ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

PREVISÕES PARA DOMINGO


Aderindo à onda dos companheiros blogueiros da cidade e região, também eu quero publicar minhas previsões de resultados para as eleições de domingo. Venho preparando e revisando meus pitacos há alguns meses, esperando a maior proximidade possível do domingo para sentir melhor o clima da cidade e região, bem como acompanhar as mais recentes pesquisas internas.

Como venho trabalhando de maneira mais próxima com as pesquisas internas para o cargo de Deputado Estadual, os palpites serão mais detalhados neste caso. Pelo fato de transitar no trecho Cabo Frio – Macaé com constância, me arriscarei a palpitar também sobre algumas candidaturas a nível macrorregional.

PARA DEPUTADO ESTADUAL

Segundo o TSE, Cabo Frio evoluiu de cerca de 117.000 eleitores em outubro de 2008 para 127.000 em julho de 2010, logo, um aumento de 10.000 eleitores ou 8%. Logo, como tivemos cerca de 91.000 votos válidos nesta eleição, deveremos ter cerca de 98.000 votos válidos nestas eleições. Nossos cálculos serão feitos em cima desse quantitativo.

Janio – Vem mantendo um percentual de 23% a 25% das intenções de votos em Cabo Frio nas pesquisas internas desde abril, o que lhe daria um resultado de 22.500 ou 24.500 votos na cidade. Como teve cerca de 7.000 fora da cidade quando se candidatou a Deputado Federal em 2006 com uma campanha bem menos estruturada, deve alcançar, pelo menos, 10.000 votos fora de Cabo Frio. Com um total de 32.500 a 34.500 votos, será eleito Deputado Estadual com sobras pelo PDT, que fará entre 12 e 14 Deputados Estaduais, segundo as pesquisas do IBPS – a maior bancada da ALERJ.

Fernando do Comilão – Será o segundo mais votado da cidade, entre 12.500 e 16.500 votos. Não se elege.

Delma Jardim – Será a terceira mais votada da cidade, entre 8.000 e 12.000 votos. Não se elege Deputada porque a legenda do PP é uma das mais fracas e deverá fazer apenas uma cadeira, que será do candidato Tucalo.

Froilan – Receberá uma votação entre 4.000 e 6.000 votos em Cabo Frio. Não se elege.

Paulo Melo – Receberá em Cabo Frio uma votação entre 4.000 e 7.000 votos. Será eleito Deputado Estadual com votos em toda Região dos Lagos e Região Metropolitana.

Chumbinho – Com a força do PT em Cabo Frio, receberá entre 2.000 e 4.000 votos em Cabo Frio. Em São Pedro, que deverá ter cerca de 45.700 votos válidos, receberá cerca de 50% dos votos, totalizando cerca de 22.800 votos na cidade. Juntando os votos em outros municípios, deverá ter entre 27.000 e 30.000 votos. Não se elege porque a legenda do PT é fraca para o cargo.

Felipe Dias – Uma das surpresas dessa eleição. Deverá ter entre 1.500 3.500 votos na cidade. Não se elege.

Miguel Jeovani – Receberá entre 1.000 e 3.000 votos em Cabo Frio. Será eleito Deputado Estadual pela rejeição a Paulo Melo nas cidades de Araruama, Saquarema e Iguaba Grande.

Emanoel Fernandes – Receberá entre 1.000 e 2.500 votos em Cabo Frio. Não se elege.

Cláudio Leitão – Deverá quase dobrar sua votação para Prefeito em 2008, que foi de 695 votos. Terá entre 900 e 1400 votos na cidade. Não se elege.

Kiko, Márcio Jone, Lins, Valfredo Gordo, Waknin e Bicho de Pé – Até 400 votos. Somente Marcio Jone pode passar disso. Não se elegem.

SabinoSerá eleito Deputado Estadual com forte votação em Rio das Ostras, Macaé, Casimiro de Abreu, Barra de São João e Tamoios. Deixou saudades em parte da população de Rio das Ostras e se elege na rejeição ao atual Prefeito.

DEPUTADO FEDERAL

Paulo César será eleito com votos de Cabo Frio e Região. Carlos Victor terá boa votação, mas não será eleito. Os votos de Romário não puxarão sua vitória, mas sim a do companheiro de partido Xico Pintado, que será eleito com votos em Araruama, Iguaba Grande e Saquarema. Aluízio, da Região de Macaé/Rio das Ostras/Casimiro de Abreu entra na mesma situação de Chumbinho: será muito bem votado como adversário do Prefeito Riverton (Macaé) mas não será eleito pela legenda fraca do PV para o cargo. Bernardo Ariston quase não entrou em 2006 e não será eleito em 2010.

BANCADA DA REGIÃO

Na ALERJ: Paulo Melo, Sabino, Miguel Jeovani e Janio.

NA CÂMARA FEDERAL: Paulo César e Xico Pintado.

OUTROS RESULTADOS

Na Presidência, vitória de Dilma no 1º turno e no Estado do Rio vitória de Cabral também no 1º turno. No Senado, César Maia dá uma pernada em Crivella e se elege Senador com Lindberg.

CONCLUSÃO

Independente do resultado, uma previsão é certa: se o eleitor de Cabo Frio optar por um voto limpo, consciente, pensando em eleger um nome da região, com história política e experiência, que já demonstrou em outros mandatos a transparência, a assiduidade e a participação, teremos um futuro mais feliz para nossa cidade, a começar de domingo. Boa eleição para todos.


terça-feira, 28 de setembro de 2010

DEPUTADO FEDERAL JOSÉ TATICO (PTB) VAI DORMIR TODO DIA NA CADEIA


Em decisão inédita na história do país, o STF determinou a prisão em regime semi-aberto do Deputado Federal José Tatico do PTB de Minas Gerais. O Deputado foi condenado por apropriação indevida no cargo e por não repassar ao INSS as contribuições dos empregados. Candidato à reeleição, o TSE ainda terá que definir a impugnação ou não da candidatura do Deputado, visto que a Lei do Ficha Limpa permanece uma incógnita para esta eleição, por conta de decisão (na verdade indecisão) do próprio STF. O Deputado tem direito a recurso ao mesmo Supremo Tribunal Federal, mas ocmo a decisão foi unânime, dificilmente Tatico escapará da condenação. O Deputado deverá dormir na cadeia todos os dias, saindo apenas para trabalhar (????).

COMENTÁRIO: Legal, mas é uma compensação do STF pela vergonha na discussão do Ficha Limpa.

EM BREVE NESTE BLOG: PREVISÕES DE RESULTADOS DAS ELEIÇÕES 2010.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

FALECEU OTIME CARDOSO DOS SANTOS , O TIMINHO


Faleceu na noite de ontem Otime Cardoso dos Santos, o Timinho, ex-Prefeito de Cabo Frio.

Nossas condolências à família, na pessoa da sua esposa Arilda.

O velório acontece neste momento na Capela Mortuária, ao lado do cemitério Santa Isabel. O enterro acontece às 15h30min de hoje.

Timinho foi Presidente da ACIA entre 1967 e 1970, além de Vereador, Vice-prefeito, Prefeito da cidade e Deputado Estadual por dois mandatos. No ano passado, recebeu Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Cabo Frio por sua vida política.

É mais uma perda para a política de Cabo Frio num mês de tragédias.

Agradecimentos ao Blog Freelancer Digital, de Cristiane Zotich, do qual respeitosamente obtivemos algumas informações e também a imagem dessa postagem.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

NOVA PESQUISA DO IBPS AMPLIA VOTAÇÃO DE WAGNER MONTES E COLOCA TRÊS DO PDT ENTRE OS MAIS VOTADOS PARA DEPUTADO ESTADUAL

O IBPS - Instituto Brasileiro de Pesquisa Social - divulgou nesta segunda-feira, dia 20 de setembro uma nova pesquisa para todos os cargos das eleições 2010.

As principais novidades estão no cargo de Deputado Estadual, no qual o IBPS apresenta os nomes que seriam os 10 mais votados, ao invés de apenas 5, como na pesquisa realizada pelo mesmo instituto no início do mês.

O candidato Wagner Montes, que teria cerca de 318 mil votos na primeira pesquisa, saltou para uma projeção de mais de 395 mil votos, mantendo a expectatva de ser o mais votado. Entre os 10 mais da ALERJ, aparecem ainda as candidatas pedetistas Andréia do Charlinho (sétima colocada), com cerca de 56 mil votos, e Cidinha Campos (décima colocada), com cerca de 45 mil.

Dessa vez, o IBPS utilizou o método comum às pesquisas eleitorais, excluindo os votos indecisos e computando os decididos como totais. Nessa projeção, o PDT seria a maior bancada da ALERJ, com 14 das 70 candeiras. O PMDB seria a segunda, com 12 Deputados.

Clarissa Garotinho seria a segunda mais votada, seguida por Paulo Melo e Rafael do Gordo.

Para Deputado Federal, Garotinho e Romário aparecem ainda como os mais votados. Porém, o primeiro manteve sua média de votos da primeira pesquisa (cerca de 440 mil) enquanto o ex-jogador ampliou sua projeção para cerca de 127 mil votos.

Na disputa do Senado, Crivella e Lindberg aparecem empatados com 32% das intenções de voto, seguidos por César Maia, com 22% e Jorge Picciani, com 16%.

Na disputa do Governo do Estado, Cabral mantém a liderança absoluta com 52%, contra 15% das intenções de voto para Gabeira.

Para Presidente, Dilma lidera com 45%; Serra vem logo após com 16% e Marina Silva com surpreendentes 15%.

Todos os detalhes da pesquisa estão em relatório disponível no site www.ibpsnet.com.br/v1/


sábado, 18 de setembro de 2010

MIGALHAS TRISTES

--------- COM PESAR recebi as notícias dos falecimentos da esposa de Paulo César, Deputado Federal cabofriense pelo PR, e de Alfredo Barreto, Secretário Municipal de Governo, ex-Vererador, ex-presidente do SEPE-Lagos e ex-Secretário de Agricultura de Cabo Frio.

--------- ASSIM QUE SOUBE do ocorrido, fui ao cemitério e encontrei Paulo César aos prantos. Pude dar-lhe um abraço e conversar com Maurício, seu assessor jurídico sobre o caso. De fato, toda a cidade está chocada.

---------- ESTIVE POUCAS VEZES com Alfredo Barreto. À época de meu trabalho na Secretaria de Cultura, participei de uma reunião com ele. Seu estilo objetivo, pensando sempre de forma prática, sem perder a visão dos benefícios do projeto para parte da população, eram positivas para mim, e visíveis. Visitei o galpão da usina de beneficiamento de leite na Fazenda Campos Novos, um de seus sonhos, à época, encontrando dificuldades financeiras para se erguer.

---------- DIFERENÇAS à parte, o Deputado com grandes chances de ser reeleito (como defendi no texto que foi publicado hoje na Folha) e permanecer representando nossa cidade sofre um abalo forte em sua vida pessoal. O PT de Cabo Frio, por outro lado, que já havia perdido Carlinhos, perde outro de seus líderes, homem forte do governo, Coordenador da Campanha de Chumbinho para a ALERJ e um dos virtuais candidatos à sucessão de Marquinho Mendes em 2012, além de um dos maiores articuladores de atração de forças de esquerda/progressistas da cidade para o grupo governista.

---------- Temos visto na cidade episódios recentes onde a disputa política extrapola os limites e alcança o campo pessoal. É hora de fazermos o oposto. Os homens são maiores que suas ideias. Toda a minha solidariedade a parentes, amigos e companheiros. À disposição para toda ajuda.

PESQUISANDO UMA PESQUISA


Publicado no Jornal Folha dos Lagos, em 18 de setembro de 2010

Na última semana, vimos estampadas no noticiário da região os resultados da pesquisa do IBPS – Instituto Brasileiro de Pesquisa Social (www.ibpsnet.com.br).

