terça-feira, 21 de outubro de 2008

COLUNISTA CONVIDADO...


Ao agradecer ao Professor Eraldo Maia os elogios ao nosso Blog - que agora conta com mais dois lunáticos leitores fiéis: o referido professor e o Cardeal Dom Octávio Perelló - este espaço publica seu texto sobre as eleições municipais em Arraial do Cabo. Agradecemos a força!



Ação Correta
Eraldo Maia*



.....Foi na terça-feira, dia sete de outubro, dois dias após as eleições municipais. Nesse dia, subi o morro da Cabocla à procura de um jovem cujo apelido é Neném. E por que o fiz? Por que o jovem, candidato a vereador pelo PV, conseguira eleger-se com 301 votos, sem comprar um sequer, sem transferir um só título de eleitor fraudulentamente, sem trair o candidato a prefeito de sua coligação. Eu queria cumprimentá-lo por isso......


Antes de subir, indaguei de uma pessoa se sabia onde Neném morava. Ela informou-me, e iniciei minha solitária caminhada. Na altura da escola municipal, busquei outras informações, até chegar à casa do rapaz. Surpresa. Ele não estava em casa, estava trabalhando. Sim, trabalhando, colocando um ponto de luz lá no alto de morro. Andei mais, subi mais, com o coração transbordante de alegria, querendo encontrá-lo para congratular-me com ele......


Finalmente, encontrei-o. Lá estava ele em sua missão de servir. Chamei-o, identifiquei-me, apertei-lhe a mão, dei-lhe um caloroso abraço e disse-lhe que ficara feliz por sua vitória. Já que não era apenas sua a vitória, mas de uma comunidade com tantos problemas, que agora tem um seu representante no legislativo municipal. E, além de ser a vitória de uma comunidade, era a vitória contra o poder econômico, a vitória da honradez, da decência, da dignidade, da integridade de caráter. Era a vitória dos valores morais......


Trezentos e um votos conquistados pelo reconhecimento do trabalho comunitário que Neném realiza no morro da Cabocla, contando com o apoio dos moradores da localidade.Dei-lhe uns conselhos, do alto dos meus sesenta e dois anos. Alertei-o para o fato de que, na Câmara Municipal, ele certamente será tentado. Procurarão seduzi-lo com a força destruidora do dinheiro corruptor. Disse-lhe que permanecesse firme no caminho correto, no caminho da Luz......


Neném me parece uma pessoa de personalidade forte e muito bem forjada. Uma pessoa de bem. Esforçado, trabalhador, estudioso (fez o curso superior de Fisioterapia), sua eleição me enche de esperança......


Meu filho mais velho, em tom de brincadeira carinhosa, costuma dizer-me que sou o último romântico existente na face da Terra. Porque eu creio num mundo diferente, em que os governados escolherão seus governantes livremente, de maneira absolutamente correta, sem aliciamento do eleitor, sem estratagemas, sem espertezas, sem expedientes anti-éticos......


Trezentos e um votos, e Neném não pagou a eleitor algum. Então, lembro-me do já distante ano 2000, em que, tendo participado ativamente da campanha de um amigo meu a vereador, gravei, após as eleições, um texto de agradecimento pela confiança dos eleitores no candidato que eu apoiara. Nessa gravação, eu dizia com gosto: "Trezentos votos! Nenhum comprado!"......


É belo que não se admita ganhar a qualquer preço. É belo que o limite para alcançarmos nossos objetivos seja agir corretamente, pois praticar a ação correta é a maior de todas as vitórias.Por isso, especialmente por isso, fuir levar contente o meu abraço ao jovem Neném da Cabocla. Que Deus o ilumine incessantemente, para que ele nunca saia dos limites da ação correta.

*Eraldo Maia é professor de Língua Portuguesa na Ferlagos

Nenhum comentário: