terça-feira, 10 de agosto de 2010

VIOLÊNCIA NO MOVIMENTO LGBT DE CABO FRIO?


Recebemos, por e-mail, um relato que denuncia fato ocorrido no último domingo, dia 08 de agosto, durante a 6ª Parada do Orgulho LGBT de Macaé. Segundo a denúncia, representantes do GRUPO CABO FREE DE CONSCIENTIZAÇÃO HOMOSSEXUAL teriam agredido o Presidente do GRUPO IGUAIS DE CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA O PRECONCEITO E INCLUSÃO SOCIAL, Rodolpho Campbell e Nils Emilio de Oliveira Petersen, membro da mesma instituição.

A ocorrência teria sido registrada na 123a D.P de Macaé. O relato inclui número do registro da ocorrência e imagem digitalizada do mesmo, assim como fotos dós vitimados.

NOSSO COMENTÁRIO: Fica aqui registrada a denúncia. Esperamos, sinceramente, que qualquer divergência entre grupos que possuem o mesmo ideal não chegue ao cúmulo irracional da violência. A causa, seja ela qual for, concordem as pessoas ou não, deve estar acima de disputas entre grupos. Conheço membros das duas instituições e prefiro acreditar que, caso tenha acontecido o fato, as devidas lições tenham sido aprendidas. Não se pode lutar contra a indiferença olhando o outro como diferente.

2 comentários:

Anônimo disse...

JÁ É DIFÍCIL A SOCIEDADE PRECONCEITUOSA ACEITAR O MOVIMENTO! CADA VITÓRIA CONQUISTADA POR ELES, TEM QUE SER COMEMORADA E MUITO, NÃO ACONTRCER ESSE FATO DESAGRADÁVEL QUE, SEGUNDO A DENÚNCIA, ACONTECEU.

LAMENTÁVEL...SAUDAÇÕES.

WILLY CAOLHO.

Anônimo disse...

Isso ai, é fruto de uma ciumera e a simples explanação da total hipocrisia que denota a ação de agressão. Fato, como é que se brada NÃO AO PRECONCEITO e NÃO A VIOLÊNCIA, se de um lado tomam a atitude da agressão como ato de entendimento? Isto, inseri na mente da sociedade que, não a verdade no que se propõe a luta! É lamentável, do grupo que partiu tal agressão não me supreendi em nada, é esperado isso, tendo em vista um certo membro nele existente, somente tenta resolver pequenos infortúnios através da BRIGA-AGRESSÃO-DESRESPEITO!