terça-feira, 13 de dezembro de 2011

EDITORIAL - é tudo coincidência

O site Placar Real realizou neste ano uma recontagem da tabela final do Brasileirão, consertando placares a partir de alterações que ocorreriam se os erros de arbitragem não tivessem existido.




Pelo site, o Vasco seria o campeão, o Botafogo estaria na Libertadores, o Flamengo estaria fora e o Cruzeiro estaria rebaixado.




O presidente do Vasco, Roberto Dinamite, não foi convidado para a premiação da CBF. A justificativa foi uma falha no sistema de promoção da festa.




Junto à contratação do Presidente do Corinthians para ser Diretor de Seleções da CBF na penúltima rodada do brasileirão, temos um conjunto brilhante de "coincidências" no futebol brasileiro, o que não desmerece o ótimo futebol corintiano. Tudo isso acontece em meio a polêmicas nas relações entre política e futebol; queda do Ministro dos Esportes; denúncias contra Ricardo Teixeira; renúncia de João Havelange; milhões disponíveis para a Copa de 2014.




Tudo coincidência...




Bom dia!

Um comentário:

Anônimo disse...

No ano passado, estava tudo arranjado tbm, mas eles não contavam com a campanha do Fluminense e os adversários que sobraram para o campeão na reta final: São Paulo e Palmeiras, que fizeram jogo de cumadre com o Flu. Resultado, Corínthians em terceiro, com homenagens a centenário, presidente Lula e o escambau no Municipal do Rio. A festa era para os paulistas, mas quem ficou com o premio foi o Flu. Esse ano eles foram mais competentes na armação.

Renato Silveira