sexta-feira, 30 de abril de 2010

GAMBOA E OGIVA – CONFLITOS, ESPAÇOS E PERIGOS












Publicado no Jornal Folha dos Lagos e nos blogs Opinião Pública (www.blig.ig.com.br/opnio) e Freelancer Digital (www.freelancerdigital.blogspot.com) em 1 de maio de 2010
.

Nesta semana, tivemos de volta ao cenário da política local o Projeto Marinas Cabo Frio. O projeto, apresentado em 2008 e gerador da lei municipal 2126, deseja aproveitar a área da Salinas Ypiranga, próxima aos bairros Ogiva e Gamboa, para erguimento de empreendimento imobiliário de características não muito claras.

O projeto foi encaminhado ao Conselho Municipal do Plano Diretor, recebendo parecer desfavorável da ASAERLA – Associação de Arquitetos e Engenheiros da Região dos Lagos. Segundo os técnicos, o problema está na obscuridade dos índices utilizados na legislação em tela, especialmente do I.A.A. (Índice de Aproveitamento de Área). Falando leigamente, a falta de clareza da legislação dá abertura ao aumento soturno do gabarito da área para cinco andares, segundo reportagem da Revista Cidade de junho de 2008.

A lei da qual falamos foi aprovada pela Câmara Municipal em regime de urgência, com voto contrário de apenas dois dos doze Vereadores à época, Jânio Mendes e Rute Schuindt. Segundo a mesma reportagem da Revista, o projeto possui licença da Feema apenas para empreendimentos que tenham o térreo e dois pavimentos; porém, ao arrepio desta decisão, a lei 2126 de 2008, em seu artigo 4º, inciso II, fala do setor “B” do projeto, onde há a autorização para construções com térreo, três pavimentos e cobertura.

A pressa para aprovação do projeto no bairro é de se estranhar, em comparação com as leis complementares do Plano Diretor do “resto” da cidade, que permanecem tranquilamente engavetadas. De acordo com a mesma edição da revista já citada, o promotor de Justiça Murilo Bustamante, convocado pelo então vereador Jânio Mendes, foi à sessão legislativa e enviou documento aos demais edis lembrando que o Prefeito Marquinho Mendes deveria ter passado o projeto primeiro ao Conselho do Plano Diretor – o que só faz dois anos depois – antes de enviá-lo à Câmara, que o aprovou com rapidez invejável. Não houve discussão aprofundada sobre o impacto do empreendimento na população local, especialmente no que diz respeito a saneamento, transporte, costumes culturais e atividades econômicas locais.

A região da Gamboa e Ogiva possui histórico de conflitos no que diz respeito a espaços. A Gamboa, por exemplo, com cerca de 2199 moradores, de acordo com o Censo do IBGE de 2000, passou por processo de aterramento, na década de 70, com o Projeto Marinas do Canal, concluído na década seguinte, composto de aterros entrecortados por canais artificiais, formando três ilhas de uso residencial. Entre o imponente Condomínio e o Clube Costa Azul, freqüentado pela elite cabofriense da década de 60, mantém-se sobrevivente, entre outros atores sociais, grupos de pescadores artesanais, habitando região definida pela Fundação Getúlio Vargas, em seus estudos do Plano Diretor Municipal, disponíveis no site oficial da Prefeitura, como “Centro Especial de Aglomerado Urbano – Baixa Renda”.

Como um de seus conflitos, estes pescadores disputam, ainda, espaço de sobrevivência cultural e econômica com os "pau-brocos” e outros agentes da pesca industrial, que têm, em geral, prejudicado a pesca artesanal costeira com uma competição de espaço marítimo desordenada e desleal. Sem contar a questão das ocupações no Morro do Telégrafo, numa busca de sobrevivência territorial, que tem sido outra discussão nessa região, debatida desde a década de 80 - hoje bem conduzida pelo IPHAN.

Fica o alerta. Com o retorno do trâmite do projeto, é momento de defender e cobrar sua discussão com toda a cidade; com técnicos; e principalmente com a população da Ogiva e Gamboa – ela mesma deve se manifestar sobre os riscos do impacto cultural e econômico que vem sofrendo, não só em previsão a este projeto, mas ao longo de anos de ações apressadas, impositivas e desrespeitosas ao contexto social local. Defendo aqui o pontapé inicial para o debate nos meios de comunicação e nos espaços da cidade, especialmente em Audiências Públicas, colocando-me à disposição de toda ação que promova esta intenção.


HOJE É ANIVERSÁRIO DA FOLHA DOS LAGOS


"Moacir Cabral fez escova progressiva e pintou os cabelos para festejar os 20 anos da Folha dos Lagos." (Professor Totonho)

Parabéns!

Inauguração do Espaço Câmara Cultural na próxima segunda-feira

quarta-feira, 28 de abril de 2010

MIGALHAS


---------- RECEBI INFORMAÇÕES ONTEM DE que a Praia Brava, tradicionalmente frequentada por surfistas e amantes da natureza, praticamente teve sua pouca faixa de areia excluída do mapa, por conta de um deslizamento de pedras durante as chuvas. Boa oportunidade para verificação dos órgãos e entidades ambientais locais.

---------- ONTEM HOUVE FESTINHA PARA A BANDEIRA DO BRASIL que volta ao Morro da Guia. Que bonitinho! Ainda bem que a cidade não tem problemas e pode se orgulhar do seu patriotismo! Emocionante!

---------- FALECEU NA TERÇA –FEIRA o Acólito José Carlos, da Paróquia Nossa Senhora da Assunção em Cabo Frio. Lembro-me da Copa do Mundo de 2006, onde assisti a um dos jogos da nossa seleção e fui extremamente bem acolhido em sua casa. Ficam meus sentimentos aos filhos Mateus, Bruno e Rafael.

---------- TEM BLOG NOVO CHEGANDO NA CIDADE. Aguardem. Olha a bandeira aí!!!

---------- JUAREZ LOPES pode mesmo ser candidato a Federal ao invés de Estadual. Há quem diga que a articulação já está certa.

----------O FOTOGRAFO MARCOS HOMEM divulga seu Curso Fundamental de Fotografia. O nome é bem filosófico, e os contatos podem ser feitos através do e-mail aprendafotografiacf@gmail.com

---------- JANIO MENDES DEIXA DE SER O APRESENTADOR do Programa Falando de Direitos, da TV Jovem, em agosto. Já tem substituto.

---------- OS SOCIAL-DEMOCRATAS VENCERAM as eleições na Áustria. Menos mau – Barbara Rosenkranz, de extrema-direita, foi a derrotada. Ufa!

---------- ÓTIMA A REPORTAGEM DA RECORD sobre as reportagens preconceituosas do Jornal O Globo contra a Igreja Universal. Foram educados e diplomáticos com outras denominações que têm a simpatia dos irmãos Marinho, como a Igreja Católica, e utilizaram a presença de profissionais e cientistas políticos para destacar a falta de ética das organizações Globo. Genial.

---------- O MAIS RECENTE BLOG da cidade é o Shut Up Ghost. Fala dos últimos lançamentos do cinema não-europeu, com fichas, críticas e links para visualizar as obras. Vale a pena conferir: www.shutupghost.blogspot.com

quinta-feira, 22 de abril de 2010

A EMANCIPAÇÃO DE TAMOIOS: DISCUTINDO UMA DISCUSSÃO


Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 24 de abril de 2010 e nos blogs Opinião Pública (www.blig.ig.com.br/opnio) e Movimento por um Tamoios melhor (www.tamoiosemancipacaoja.blogspot.com)

Assim como a Proposta de Emenda do Deputado Ibsen Pinheiro, o Projeto de Lei Estadual que deseja a emancipação de Tamoios tomou de assalto o noticiário e as discussões na cidade de Cabo Frio. Neste artigo, não proponho discutir a emancipação de Tamoios, mas discutir a discussão sobre o tema, a meu ver, cercada de incoerências e superficialidades.

Observemos o argumento de que a colocação do referido Projeto, na pauta de 20 de abril da ALERJ, em Regime de Urgência, por articulação de três Deputados, é medida eleitoreira. Ora, o simples fato da medida ser eleitoreira invalida o processo legal e político, bem como a demanda social da emancipação? A forma não desqualifica o mérito, e o discurso ideológico de que a medida é eleitoreira pode ser usada para desviar o foco da discussão.

Um morador de Tamoios favorável à emancipação não está preocupado se a ação é ou não eleitoreira – ele quer ver sua demanda atendida e, ao contrário do que muitos pensam, não parece sólida a idéia de que este mesmo indivíduo votaria no Deputado que “lhe trouxe” a emancipação. Basta caminhar pelas ruas de Tamoios para sentir o clima cultural: há uma boa margem da população favorável à emancipação; entretanto, este está longe de ser um assunto que defina votos ou heróis do local – há outras necessidades, justas ou não, que agregam muito mais valores definidores de resultados das urnas.

Por outro lado, se tal medida é eleitoreira, cabe lembrar que o combate ao referido Projeto; à articulação dos Deputados; e/ou à própria emancipação, também pode ser atitude eleitoreira – afinal, se pode haver interesses econômicos e políticos de um grupo em emancipar Tamoios, também pode haver interesses da mesma natureza do grupo contrário.

Outra discussão é a da viabilidade: quem viu um projeto de viabilidade financeira e administrativa de Tamoios? A pergunta “é possível Tamoios se gerir e sustentar sozinha?” tem apresentado respostas no âmbito do achismo. Outrossim, prever ou utilizar exemplos de prefeituras que faliram confiando em riquezas duráveis é atitude falaciosa: todos os municípios do estado mostraram recentemente, através do desespero com a Emenda Ibsen Pinheiro, como suas economias são frágeis e dependentes dos royalties. O risco que Tamoios corre, de falir ou não conseguir se gerir, portanto, é tão grande quanto o de todos. É este ponto que a ALERJ estará discutindo a partir desta semana.

Quanto ao argumento de que a emancipação de Tamoios traria a falência para Cabo Frio, cabe a mesma discussão do parágrafo anterior: quem viu os mapas com recortes e limites na extração petrolífera? Como se divide o território marítimo? Que tipos de acordos podem ser realizados acerca dessa questão, para reduzir impactos de reduções orçamentárias? Análises taxativas, sem bases técnicas, poderiam também ser taxadas como eleitoreiras.

Dessa forma, entendo que a discussão tem tomado caminhos maniqueístas (como a maioria das discussões políticas na cidade e região), definindo, de um lado, emancipacionistas como vilões de alma eleitoreira, e, de outro, combatentes da emancipação como heróis vitimados, sem interesses, faltando-lhes apenas a auréola da pureza democrática. Antes de discutir a emancipação devemos discutir nossa discussão, para que o jogo não seja apenas entre times eleitoreiros com uniformes diferentes.

P.S.: Foto tirada durante as chuvas em Tamoios/ abril de 2008.


MIGALHAS!


---------- UM FUNCIONÁRIO RECÉM-CONCURSADO DA PREFEITURA me abordou no Banco do Brasil dizendo estar muito preocupado em abrir logo sua conta-salário, pois havia recebido “recados” de que, se não o fizesse logo, não receberia seus proventos.

---------- EM PRIMEIRO LUGAR, caso a denúncia seja verdadeira, cabe lembrar que o empregador público ou privado não pode ameaçar nem coagir o empregado, colocando sob questão o recebimento de seu salário. Há ilegalidade.

---------- EM SEGUNDO LUGAR, cabe lembrar que a Prefeitura de Cabo Frio trabalha de maneira estranha, já que as contas no Banco do Brasil não são “conta-salário”, havendo pagamento de tarifas bancárias normais da parte do empregado. Nesse sentido, o empregado não é obrigado por lei a abrir sua conta corrente, a menos que ela fosse na modalidade “conta-salário”.

---------- A VOTAÇÃO DA EMANCIPAÇÃOD E TAMOIOS foi adiada e a ALERJ passará a realizar estudos técnicos sobre a viabilidade da proposta. Agora sim entramos num estágio onde poderemos discutir a medida, afinal, temos debatido sobre um tema que, tecnicamente, não conhecemos quase nada, como tentei afirmar em meu artigo desta semana.