Em primeiro lugar, cabe lembrar que há vários tipos de pesquisa, especialmente nos períodos eleitorais de Cabo Frio – há as pesquisa do tipo viúva Porcina, as que foram sem nunca ter sido: pessoas comprometidas com candidatos espalham pela cidade números de pesquisas que nunca existiram, mas que tiveram seus resultados inventados por eles mesmos, para beneficiar seus candidatos. Há também a pesquisa eleitoral tipo mordaça, aquela da qual não podemos falar, pois, apesar de ter sido realizada por institutos sérios, não pode ser divulgada, por não estar registrada na Justiça Eleitoral.

Essa pesquisa do IBPS, pelo que eu saiba, é atualmente a única pesquisa para a eleição de Deputado Estadual no Rio de Janeiro registrada na Justiça Eleitoral (no 74562/2010).

Cabe lembrar ainda que ela imprime um método matemático pitoresco – ao contrário das pesquisas que estamos acostumados a ver na TV, ela leva em conta o indeciso como eleitor votante. Assim, apenas 20 das 70 cadeiras da Assembleia Legislativa, hoje, estariam garantidas para os partidos; as outras 50 dependeriam do voto dos indecisos.

Dessa forma, de acordo com o relatório da pesquisa, disponível no endereço eletrônico acima citado, e ainda de acordo com matéria do Jornal Valor Econômico, disponível em www.sinfazerj.org.br/noticias/avisos.php?subaction=showfull&id=1283519850&archive=&start_from=&ucat, hoje, o Deputado Estadual Wagner Montes, do PDT, teria cerca de 320 mil votos, e a legenda do PDT teria mais de 600 mil votos, o que daria ao Partido uma bancada com cerca de 20 Deputados Estaduais. Hoje, o PDT já teria 5 das 20 cadeiras garantidas na ALERJ. Havendo 50 cadeiras ainda a disputar (voto dos indecisos), o cálculo tem sentido: o PDT manteria ¼ das cadeiras da Assembleia Legislativa, isto é, entre 15 e 20.

Os números são coerentes. Dessa forma, tendo em todo o Estado do Rio 80 candidatos a Deputado Estadual, o PDT elegeria cerca de ¼ deles. Juntando minha análise com os estudos comparativos dos companheiros Wendel Pinheiro e Heriton Phelipe, o PDT teria hoje como candidatos com boas chances de eleição para Deputado Estadual os seguintes nomes: Wagner Montes, Marcio Panisset, Cidinha Campos, Ricardo Abrão, Marcos Soares, Luiz Martins, Paulo Ramos, Andréia do Charlinho, Felipe Peixoto, Bebeto, Fernando Lobo, Myrian Rios e Janio. Dessa forma, ainda sobrariam vagas para outros candidatos menos cotados do partido na ALERJ.

Os números mostram que, com a adesão e o voto da população da Região dos Lagos, Cabo Frio pode eleger Janio como Deputado Estadual, já que ele é o único nome regional do partido, o voto mais útil para o cargo. O mesmo acontece com Dr. Paulo César para Deputado Federal, já que a pesquisa do IBPS aponta que os mais de 400 mil votos de Garotinho devem levar 10 candidatos do PR para Brasília.

Já tenho feito algumas apostas em torno da eleição desses dois nomes, independente de minhas opções políticas. Dependerá do voto da população não trazer prejuízos, nem para mim, nem para a região. Para isso, será preciso que o eleitor opte por um pensamento coletivo e prático, disposto a consolidar a eleição de candidatos com chances reais de se elegerem para representar a cidade e a região. A sorte está lançada.

domingo, 12 de setembro de 2010

PESQUISA ELEITORAL APONTA PDT COMO MAIOR BANCADA e WAGNER MONTES COMO CAMPEÃO DE VOTOS DA ALERJ


Pesquisa eleitoral do IBPS - Instituto Brasileiro de Pesquisa Social (www.ibpsnet.com.br) - mostra que, se as eleições para a ALERJ fossem hoje, o PDT teria a maior bancada. Com cerca de 615 mil votos já decididos de legenda, sem contar com os indecisos, o partido teria hoje, asseguradas, 1/4 das cadeiras da ALERJ. O Deputado Wagner Montes seria o mais votado, com cerca de 318 mil votos.

O tipo da pesquisa realizada pelo IBPS se pautou nos votos decididos para o cálculo das cadeiras já decididas, que já seriam 20 - ainda haveria 50 cadeiras em disputa. Para o Jornal Valor Econômico (veja aqui a matéria completa, ou ainda aqui, se você for assinante do Valor) isso significa que o PDT pode fazer cerca de 20 dos 70 Deputados Estaduais possíveis, arrastados pela votação expressiva de Wagner Montes.

Com isso, candidatos com votação regional, como é o caso de Janio 12601, único candidato do PDT na Região dos Lagos, teriam sua eleição extremamente viável, para não dizer quase garantida.

sábado, 11 de setembro de 2010

Quando o calo não nos deixa calar...


Publicado no Jornal Folha dos Lagos, em 11 de setembro de 2010

Neste fim de semana, abro este espaço a um belo, crítico e contundente artigo, que deve nos fazer pensar em nossa irreal realidade municipal:

Neste ano, estou tendo a oportunidade de viver um pouquinho da realidade de cabo-frienses que “a maioria de Cabo Frio” não conhece. Estando lotada numa escola municipal no Araçá, na zona rural do nosso município, para ministrar aulas de História, tenho o prazer de saborear o calor aconchegante de uma gente que não economiza humildade.

Quando conhecemos outras realidades – e esta não é uma máxima minha – passamos a vivenciar situações pelas quais, muitas vezes, nem imaginávamos existir, quer seja pelo desconhecimento, quer seja pela falta de importância em nossas rotinas.

E, assim, motivada pela ansiedade crescente, oriunda de um episódio “na roça”, que vivi na última quinta, é que peço licença e desculpas aos leitores por ocupar este espaço do Rafael, estando certa de que minhas linhas não serão tão belas, muito menos tão antropologicamente coerentes quanto às dele.


O grito vai ao descaso com os moradores – e trabalhadores – da zona rural de Cabo Frio. Não dá para aceitarmos a inoperância na prestação de serviços públicos essenciais, tais como saúde e transporte, por exemplo. Não dá para aceitarmos que, ao quebrar um ônibus, fiquemos cerca de três horas à espera, porque a empresa prestadora do serviço entende ser economicamente inviável mandar um ônibus específico para a substituição, numa mostra real de que preocupação com o outro, com o homem, ou ainda, com o consumidor, é a que menos interessa, neste jogo de interesses lucrativos.

Contraditoriamente, os mesmos olhos que enxergaram possibilidades reais de um futuro melhor, em visita recente dos nossos alunos à sede da empresa responsável pela prestação do referido serviço na nossa cidade, foram os mesmos olhos que, por uma rotina histórica de costumeiro descaso de nossas autoridades, mostraram-nos conformismo e desesperança, em meio ao mar de esquecimento e poeiras.

Tristemente, e também porque o calo doeu em mim, trata-se de um episódio bastante corriqueiro, em que constatamos a inércia do Poder Público somada a uma dose de conformismo pautada na ingenuidade daquele povo que aprendeu, desde cedo, a contentar-se com o pouco que tem.

Nessa ótica, eu, que agora também sinto a dor, grito, esperando que o meu lamento ecoe; torcendo, sinceramente, para que eu não me canse e não me anestesie diante de tanta negligência governamental.


Lívia Rodrigues Mendes
Professora de História Concursada da Rede Municipal de Ensino de Cabo Frio
Especialista em História da Educação

domingo, 5 de setembro de 2010

MIGALHAS DOMINICAIS


--------- O PAI DE UMA AMIGA estava infartando, foi à UPA, esperou de 8h às 14h para ser atendido e recebeu a notícia de que o resultado do seu eletro "era normal para uma pessoa hipertensa". Ressabiada, sua filha entrou em contato com um médico amigo que imediatamente internou o senhor para uma angioplastia, pois ele estava infartando gravemente. Ele passa bem, mas o susto foi grande. Mais uma péssima notícia da UPA em Cabo Frio.

