quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

MIGALHAS (Carnavalescas...)


---------- O G.R.E.S. Flor da Passagem, através da Lei 2175/2009, recebeu do Governo de Cabo Frio o título de Utilidade Pública Municipal. Isso significa isenção de impostos municipais e a bertura jurídica e legal para, em seguida, a agremiação solicitar ao Governo a chamada subvenção social, que as entidades que possuem o título de utilidade pública têm o direito de receber. Ou seja: se de fato Marquinho cumprir a promessa de cortar a subvenção das escolas em 2010, a Flor da Passagem continuará recebendo dinheiro público, por meio de subvenção social.



--------- A movimentação na Morada do Samba é intensa. Pude visitar alguns barracões ontem, mas parece anti-ético citar nomes. Só dá para dizer que tem Escola que parece morta, politicamente prejudicada, mas se conseguir correr contra o tempo, vai surpeeender na Avenida. É aguardar pra ver...



---------- Carnaval e política se misturam sim - se isso é bom ou ruim é outra história. Dá pra ver claramente que há agremiações co lado do Governo, outras, ao lado do grupo do Deputado Alair Corrêa, outras neutras. Império e Banda da Cidade pendem para o lado de Alair. Do lado do Prefeito Marquinho, Flor da Passagem e Em Cima da Hora são os "baluartes". A Vermelho e Branco não parece ter posição evidente, embora as conversas na comunidade caminhem para o lado do Deputado...



---------- Como será o Carnaval 2010 sem subvenção? Será que as máscaras cairão, e vamos descobrir quem vive de desvio de subvenção? Será que vamos descobrir quem realmente faz carnaval por cultura e arte? Ou veremos formas de burlar e esconder a falta da subvenção para manter o amor às tetas gordas do Governo?



Um comentário:

Anônimo disse...

uma boa parte das escolas de samba, são financiadas pela contravenção, tem escolas financiadas pela rede de supermercado