---------- ESPERAMOS QUE A ALERJ SEJA COMPETENTE para elaborar tal estudo, bem como coerente e objetiva.

---------- NESTE FIM DE SEMANA TEM FESTIVAL DO MARISCO no Peró. A Praça do Moinho será o referencial para o evento.

---------- A PREFEITURA DE BÚZIOS trabalha nesta quinta-feira “entre feriados”.

---------- OS FÃS DA UNO ficaram surpresos com o novo modelo do carro lançado pela FIAT, ainda em segredo, mas descoberto e fotografado por um espertinho que postou na net. O modelo é bem diferente do tradicional.

---------- O ESPAÇO CÂMARA CULTURAL teve sua inauguração adiada para, provavelmente, 3 de maio. Este tipo de ação realmente demanda obras, tempo e organização e temos certeza que em breve teremos mais um espaço cultural de vanguarda na nossa cidade.

---------- JANIO MENDES esteve nesta terça-feira pela manhã no Programa Barreto Junior, na Lagos TV. Falou sobre vários assuntos, inclusive a emancipação de Tamoios. Reprises na quinta-feira, 22 de abril, às 10h e 14h.

sábado, 17 de abril de 2010

MIGALHAS


---------- TERÇA-FEIRA É A VOTAÇÃO DA EMANCIPAÇÃO de Tamoios. O Projeto entra em pauta na ALERJ em regime de urgência. A articulação é de Jorge Picciani (PMDB) e Paulo Ramos (PDT). Para quem não acreditava, eis a prova.

---------- NO DIA 8 DE MAIO acontece a Feijoada da Folha dos Lagos e a Noite Portuguesa no Tamoyo Esporte Clube.

---------- POR FALAR EM FOLHA, no dia 30 deste mês o jornal completa 20 anos. Diz-se que Moacir Cabral vai pagar uma rodada de café expresso no Joaquim para leitores, colunistas e assinantes...

---------- A UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA PROMOVE Curso de Extensão sobre Patrimônio Natural, Material e Imaterial da Região dos Lagos, de 30 de abril a 2 de julho, às sextas-feiras, de 18h30min às 21h30min, com dois sábados de aula-passeio opcionais. A programação completa enocntra-se no blog do Departamento de História da UVA - Cabo Frio: www.quemfazhistoria.blogspot.com

---------- JÁ TEM GENTE ARTICULANDO nomes para candidatura a vice-prefeito em 2012. Como diria um velho professor, isso pode ser bom. Mas pode ser ruim...

---------- NEM TUDO QUE RELUZ É OURO - os garimpeiros de Cabo Frio estão fazendo suas pesquisas na praia do Forte após a ressaca e encontrado boas peças valiosas.

---------- JANIO MENDES escreveu interessante reflexão sobre isso em seu último artigo na Folha dos Lagos.

---------- MIRINHO BRAGA, prefeito de Búzios, estampa a Folha dos Lagos de hoje. Mirinho é o prefeito com mais seguidores no Twitter do Brasil.

---------

terça-feira, 13 de abril de 2010

MIGALHAS


---------- O JORNAL TAMOIOS agora está disponível na internet, no site www.jornaltamoios.com.br e no Twitter como @jornaltamoios. Agora o bicho pega!

---------- O ESPAÇO CÂMARA CULTURAL, na Câmara Municipal de Cabo Frio, já tem data definitiva para a inauguração: dia 26 de abril as 18h. A coordenação do projeto é de Guilherme Guaral.

---------- O NOME INICIAL SERIA CORREDOR CULTURAL, mas parece que o Secretário José Corrêia e o Prefeito Marquinho Mendes correram na frente, dando este nome ao espaço que se inicia no Charitas e percorre a Avenida Nilo Peçanha, incluindo o Prédio do Colégio Ismar Gomes e outros.

---------- O PV DE CABO FRIO convida para a primeira Noite Verde, espaço para discussão política e cultural. O evento acontece na sexta, dia 16/4, às 19h, no Albergue da Juventude, Rua Eleonor Santa Rosa, 13, Jardim Flamboyant.

---------- JÂNIO MENDES E ALFREDO GONÇALVES estiveram ontem na noite de debates com Fernando Gabeira, no Tamoyo Esporte Clube. Hoje à noite, devem se encontrar também na inauguração da UPA no Parque Burle. Pelas ruas, parece que os dois são os grandes nomes para polarizar a disputa pela cadeira de Deputado Estadual em outubro.

---------- POR FALAR EM JÂNIO, O ex-chefe de Gabinete da prefeitura de Búzios deu uma boa entrevista ao Jornal de Sábado. Falou das grandes chances de vitória devido aos votos de legenda que o PDT espera com Wagner Montes e companhia.

---------- ALÉM DE PROMETER "SACUDIR A TRIBUNA" da ALERJ no ano que vem, Janio afirmou que há Vereadores da atual composição da Câmara Municipal de Cabo Frio que são simpáticos à sua candidatura, citando o nome de um deles em especial.

---------- O REBOLIÇO NA CIDADE NA TARDE DE HOJE ainda está sendo a procura pelo Prefeito no Palácio Tiradentes para a entrega de uma ordem judicial...

domingo, 11 de abril de 2010

GABEIRA PARTICIPA DE DEBATE COM A POPULAÇÃO AMANHÃ EM CABO FRIO


O jornalista, escritor e Deputado Federal Fernando Gabeira (PV-RJ), um dos mais atuantes parlamentares do Congresso Nacional, visita Cabo Frio, nesta segunda-feira (12) para participar de um debate público que vai discutir as soluções para os mais graves problemas da Região dos Lagos, entre eles, a despoluição da Lagoa de Araruama e os Royalties do Petróleo. O encontro, que deve reunir associações de moradores, entidades de classe, ONG’s e estudantes, está marcado para às 18 horas no salão nobre do Tamoyo Esporte Clube, na Avenida Nilo Peçanha, no centro da cidade

Fernando Gabeira, mineiro de Juiz de Fora, mas carioca de coração, é um dois mais importantes intelectuais da atualidade que ficou conhecido pela sua atuação no Partido Verde (PV) do qual é membro-fundador.

Fernando Gabeira esteve exilado entre 1970 e 1979, Em dez anos de exílio, esteve em vários países, entre eles Chile, Suécia e Itália. Na Suécia, país onde viveu a maior parte de seu exílio, estudou Antropologia na Universidade de Estocolmo e exerceu da profissão de reporter até a função de condutor de metrô, em Estocolmo. Voltou ao Brasil, em 1979, com a Lei da Anistia. Passou então a atuar como jornalista e escritor, defendendo o fim do Regime Militar. Após 1985, apoia a causa dos direitos das minorias e do meio-ambiente. O Deputado é pai da surfista Maya Gabeira.


O debate é promovido pelo Jornal Folha dos Lagos e pela Rádio Sucesso FM e tentará trazer a Cabo Frio todos os pré-candidatos a Governador do Estado do Rio de Janeiro.


Créditos: Vinicius Canisso

sábado, 10 de abril de 2010

Agostinhos e chuvas


Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 10 de abril de 2010.

Dois acontecimentos da última quarta-feira, embora aparentemente diferentes, nos fazem pensar sobre um mesmo tema – a conexão social entre a cidade de Cabo Frio e a região metropolitana do nosso Estado e, consequentemente, com a realidade do Brasil.

Nos últimos anos, em meus artigos, tenho batido constantemente numa tecla: há uma alienação informativa na nossa cidade. Há uma cultura, criada e incentivada pelos governantes dos últimos anos, que insiste afirmar Cabo Frio como o Himalaia dos lagos, um mosteiro budista a céu aberto, com uma realidade peculiar, desgarrada do resto do país.

No episódio da série “A Grande Família” desta quarta-feira, o personagem Agustinho Carrara lançava-se candidato a Deputado Estadual, utilizando a promessa de construção de um Parque Aquático para angariar fundos em direção à sua campanha. Sem tecer acusação, parece-nos claro que o episódio se “inspira” numa das negativas realidades da nossa cidade no campo político. Ao contrário do que alguns ufanistas de plantão teimam em afirmar, há motivos para isso. Cabo Frio pode ser referência de belezas naturais, mas, nos campos da política e da criminalidade, é exemplo negativo para o Estado e para o Brasil. Igualmente, foi a realidade da cidade, que salta aos olhos do país, mas passa desapercebida pela maioria da população local, que “inspirou” Manoel Carlos em suas citações sobre a violência local: somos a 16º entre 267 cidades brasileiras no índice de homicídios na adolescência.

A chegada das chuvas e suas conseqüências trágicas, que se concentram em Niterói, deixa também suas marcas em Cabo Frio, não só físicas, como o desabamento de pequeno porte ocorrido na tarde de quarta-feira no Morro da Guia; ou a ressaca da Praia do Forte, iniciada no mesmo dia. Pensemos outras marcas. Pensemos que o morro que desaba tem sido usado como cortina de fumaça política, nos momentos em que uma bandeira torna-se símbolo manipulado por uma mídia servil, para desviar o foco de um desgoverno. Pensemos que em Cabo Frio, assim como em Niterói, tragédias humanas são utilizadas para elaborar ataques contra adversários políticos, ao invés de gerar lutas solidárias em prol da população.

Ao longo de anos, estruturas de circulação de informações e boatos foram criadas na cidade por governos que hoje se degladiam, com o objetivo de ocultar realidades locais. Mas essa cortina de fumaça política não sobrevive aos limites territoriais do Estado e do País.

Não estamos alagados nem ilhados. Cabo Frio é um pedaço de terra cercado de gente por todos os lados. Gente que conhece a nossa realidade citadina, positiva e negativamente, em certos aspectos, melhor que nós, encobertos por véus de (des)informações. Chegou a hora de uma integração regional, estadual e nacional mais realista e ativa que altere esse quadro.

Se tivermos a consciência de que Cabo Frio não é o paraíso tropical que sonhamos, daremos o primeiro passo para torná-la uma cidade conhecedora de seus limites, conectada com seu entorno – e não haverá mais dissidências entre o que sonhamos e o que vivemos: começaremos a transformação da nossa Cabo Frio ideal em cidade real, para nós e nossos filhos. Mas é necessário começar já.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

CHUVA NO ESTADO DO RIO - "RESSACA"NA PRAIA DO FORTE

As fotos abaixo são da ressaca ocorrida na Praia do Forte nesta quarta-feira. Os créditos são do amigo Anderson Lopes, mais conhecido como Mangueira.
Junto com os acontecimentos no Morro da Guia, são as maiores provas de que, mesmo de maneira diferente, Cabo Frio se insere no contexto da tragédia das chuvas no Estado do Rio, ligado a um ambiente de alterações climáticas preocupante.


Há um hábito cultural - ou político - em Cabo Frio de esconder determinados fatos, batendo na tecla de uma diferença radical entre a rotina da cidade e da região/Estado/País. Vemos isso fortemente nos casos de violência urbana, tráfico de drogas, etc. - parece que a cidade é um mosteiro budista para alguns...


As imagens são belíssimas...mas a situação climática em Cabo Frio, portanto, como em todo o Estado, preocupa também.

SOS MORRO DA GUIA

Nesta quarta-feira, por volta das 18h, ocorreu um desmoronamento de médio porte no Morro da Guia, em Cabo Frio, próximo à curva de subida da Ponte Feliciano Sodré na direção Gamboa/Jardim Esperança.

As fotos estão abaixo. Créditos para o blog do jornalista Tony Godoy (http://blig.ig.com.br/opnio)

Enquanto uns tentam desviar o foco das questões políticas da cidade falando do mastro e da bandeira do Morro da Guia, a população sofre com as chuvas.

Siga no twitter o tag #SOSmorrodaguia






AGUSTINHO CARRARA: ESSA HISTÓRIA ME LEMBRA ALGUÉM!


No eisódio desta noite da série "A Grande Família", Agustinho Carrara se lança candidato a Deputado Estadual e começa a angariar recursos com a venda de títulos de um prometido Parque Aquático a ser construído.

Acho que já vi essa história em algum lugar!


Já tem até "tag" de discussão sobre o assunto no twitter...


É a ficção imitando a realidade...

PREFEITURA DE MACAÉ PROMETE CONVOCAÇÕES DO MAGISTÉRIO PARA JULHO: JOGADA POLÍTICA OU VERDADE?


Na cidade de Macaé e nos fóruns de discussão da internet circulam notícias de que a convocação do Concurso Público para cargos do Magistério Municipal de Macaé, realizado em 2009, serão feitas neste mês de abril.

Ótimo. Porém, a única notícia oficial mesmo que há sobre o caso está no site da prefeitura: as convocações serão feitas em Julho (http://macae.rj1.tempsite.ws/noticias/mostranot.asp?id=19573).

Acontece que, segundo calendário eleitoral do TSE (http://www.tse.gov.br/internet/eleicoes/2010/calendario.html#4_4_2010), os prefeitos são PROIBIDOS DE CONVOCAR APROVADOS EM CONCURSOS DO ANO DE 2009 APÓS 3 DE JULHO DE 2010.

Ou seja: pode ser uma jogada política (mais conhecida como "migué", "caô" e outros atributos) afirmar a convocação para julho, a fim de enganar os concursados, já postulando, na ocasião da chegada do mês em tela, a desculpa da proibição legal de convocações.

O concurso público do Magistério de Cabo Frio, cercado de boatos e reclamações, acabou dando certo, com convocações em prazos módicos, respeitando, ao menos parcialmente, os aprovados. Tenha sido por falta de mobilização da população em denunciar irregularidades ou por lisura mesmo do concurso, o fato é que ele legalmente deu certo.

O concurso de Macaé, porém, que teve um edital e um processo de concurso infinitamente mais organizado, estamos à beira deste "drible" nos concursados, lembrando que minha opinião aqui caracteriza, por enquanto, apenas uma suspeita, hipótese, possibilidade.

OLHO NELES!!!

UM POUCO DE BELOS TEXTOS...


Son(h)os r(R)eais

Sonhei que sonhava um sono. Sonhos de vida real. Sonos de sonho de vida – genial. Há quem diga que os sonhos de sono com temas reais são indícios de sonos da vida modal e despertadores da vida anormal – que vive, de forma real, sonhos que um dia sonhei.

Não sei se os sonhos do sono de hoje, inundados de fatos vividos na noite do ontem, me tornam um sonhador – não. Tornam-me apenas um feliz vivedor dos sonhos que outrora tive, e que se tornam, hoje, lembranças de um ontem real e perfeito – um sonho.

Quando a mente traz para o sonho, tal como servo, simplesmente a lembrança da magia real que viveu, é, decerto, um recado do coração que se projeta: não és mais sonhador, inconstante cavaleiro – és feliz galopante da tua própria felicidade.

Não preciso mais de sonhos – tenho as lembranças de ontem. A vida que me deste desnecessita de sonhos - te tenho. E o cerrar dos olhos, tal como cortinas de um teatro sem público, apenas apresenta, para meu cônscio ou incônscio ciente, a vida de sonhos reais que outrora sonhei, mas que ontem me deste sem méritos meus, no mais profundo manifesto do amor invencível e ininjoável, que se atira, sem medo, sobre os feixes de casa sem luzes.


Ariza Luan

VOTAÇÃO DO PROJETO FICHA LIMPA ADIADA NA CÂMARA FEDERAL


---------- A VOTAÇÃO DO PROJETO FICHA LIMPA na Câmara Federal, marcada para hoje, acaba de ser adiada mais uma vez. Não houve número suficiente de Deputados Federais para assinar a urgência que levaria o projeto à pauta nesta quarta-feira. Com isso, o projeto segue para a Comissão de Constituição e Justiça, com prazo para receber parecer até 29 de abril.

---------- É UMA VERGONHA – Requerimentos de Urgência para projetos ligados a repasses de verbas de cunho eleitoreiro para os quatro cantos do Brasil são assinados com sobra. Os Deputados estão com medo do Projeto...

---------- O PROJETO FICHA LIMPA é uma idéia da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), órgão da Igreja Católica no Brasil. De iniciativa popular, tendo recebido mais de 1,6 milhão de assinaturas, ele deseja impedir a candidatura de condenados em decisão colegiada da Justiça por crimes graves, tornando-os inelegíveis por oito anos.

---------- OS DEPUTADOS FEDERAIS DE DEM, o PSDB, o PPS, o PHS, o PSOL e o PV assinaram o pedido de urgência. O PDT assinou o pedido de urgência na noite de ontem, depois do encontro que selou o adiamento da votação, mas mesmo com a adesão pedetista os defensores da Ficha Limpa não conseguiram reunir a maioria necessária para votar a proposta, já que PT e PMDB não aderiram integralmente com seus Deputados.

---------- É vergonhoso. O PT sempre foi um dos grandes apoiadores das ações populares da CNBB desde a explosão da Teologia da Libertação no Brasil na década de 80. Como as coisas mudam!

---------- SE O PROJETO NÃO FOR VOTADO até meados de maio, não poderá ser válido para as eleições de 2010. Mais uma jogada de politicagem.

---------- NA REGIÃO DOS LAGOS também tem muita gente com medo da aprovação do projeto, fazendo coro com os covardões do PMDB e PT.

---------- O PROJETO NADA FERE O princípio jurídico da presunção de inocência, já que ele não impede nem condena ninguém por processo não transitado em julgado. Ele suspende direitos de candidatura por 8 anos, assim como qualquer servidor público fica afastado do seu cargo enquanto responde a processo administrativo. Não será dessa vez que os falastrões do direito ganharão essa querela política.

---------- NO TWITTER, COMEÇA UMA CAMPANHA intensa de não-voto e anti-campanha em face dos Deputados que se negaram a assinar o Requerimento de Urgência para o Projeto Ficha Limpa. Este blog apóia.

---------- PROJETOS DE LEI DE INICIATIVA POPULAR são os mais claros sinais de participação da população na política nacional, discurso de todos os candidatos, mas atitude de poucos. Nessa hora deveriam mostrar seu apreço pela participação dos cidadãos.

--------- EM CABO FRIO, um Projeto de Lei de Iniciativa Popular recolheu mais de 5000 assinaturas pedindo a extinção da Taxa de Iluminação Pública. O Projeto, incentivado pelo então Vereador Janio Mendes e coordenado pelo grande Alvanir, também recebeu votação contrária da Câmara Municipal de Cabo Frio tempos depois.

---------- E FICOU POR ISSO MESMO...

MIGALHAS CHUVOSAS


---------- A TRAGÉDIA DAS CHUVAS NO ESTADO do Rio está mobilizando arrecadação de doações às vítimas nas cidades da região. Em Cabo Frio, o posto fica no salão da Paróquia de Nossa Senhora da Assunção, em frente à Praça Porto Rocha. Todas as doações podem ser encaminhadas para lá.

---------- NA REGIÃO, AS CIDADES mais atingidas foram Maricá e Araruama. Como são caminhos naturais para a região metropolitana do Rio, dá para dizer que os moradores da Região dos Lagos estão ilhados.

---------- COM ISSO, o Deputado Alair Corrêa terá uma ótima desculpa para não ir à ALERJ mais uma vez, e o Prefeito Marquinho Mendes será impedido de passear fora de Cabo Frio em momento de crise novamente.

---------- NITERÓI TEM SIDO a cidade mais atingida na região metropolitana, com mais de 80 mortes (números da manhã). A questão das ocupações irregulares e favelas na cidade é mais preocupante geologicamente do que no Rio, mas dá-se pouca atenção a isso.

---------- NO SÁBADO, a partir das 10h, no campo da SEB em Búzios, funcionários da Prefeitura, Secretários de Governo e amigos buzianos do ex-Chefe de Gabinete do Município, Janio Mendes, promovem uma partida de futebol em homenagem ao menino da Gamboa.

---------- A PARTIDA MARCA A DESPEDIDA de Janio do cargo. O ex-Vereador cabofriense desvinculou-se no último dia 31, a fim de se lançar pré-candidato do PDT na região a Deputado Estadual.

---------- A PARTIDA SERÁ ENTRE OS TIMES “Amigos de Mirinho” e “Amigos de Janio”. As escalações ainda não estão confirmadas, mas pelo visto, não haverá polêmicas na relação de atletas...

---------- SUGIRO PARA O TIME DE AMIGOS DE MIRINHO: Isaac Tillinger não pode faltar numa zaga de peso; Alan Câmara deve ser o homem de criação do meio de campo, junto com Raphael Mika.

---------- NO TIME DE AMIGOS DE JANIO, além dos invencíveis Veteranos da Gamboa, com os reforços de Nel Pai e Nel filho, entendo que um ataque formado por José Bonifácio (Arraial do Cabo) e Otávio Rascão (São Pedro da Aldeia); uma cabeça-de-área formada por Fábio Lemos e Luid Borges; Bebeto Cardoso e Rafael Carvalho como meias de criação e Davi Vianna na zaga levaria bem menos de 12 gols. Não podemos esquecer ainda dos reforços de Cláudio Celso da Silveira, como segundo reserva; do Vereador Prof. Pierre (Nova Friburgo) na lateral esquerda; e de Milton Roberto (Restaurante Tia Maluca) na lateral direita.

---------- OBVIAMENTE, SUGIRO QUE MIRINHO jogue um tempo em cada time...

---------- JANIO TAMBÉM PASSA O DIA DE HOJE coordenando e organizando as doações recebidas no salão da Paróquia Nossa Senhora da Assunção para as vítimas das chuvas no Estado do Rio de Janeiro.

---------- E A GUARDA MUNICIPAL VOLTA ao trabalho após alguns dias de greve. Mas a vida boa do Prefeito não dura muito – sexta-feira tem paralisação de 24h da rede municipal de ensino promovida pelo SEPE com ato público na Praça Porto Rocha às 10h. Se não chover, claro.

---------- SEGUNDA-FEIRA TEM GABEIRA no Tamoyo Esporte Clube em entrevista promovida pela Rádio Sucesso e Folha dos Lagos.

---------- ANCELMO GOES criticou o Prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, por causa das chuvas na cidade. Não pegou bem. No twitter, todos criticam o colunista falastrão.


sábado, 3 de abril de 2010

Uma Paixão por Nós!


Por Janio Mendes*

Neste momento de celebrarmos o amor de Cristo pela Humanidade e contemplarmos toda Paixão presente em seu sacrifício resgatador, é louvável enchermos nossos corações de alegria, recordando as mensagens de convívio social impetradas por nosso Messias, bem como por relembrarmos todo o propósito e bondade de Deus, direcionados a seus descendentes.

É fundamental também que, nesta oportunidade, como seguidores cristãos, venhamos a refletir nossos pensamentos e ações, individuais e coletivas, em nossa sociedade, quer seja como cidadãos comuns, quer seja como homens públicos, escolhidos para exercer representação popular.

Como máxima cristã, a busca constante pelo amor ao próximo deve ser a meta a ser alcançada por todos nós que, realmente, disponibilizamos fé em propagar as boas novas pregadas por Cristo. Evidentemente que, falar de amor ao outro, pressupõe-se altruísmo, afastamento de questões meramente pessoais, e zelo com o trato no que é de todos, no que é público.

Neste contexto, é que faço uma auto-análise, num momento oportuno em que me despeço de mais uma “etapa” que cumpri exercendo cargos de confiança, como Secretário de Finanças e Chefe de Gabinete, buscando evidenciar, com atitude, princípios cristãos, com a prática da ética, coerência e honestidade, na tarefa administrativa que realizei no município de Armação dos Búzios.

É com espírito de satisfação e completude que me direciono a mais um passo, colocando-me, também motivado pela Paixão, à disposição do PDT, para que tenhamos a oportunidade de viabilizar e concretizar projetos de bem comum, para o crescimento justo e social da nossa população.

Que o espírito de esperança e amor, renovados nesta Semana de celebração, renovem nossas forças e nosso desejo de lutar pela igualdade. Que os princípios cristãos sensibilizem nossas ações e que nossas conquistas venham a representar vitórias significantemente populares.

* Professor, advogado, pós-graduado em Administração Pública. Cumpriu quatro mandatos como vereador em Cabo Frio. Hoje é Presidente do PDT em Cabo Frio.