---------- DIZ-SE QUE A PRÓXIMA REPORTAGEM DA VEJA em Cabo Frio terá como tema: "Atendimentos Quentes na UPA de Cabo Frio".

---------- HOJE TEM ALMOÇO DO CURSILHO de Cristandade, movimento da Igreja Católica, no Real Festas. O tema é comida mineira. O Cursilho tem uma característica interessante de integrar religião e sociedade, e é um dos movimentos católicos mais progressista. Vale a pena conferir.

---------- O YAZIGI INFORMA que a nova sede já está pronta, reformada e moderna. Fica na Rua Silva Jardim, centro da cidade.

---------- SÓ PARA ESCLARECER - minha crítica no texto de ontem sobre os seguradores de placa diz respeito ao fato de eu discordar quando se criticam estes trabalhadores por aceitarem, segundo alguns, "se venderem" para candidatos. Quis dizer que eles não podem estar errados, pois precisam trabalhar e a oportunidade política aparece - eles não podem fcar escolhendo emprego. O outro lado da moeda, as administrações de campanhas que exploram trabalhadores no sol em troca de uma míngua quantia, sem oferecer condições dignas de trabalho, recebe minha crítica, sem dúvida alguma.

----------

sábado, 4 de setembro de 2010

MIGALHAS...


---------- NOSSO TEXTO NA FOLHA HOJE foi enviado, por erro nosso, como "quatro mandamentos", enquanto na verdade o artigo apresenta cinco. Fica um de brinde, pronto...

---------- A DUPLA BETO NOGUEIRA E JONATAS CARVALHO acaba de lançar o blog da Fazenda Campos Novos: www.fazendacamposnovos.blogspot.com Vale a pena conferir. Aposto que Totonho já fez a visita dele.

---------- NOSSAS CONDOLÊNCIAS PELO FALECIMENTO de Tião do grupo 100% Artesão. Testemunhei sua participação nas nossas lutas para criação do Fórum Municipal de Cultura. Lá se vai mais um guerreiro.

---------- NESTA QUARTA-FEIRA, 19H, estarei como mediador de um debate entre cinema e história, na Universidade Veiga de Almeida, parte da programação do Festival Curta Cabo Frio. A mesa terá a presença de meus eternos mestres João Gilberto e Guilherme Guaral.

---------- NOSSO DOCUMENTÁRIO "GAMBOA - Histórias de Pescador" foi selecionado para a mostra competitiva do II Festival de Filme Etnográfico do Recife. Agora é pedir grana na Praça Porto Rocha para poder ir até lá.

---------- ENGRAÇADO COMO OS REDUTOS DE PLACAS do candidato Froilan são os mesmos de Alair Corrêa: Jacaré, Manoel Corrêa, Itajurú...

---------- NO DIA 2 DE OUTUBRO devo publicar minhas previsões de votações médias dos candidatos estaduais de Cabo Frio. No dia 3, o eleitor poderá conferir se as previsões de Pai Peçanha deram certo ou não. Na Copa do Mundo cheguei muito perto. Vamos ver se dessa vez desonrarei minha sina de vascaíno - ser vice e não acertar por pouco...

Os cinco mandamentos do voto - Breve análise das relações sociais nos “finalmentes” eleitorais



Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 4 de setembro de 2010.

A cerca de um mês das eleições, vivemos esse período dos “finalmentes” eleitorais. Ao contrário do que Durkheim visualizava com as religiões, que se tornavam mais fáceis de serem observadas em suas formas mais simples, o processo eleitoral – incluindo candidatos e eleitores – mostra sua verdadeira face no momento em que é mais complexo.

A simplicidade e a complexidade religiosa era vista por Durkheim como uma questão de quantidade e emaranhado de elementos de um processo. Nesse sentido, podemos dizer, de fato, que os “finalmentes” eleitorais são a fase mais complexa visualmente – mais placas, carros e jingles – juridicamente – organização de fiscais, orientações para o dia das eleições, etc. – e factualmente – há mais festas, eventos, fatos e boatos de impacto.

Nesse sentido, visualizamos algumas regras dos “finalmentes” eleitorais:

1 – A ÚLTIMA IMPRESSÃO É A QUE FICA – muitos candidatos guardaram verba para esse momento final e eleição porque o trabalho contínuo, na política, não tem agregado o voto da massa. Embora o discurso seja de que “o candidato ausente não ganha voto”, a prática mostra que uma semana de presença com dinheiro na mão elege com sobra.

2 – ACIMA DO HOMEM, A PLACA – A regra da natureza diz que os objetos criados pelo homem servem-lhe. Nas eleições, especialmente neste momento decisivo, vemos o contrário: os candidatos ganham mais votos quando os objetos (bonecos, bandeiras, placas) são apoiados em seres humanos, que fazem apenas o papel de coadjuvantes.

3 – JINGLES POSSUEM PODERES MÁGICOS – Os jingles eleitorais possuem poderes mágicos sobre os pobres seres humanos que habitam nossa cidade. A insistência esotérica de suas repetições, como mantras ocidentalizados, fazem os cidadãos dançarem involuntariamente; cantarem seus refrões pelas praças, entre outras atitudes inconscientes perigosíssimas. O jingle reflete a liberação moral do eleitor, já que as letras que mais ocupam suas mentes são justamente as dos candidatos nos quais ele não irá votar.

4 – O GRANDE MERCADO TEMPORÁRIO DE CABO FRIO É O ELEITORAL – Na próxima reportagem da Veja, esse tema, com certeza será abordado. Há mais currículos espalhados, procuras e promessas de empregos, bem como contratações temporárias nos períodos eleitorais da cidade do que nos verões. O povo, ansioso por trabalho, agradece, deixando as análises politicamente corretas aos confortavelmente empregados.

5 – OS VITORIOSOS SÃO ENCANTADOS – Claro que a força econômica e a visibilidade geram vencedores. O fato é que a preferência eleitoral de massa na cidade surge quase sempre como uma onda, do nada, e se espalha. Assim, não é possível fazer uma conexão direta, como querem os pragmáticos e os críticos, entre visibilidade/poder econômico e vitória, por exemplo. O resultado da eleição comprovará isso.

Após análises ralas, previsões poucas e risos de canto de boca, resta-nos continuar observando nossos “finalmentes” eleitorais e torcer para que o povo, mais uma vez, não seja derrotado nas urnas.

VIII Congresso de História da Região dos Lagos - PROGRAMAÇÃO




TEMA:

Os Campos da História: Teoria, Metodologia e Ensino

22 a 24 de setembro 2010

Universidade Veiga de Almeida – Campus Cabo Frio

Coordenação de História

Programação

Quarta – feira 22/09

Manhã

Credenciamento - 8:00 – 9:00h

Solenidade de Abertura do Congresso e Cofee-break - 9:00 – 9:30 h

Mesa 1 - 9:30h – 12:30h

Política Educacional na Região dos Lagos

Representantes das Secretarias de Educação e da Coordenadoria das Baixadas Litorâneas I e II

(Cabo Frio, Arraial do Cabo, Armação de Búzios, São Pedro, Iguaba Grande, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras e Araruama)

Tarde

Mesa 2 - Apresentação de Trabalhos - 14:00 – 17:00

Ms. Marcello José Gomes Loureiro – (UFRJ) O Estado monárquico português no pós-Restauração (1640): estrutura administrativa e governabiblidade.

Ms. Lívia Nascimento Monteiro (UFRJ) - Olhares cristãos na cosmologia Guarani nos relatos de jesuítas e viajantes - séculos XVI a XVIII

Ms. Suellen Mayara Péres de Oliveira (UFRJ) - Da busca pela origem à coleção ultramarina: o curioso roteiro de pesquisa dos rioplatenses na Real Biblioteca da Corte do Rio de Janeiro (1842-1846)

Maria Helena Domingos (UFRJ) - José Carlos Mariátegui e a criação do socialismo na América (1926-1930)

Noite

Mesa 3 – 18:30 – 22:00 h

O Livro Didático, a Nova História Crítica e o ensino de História nas salas de aula.

Prof. Ms. Eduardo Maluf (UVA) – Perspectivas do Ensino de História no 3º milênio

Prof. Ps. Ângela Navarro Ferreira "O ensino de História e suas novas abordagens: trabalhando com a implementação das leis 10.639/03 e 11.645/08"

Prof. Ps. Cleber William Andrade de Menezes – O Quadro, o violão e a sala de aula, a História em paródias

Prof. Ms. Guilherme José Motta Faria (doutorando UFF) A subjetividade da verdade e a utilização dos Livros didáticos nas salas de aula

Quinta-feira 23/09

Manhã

Mesa 3 – Projetos de Pesquisa: As possibilidades da História - 9:00 – 13:00 h

Prof. Ms. João Gilberto da Silva Carvalho - doutorando em psicologia social – UFRJ e Prof. Ms. Verônica de Jesus Gomes - mestre em história – UFF - Dimensões Luso-Brasileiras: os marginalizados da História

Prof. Ms.Luiz Guilherme Scaldaferri Moreira - "A Nova História Militar, o diálogo com a História Social e o Império Português"

Prof. Ms. Vanessa de Oliveira Brunow - "As Organizações Não Governamentais e o conceito de sociedade civil: um estudo sobre o CERIS (Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais) na década de 1980".

Prof. Ms. Fabio Frizzo - Dominação, Economia e Representações Sociais no Império Egípcio da XVIIIa. Dinastia".

Tarde

Palestra musicada: 14:00 – 15:00 h

A História da História do Apanhei-te Cavaquinho – Cabo Frio

Maestro Ângelo Budega

Cinema e História 15:00 h

“PT – Uma estrela para quem quiser enxergar” de Célio Pimentel

“Memórias do Cativeiro” de Martha Abreu e Hebe Mattos

Cultura e Cidadania 16:30 h – 18:00h

Roda de Jongo; Apresentação de Grupos folclóricos, Oficina de Cavaquinho, Feira de Artesanato.

Noite

Mesa 4 - História Cultural : Metodologia e Ensino - 18:30 – 22:00

Profª Dra. Martha Campos Abreu (UFF) - Música negra, Memória e Poesia

Profª Dra. Marilene Rosa Nogueira da Silva (UERJ) – Relações de Poder: História de Gênero em Michel Foucault (título provisório)

Profª Dra. Maria Celi Chaves Vasconcelos (PUC) - A Importância da Pesquisas na História da Educação - Diálogos na Produção Educacional

Sexta-feira 24/09

Manhã

Mesa 5 - Conferência Especial - 18:30 – 22:00

Prof Dr. Ciro Flamarion Cardoso (UFF) - A História-disciplina: atividades e definições

Prof. Dr. Silvana Cristina Bandoli Vargas (Coordenadora de História da Rede Colégio Pedro II) -

O Ensino de História na Escola Contemporânea

Tarde

Mesa 6 - Apresentação de Trabalhos - 14:00 – 17:00

Prof. Ps. Janderson Bax Carneiro - O Carnaval carioca na ideologia popular

(Especialista em História do Brasil pela Candido Mendes e mestrando em Ciências Sociais pela Puc-Rio)

Prof. Ps. Rafael Peçanha de Moura - "O enigma de Lévi-Strauss – diálogos entre Antropologia e História"

Prof. Ps. Jonatas Carlos de Carvalho – Fragmentos Filosóficos em Canteiros Históricos: Por uma concepção de História em Foucault

Prof. Ms. Margareth Silva Rodrigues Alves – A Casa da Roda de Cabo Frio - Charitas

Noite

Mesa 7- História Política e Social: Metodologia e Estudos de caso - 18:30 – 21:30

Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá de Sampaio (UFRJ) "Novas tendências e debates na historiografia do período colonial".

Prof. Dr. Everardo Paiva de Andrade (UFF) - "Qual História a da Escola?"

Prof. Ms. Thiago Cavalieri (UERJ) - Populismo e Trabalhismo no Brasil: uma análise a partir da experiência pioneira de Pedro Ernesto na prefeitura do Rio de Janeiro no contexto dos anos 1930.

Festa de Encerramento - 21:30

Jantar de Confraternização com Música ao vivo