saiu do PV e foi para o PT.

Marina Silva do PMA?
Surge no cenário político o PMA – Partido do Meio-Ambiente, que ainda não terá tempo, verba nem candidatos em 2012, mas se prepara para 2014. A articulação não é da ex-PV Marina Silva (FOTO), como corre à boca pequena. Jurandir Silvério é o Presidente nacional da nova legenda.