A subjetividade da Verdade


Por Guilherme Guaral*


Sempre que começo a ministrar um curso de História, logo na primeira aula, discuto o conceito de Verdade. Sinto nos rostos ansiosos dos alunos a busca por este porto seguro das certezas ensinadas nas aulas da ciência histórica. Os semblantes vão se modificando, passando da alegre expectativa as sobrancelhas franzidas quando arremato que: a Verdade é uma construção!

Com Michel Foucault aprendi que a propalada Verdade é transitória, provisória, subjetiva, parcial e múltipla. O mesmo fato gera uma diversidade de versões que colocados numa lâmina de análise se mostram, na maioria das vezes, contraditórias e excludentes. Afinal não se pode ter a Verdade em duas versões tão distintas.

Esse viés pós-moderno nos leva pelos labirintos da fragmentação, aonde as várias camadas de Verdade vão se contrapondo, se fundindo ou se digladiando até que se estabeleça no consenso popular a Verdade aceita como absoluta.

Mais uma vez recorro a Foucault para compreender essa questão, pois se a diversidade e a fragmentação são o mote, como se estabelece então a Verdade universal? Ele afirma que essa “eleição” se dá pela habilidade da utilização do discurso. Sendo assim, quem tem o melhor e mais convincente discurso instaura a Verdade das Verdades.

Estamos vivendo nesses últimos dias e continuaremos por mais um tempo a experimentar no nosso cotidiano essas máximas foucaultianas. Procuro ser um leitor informado e ter opinião articulada sobre os assuntos, principalmente sobre a vida política e cultural de Cabo Frio. Confesso, entretanto, que por esses dias achei que eu estava ficando esquizofrênico, ou então as personagens da vida política da cidade é que tinham enlouquecido de vez. O excesso de verdades tão opostas era gritante.

Acompanhando de perto a ação dos “emissores de Verdades” que é a imprensa (oficial, oficialesca, alternativa e vendida), fiquei mais confuso do que informado. Como numa comédia de Mel Brooks não só os deuses mais todo mundo parecia estar louco. Ainda estamos, loucos, confusos e perplexos, pois o que o Executivo diz, não bate com a sentença do Judiciário e com o mutismo do Legislativo. Aliás aprendi com Pierre Bourdieu o poder simbólico das palavras e trabalhando com História Oral percebi a “força dos silêncios”. Muitas vezes o não-dito é mais esclarecedor que a explicitação das palavras, pois descobri (essa, por conta própria)que a Verdade sempre está “debaixo do tapete” e na maioria da vezes no jogo político o não é sim e o sim é não.

Mais misterioroso do que final de novela de Janete Clair continuamos a buscar um sentido para essa narrativa, sem saber o desfecho. Creio que, dificilmente alguém possa emitir um parecer com absoluta certeza. Os órgãos que deveriam fazê-lo entram em recesso antes de todos e nos deixam com essa sensação de dúvida permanente. Parece que estamos com um ponto de interrogação na testa. Até quando, não sei, mas em algum momento virão a público e esclarecerão a situação de modo convincente e estabelecerão a Verdade. Pelo menos até outra Verdade se tornar mais conveniente.

* Doutorando em História pela UFF, Coordenador do Curso de Graduação em História da Universidade Veiga de Almeida - Campus Cabo Frio, ex-Secretário de Cultura de Cabo Frio e Coordenador do Projeto Corredor Cultural da Câmara Municipal de Cabo Frio.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

MIGALHAS...


---------- MEU CONTO DE PRIMEIRO DE ABRIL neste blog virou notícia na Folha dos Lagos de hoje, junto com o bem humorado protesto de duas figuras em frente à Prefeitura ontem sobre a “posse” do ex-Prefeito Alair Corrêa.

---------- A FOLHA DOS LAGOS ESTAMPA TAMBÉM meu artigo prometido sobre a vitória do jogador Dourado no BBB. Vai dar polêmica. Sintam-se todos à vontade para discuti-lo e criticá-lo.

---------- A SEGUNDA EDIÇÃO DO TROFÉU LAMBANÇA POLÍTICA va novamente para a vice-prefeita Delma Jardim. Ontem na Folha ela declarou que entrou com seus advogados no processo pedindo para retirar seu nome “apenas para obter informações”. Depois disse que pagou multa de R$ 5mil por litisconsórcio, já que havia assinado uma procuração aos advogados do Governo, tendo então “entrado duas vezes” com advogados diferentes no mesmo processo. Depois de ter seu nome vinculado ao ex-Prefeito Alair Corrêa, desmentiu tudo ontem. Essa lambança merece um troféu e um chocolate para lambuzar bem.

---------- A PREFEITURA DE CABO FRIO deu posse aos concursados aprovados no Concurso Público de 2009 para o Magistério. Paulo Cotias passava esbaforido com sua moto enquanto este blogueiro chegava atrasado ao local.

---------- POR FALAR NISSO, COTIAS abandonou seu blog pessoal para investir no blog da Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Ensino Universitário. Golpe para não receber o Troféu Teia de Aranha?

---------- O ATACANTE ANDRÉ, do Santos, tem sido disputado pela imprensa local – nasceu em Cabo Frio, mas se criou em Búzios. De onde é o craque santista?

---------- O JORNAL EXTRA DIVULGOU lista dos políticos mais seguidos no Twitter. Mirinho Braga, Prefeito de Búzios, lidera a lista dos prefeitos no Brasil. A matéria está em http://extra.globo.com/geral/casosdecidade/posts/2010/04/02/twitter-divulga-ranking-de-politicos-mais-seguidos-na-internet-280208.asp

---------- NOSSO AMIGO JÚNIOR APARECE bem na frente da foto do protesto dos Guardas Municipais na Folha dos Lagos de Hoje. Os profissionais não receberam 13º salário e outras obrigações da Prefeitura. Sem a Guarda no Feriado o bicho pega. Ou não...

---------- A QUESTÃO DA GUARDA MUNICIPAL tem a ver também com a disputa política entre o Cel. Gilson da Costa e Cláudio Moreira pelo comando de mais esse feudo do Governo. Mais uma prova de que o Executivo municipal é retalhado, dividido e sem comando.

