sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

EDITORIAL - O Natal e os professores

A Rede Globo tem veiculado a propaganda da emissora sobre o Natal antes da propaganda que remete ao professor brasileiro a "origem" de tudo de bom que se realiza na nação.




Nada mais propício - ambas as peças geram alienação instantânea.




O Natal, sempre visto como show de luzes e fraternidade, na verdade, amolece corações para que se abram os bolsos.




Já o professor brasileiro recebe o título de "fonte de todas as coisas boas do país" para ficar feliz e, com o ego inflado pela esmola midiática, esquecer da luta por melhores condições, salários e oportunidades de formação continuada.




Por isso eu prefiro ver Cidade Jardim...




Bom dia!

Nenhum comentário: