sexta-feira, 17 de julho de 2009

O Tempo


* Marcos Felipe

Para você o que é tempo? A ação de dois meros ponteiros regidos por um, em estado constante, sem parar ou os estados físicos em que os fenômenos do clima se encontram? De certa forma, as duas respostas estão corretas, mas o tempo vai muito mais além das relações existentes entre as mesmas.

O tempo é único, individual e, cada momento instantâneo, isto é, cada segundo é composto por uma atitude, um pensamento, uma razão. O tempo pode até, às vezes, parecer-se em momentos diferentes, mas, contudo nunca será igual. O de ontem foi diferente do dia de hoje que, com certeza, não será o mesmo de amanhã.

Então, o que fazer para aproveitar o tempo? Tentar Pará-lo? Não, esta hipótese seria incoerente com a realidade. Afinal, o tempo é abstrato. Talvez... Tentar fazer as coisas corretas ajude, mas o que vem a ser o certo? E o errado? Você sabe? Pois é, na vida esta resposta é de responsabilidade de cada um. Um fato é certo; na vida, tudo tem o seu lugar, seu tempo e companhia. Por isso, pare, pense e reflita sobre tudo o que está acontecendo, desde sua vida particular ao ambiente exterior. Com isso, perceberás que o tempo corre e para acompanhá-lo é preciso uma coisa: Deixar o comodismo de lado e esquecê-lo. Aproveite a vida, viva-a constantemente, pois o tempo também é curto.

Faça tudo o que puder. Não deixe determinado assunto sem término, pois ele pode assombrar a sua vida para sempre. Por isso, finalize suas tarefas, metas e principalmente os sonhos (processo pelos quais os homens alimentam desejos, às vezes, impossíveis). Quem não sonha, não cresce, não vive, a “fantasia” que a vida, em determinados casos, nos oferece.Enfim, a vida e o tempo são questões difíceis de entender, e seus efeitos influenciam em tudo, desde o nascimento de uma criança ao falecer de um idoso, se assim, pensarmos na idéia original do Criador. Porém, vemos que isso, já não mais, acontece. “Crianças morrem até mesmo antes de nascer...” É assim, e quem é o culpado? Não adianta, culpar um ou outro, e se generalizarmos, vemos que esta situação é uma conseqüência de um processo que há décadas acontece. O tempo é traiçoeiro e a vida uma “caixinha de surpresa”; e ela traz consigo um espelho, ao qual remete a você, um reflexo, de todo um caminho percorrido, seja ele mal ou não. E cabe somente a você, Agora, decidir: O que quer avistar nesse espelho no futuro.


* Aluno do Segundo Ano/Ensino Médio
Escola Municipal Paulo Freire
Búzios


*

3 comentários:

Helena disse...

Belíssimo texto Marcos Felipe, concordo com você devemos aproveitar a vida em tudo que ela há de melhor, e isso você está fazendo, deixando a sua marca em expressar através deste texto a esperança de viver dias melhores.

Maria Luiza disse...

Busquei texto sobre o tempo. Que texto lindo! Como me fez bem!
Quem é o autor. tem blog?

marcosfelipe disse...

O autor sou eu mesmo (Marcos Felipe), Que bom saber que você gostou. Origado...