----------

FESTIVAL DA LULA EM ARRAIAL DO CABO

Iphan - RJ e CCR Via Lagos fazem campanha educativa no feriadão




O Escritório Técnico do Iphan em Cabo Frio - RJ e a CCR Via Lagos vão distribuir, neste feriadão, 21 mil sacolas plásticas biodegradáveis sobre a preservação da Praia do Forte, além de 5 mil folhetos explicando o ato do Tombamento e alusivos ao Convento de Nossa Senhora dos Anjos, Morro e Capela da Guia e Morro do Telégrafo, bens protegidos por legislação Federal em Cabo Frio.

A distribuição será na praça de pedágio de Rio Bonito, quinta e sexta-feira, dias 01 e 02 de abril, aproveitando o fluxo de turistas com destino às cidades de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia, Arraial do Cabo e Búzios.

A campanha é continuidade do projeto educativo Iphan tá na praia, promovido durante o verão passado pelo Escritório de Cabo Frio. Este projeto também marca o início da parceria entre o Iphan - RJ e a CCR Via Lagos, para a realização projetos de educação patrimonial voltados para o turista.

Sempre com mensagens valorizando o desenvolvimento sustentável e a preservação dos bens culturais históricos, artísticos, arquitetônicos, arqueológicos e naturais locais, o projeto já tem data marcada para a sua próxima edição: em junho, por ocasião das comemorações do Dia do Meio Ambiente.


Mais informações:
Assessoria de Imprensa Iphan/RJ
Telefone: (21) 2233-6334
Chico Cereto e Luana Lobato.

Fonte: Ascom - Iphan/RJ


AS LIÇÕES DE DOURADO


Publicado no Jornal Folha dos Lagos em 02 de bril de 2010

Nesta semana tivemos a vitória do jogador Dourado na última edição do Big Brother Brasil. Independente dos sentimentos de aprovação ou reprovação acerca do programa televisivo, o resultado reflete conclusões sobre o atual momento da nossa sociedade, já que uma parcela dela participou ativamente das votações.

A principal conclusão é a existência de uma posição extremamente pitoresca do público votante, no que tange à questão homossexual. Com três participantes assumidamente homossexuais, o vencedor Dourado foi acusado de ser homofóbico.

A vitória do jogador marca duas posições sobre o tema: primeiro, o discurso anti-homofobia não é massificado ainda na sociedade brasileira. O perfil anti-homofóbico ainda não é o perfil do herói social para os brasileiros, que escolheram, na verdade, o anti-herói do tema.

A segunda posição é a de que o público levou em conta um aparente esforço (tenha sido ele verdadeiro ou não, como tudo num Reality Show) do jogador em controlar seus impulsos. Pessoas que acompanharam seguidamente o BBB garantiram que, por vários momentos, o jogador “segurou” sua “raiva” e seus “instintos”, possivelmente homofóbicos. O “esforço” de Dourado em não ser homofóbico, mesmo talvez sendo, contou mais pontos para o público do que o discurso a favor da diversidade de orientação sexual, presente na maioria da casa.

A vitória de Dourado mostrou que a via mandamental da anti-homofobia, ou seja, a idéia de que ser anti-homofóbico é um mandamento social a ser seguido por todo cidadão, sob pena de não ser aceito ou valorizado (“socializado”, segundo Durkheim), não é o melhor caminho enquanto discurso social, sob risco de tornar-se quase repressivo. O discurso democrático de que todo o cidadão tem liberdade de opinião (inclusive de ter uma opinião contra o discurso da diversidade de orientação sexual) parece, atualmente, ser o mais aceito. Uma das estratégias, portanto, poderá ser: “tenha a opinião democrática que quiser sobre o homossexual – sua obrigação, porém, é respeitá-lo, honrá-lo e não privá-lo de seus direitos, como todo cidadão”.

Não podemos encarar ainda, de outra maneira, o discurso que se opõe à diversidade de orientação sexual (desde que o faça respeitosamente) como um discurso retrógrado ou atrasado. Tal visão seria obviamente evolucionista, ou seja: estabelece uma meta moderna (concordância social com a questão homossexual) a ser alcançada, e o que se opõe a ela é considerado “primitivo”. A Antropologia no século XIX opôs-se à posição evolucionista de Darwin através do difusionismo de Rivers: as diversas culturas possuem histórias diferentes, com seus próprios movimentos e estágios, que se comunicam entre si. Não há opiniões “primitivas”, mas sim diversidade de opiniões, e o limite da convivência entre elas é o respeito democrático.

O momento que nosso país vive em relação ao homossexualismo e a homofobia é, portanto, um momento de colagem, diria Geertz: várias posições justapostas, num processo de discussão gradativa, visando a consolidar uma construção cultural especificamente brasileira sobre o tema. Defendo que o movimento LGBT continue aprimorando suas posições, linguagens, discursos e estratégias sociais, a fim de alcançar cada vez mais não só seus evidentemente merecidos direitos, mas também sua consolidação como grupo social de destaque e formador de opinião na sociedade brasileira, como já tem demonstrado, com muitos méritos.


quinta-feira, 1 de abril de 2010

IBSEN PINHEIRO GARANTE: "E-mail do Professor Luiz Antônio pode me fazer mudar de idéia"


"Em recente declaração, na noite desta quarta-feira, o Deputado Federal Ibsen Pinheiro garantiu retirar de pauta seu Projeto de Emenda Constitucional que altera o repasse dos royalties para os municípios brasileiros. Segundo o Deputado, um e-mail encaminhado pelo Professor Luiz Antonio Nogueira da Guia, o "Totonho", morador de Cabo Frio, alterou sua concepção sobre a questão:

- O Professor argumentou muito bem, falando da falência imediata de seu município e região no caso da aprovação. Com exemplos e demonstrando sentimentos de cidadania e emoção, acho que ele e seus companheiros me convenceram. É bem provável que eu peça a retirada do projeto nesta Segunda-feira - afirmou o Deputado.

O e-mail remetido ao parlamentar foi assinado também por outros moradores e intelectuais de Cabo Frio, como Fábio Lemos, Haroldo Póvoas, Luiz Américo, Paulo Klein, Álex Garcia, Ricardo Cox, Luciano Silveira, José Francisco de Moura, entre outros."

FONTE: Agência Brasília
Acesso às 10h11min de 01/04/2010